A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
12 pág.
SIMULADO - CULTURA BRASILEIRA

Pré-visualização | Página 1 de 4

1a Questão (Ref.: 201202117591)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	As diferentes culturas têm entre si uma verdadeira relação de complementação e não podemos dizer que há uma "cultura autêntica" ou superior. No entanto, toda vez que nos aproximamos de diferentes modos de pensar e agir tendemos a classificar hierarquicamente esses comportamentos. Como se denomina essa perspectiva?
		
	 
	Multicultural
	
	Globalização
	 
	Etnocentrismo
	
	Inclusiva
	
	Hibridismo
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201202106841)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Sobre cultura marque verdadeiro (V) ou falso (F) nas afirmações abaixo:
 
 
(  ) A cultura é algo que não muda, pois se reproduz sem perder suas características.
 
( ) A dinâmica cultural está diretamente articulada à diversidade cultural.
 
( ) Todos os sistemas culturais são intrinsecamente iguais em valor e devem ser considerados no contexto do sistema em que aparecem.
 
( ) A cultura é dinâmica e essa dinâmica é acelerada com a globalização.
 
 
A sequência correta é:
 
		
	 
	V, V, V, F
	
	F, V, V, F
	 
	F, V, V, V
	
	F, F, V, V
	
	V, F, F, F
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201202114033)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Sobre o conceito de CULTURA, é legítimo afirmar que:
		
	 
	Pode ser concebido como todo processo de transformação da natureza pelo Homem.
	
	Opõe-se a contextos sem escolarização formal.
	
	Encontra-se arraigado a uma visão de mundo teocêntrica, em nossos dias.
	
	Exige um conhecimento prévio de um repertório especializado, além de uma educação formal.
	
	Integra-se somente a uma visão de mundo refinada, excludente e oriunda da educação superior.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201202114092)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A formação da Identidade nacional de um povo:
		
	 
	Encontra em elementos simbólicos, na literatura e em outras manifestações artísticas elementos potentes para o reconhecimento dos membros de um estado-Nação.
	
	Identifica-se com a construção de regras e normas associadas ao modo de viver, impostas por um grupo hegemônico e assimiladas com tranquilidade pelos indivíduos da nação.
	
	Relaciona-se sempre a elementos de poder opressor, que levam ao reconhecimento através de ações de barbárie que se instalam nas vivências cotidianas de um grupo.
	
	Dá-se de forma espontânea, a partir de uma organização pura e essencialista da memória coletiva através da geração de um conjunto de bens simbólicos.
	
	Articula-se somente a elementos absolutamente espontâneos, cuja geração se dá de forma imprevisível e aleatória, mas que configuram uma experiência comum.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201202114087)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Sobre os termos "raça" e "etnia", pode-se afirmar que:
		
	 
	São sinônimos, pois ambos referem-se a uma percepção relativa sobre a aparência física e os padrões culturais de grupos sociais distintos.
	 
	O conceito de RAÇA não se sustenta biologicamente; já o conceito de ETNIA pauta-se, principalmente, em elementos sociais e culturais.
	
	Ambos são incorretos, já que não consideram a alteridade de grupos sociais distintos e pautam-se em um olhar preconceituoso e excludente.
	
	O conceito de raça abrange as preferências sociais e as condições físicas. Já o conceito de ETNIA circunscreve-se a critérios genéticos puros.
	
	Ambos defendem critérios associados aos padrões de análise propostos pelas teorias pseudo-científicas da segunda metade do século XIX.
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201202114043)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Segundo Edward Said, em seu livro CULTURA E IMPERIALISMO: "todas as culturas estão envolvidas umas com as outras; nenhuma é isolada e pura, todas são híbridas, heterogêneas, extraordinariamente diferenciadas e não são monolíticas." Desta maneira, Said defende a existência:
		
	 
	Da possibilidade de um processo de purificação cultural.
	 
	da presença da diversidade cultural como uma realidade na sociedade atual.
	
	De uma organização cultural incapaz de se sustentar por muito tempo, dada a tendência ao hibridismo e à homogeneização cultural.
	
	De um pensamento burguês, a promover o hibridismo cultural a fim de obter lucros.
	
	Do etnocentrismo como caminho para o conhecimento de culturas de outras etnias.
		
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201202107468)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Se tivermos a oportunidade de testemunhar uma situação na qual os policiais revistam cidadãos negros, em busca de evidências de crime, podemos dizer que se trata:
		
	 
	de um caso em que se verifica o cumprimento do dever.
	 
	de um caso cuja análise depende das circunstâncias.
	
	de um caso em que se percebe o abuso de poder.
	
	de um caso em que ocorre oportuna reação ao contexto.
	
	de um caso em que ocorre o racismo à brasileira.
		
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201202114039)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Uma visão de mundo calcada no Etnocentrismo:
		
	 
	É liberal, alternativa e fundada em uma perspectiva humanista, a partir do reconhecimento de diferentes etnias e de suas configurações culturais.
	
	Partilha a importância do encontro de etnias diferentes, tomando como princípio o respeito à alteridade e a valorização da diversidade.
	
	Está centrado na ideia de etnia e valoriza quaisquer encontros culturais que partilhem experiências concretas, tendo como eixo a relação multicultural e os desdobramentos dela advindos.
	 
	Percebe a realidade a partir de valores e critérios do grupo social do qual o sujeito participa, desconsidera a alteridade e percebe os princípios culturais diferentes como inferiores ou incorretos.
	
	Centra-se na valorização do discurso da alteridade como o único válido, o que faz rever os princípios e valores de seu próprio grupo.
		
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201202145179)
	
	Raça e cultura:
Lévi-Strauss diz que não se pode falar em contribuições das raças à civilização, quando se pretende lutar contra os preconceitos raciais. E explica que fazer isto seria caracterizar as raças biológicas por propriedades psicológicas particulares, o que nos afastaria da verdade científica, mesmo que estivéssemos definindo-as positivamente, O "pecado original da antropologia", para o autor, consiste na confusão entre noção puramente biológica e produções sociológicas e psicológicas das culturas humanas.
Mas dizer que as contribuições culturais não têm nenhuma relação com a constituição anatômica e fisiológica não elimina a diversidade de sociedades e civilizações. Tal diversidade, diz Lévi-Strauss, é paralela às relações que ocorrem no plano biológico, mas se passa noutro campo. E se diferencia destas relações por estar numa outra ordem de grandeza ( muito mais culturas que raças) e por colocar a seguinte questão: tal diversidade é uma vantagem ou desvantagem para a humanidade?
Strauss defende que negar que existam "aptidões raciais inatas" também não resolve o problema levantado pela civilização do homem branco, que alcançou progresso notável enquanto outras raças permaneceram e permanecem atrasadas: e necessário, então, ir além da negativa e nos "debruçarmos" sobre um outro aspecto, o da desigualdade  ou diversidade das culturas humanas.
(Vargas Groff, na Universidade Regional Integrada ¿ URI, Campus de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul)
 
De acordo com o texto acima, Lévy-Strauss afirmou que devemos nos debruçar no termo diversidade e não superioridade das raças. Explique.
		
	
Sua Resposta: FASDFAS
	
Compare com a sua resposta: Levy- Strauss desenvolve no texto que não existe superioridade biológico de uma raça para outra,ou seja, os avanços do branco não bastam para rotulá-lo superior.Ele " defende que negar