A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
estratégia da saude

Pré-visualização | Página 1 de 1

�
�
Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)
Disciplina: Estratégia da Saúde da Família.
	NOME
	Daniela Simões Silva Di Francesco.
	RA
	152266913690
Atividade Discursiva
Anhanguera Educacional
2018
Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)
 Disciplina: Estratégia da Saúde da Família
Atividade Discursiva
Trabalho desenvolvido para a disciplina Estratégia da Saúde da Família, apresentado à Anhanguera Educacional como exigência para a avaliação na Atividade Discursiva, sob orientação do(a) tutor(a) Taisa Sbrussi
Anhanguera Educacional
2018
Introdução.
Os Serviços de atenção Básicas tem como objetivo organizar a assistência ao usuários garantindo uma atenção integral da melhor forma possível com cuidados humanizados.
Desenvolvimento.
O Município X fez um levantamento sobre as condições de vida e de saúde mais frequente e observou-se que 48% das famílias tinham renda de um a três salários mínimos, baixa cobertura vacinal; hipertensos e diabéticos sem acompanhamento médico; alto índice de crianças menores de seis meses em aleitamento artificial e grande incidência de crianças, menores de dois anos, apresentando doenças diarreicas. (Adaptado de Ministério da Saúde, 2001, pg.15)
Diante deste cenário, foi implantada a Estratégia de Saúde da Família no Município, para isto será reformada a Unidade Básica de Saúde que abrigará a primeira equipe de Saúde da Família.
Discuta os cuidados deverão ser adotados em relação a estrutura física da UBS, os profissionais que deverão compor a equipe de Saúde de Família, o NASF e quais as possíveis ações à serem desenvolvidas para melhorar as condições de saúde apresentadas.
Esta UBS está classifica em Porte I, devendo ter no mínimo a metragem de 297,72 m2, sua estrutura física deve estar conforme especificações do Departamento da Atenção Básica sendo compostas com consultório medico, odontológico e enfermagem, sala de acolhimento multiprofissional, sala para administração e gerencia, sala para atividades coletivas, sala para coleta de exames, procedimentos, curativos, nebulização, medicação, vacinação e observação, recepção, armazenamento de arquivos, para dispensação de medicamentos, áreas de apoio como banheiros, copa e cozinha ( todas as sala devem conter janelas ou ventilação indireta para ter uma boa circulação de ar), deposito de lixo, abrigo de resíduos contaminados, ter identificação conforme estabelecido pelo SUS conforme NBR 9050 e uma manutenção regular da infra estrutura e equipamentos ( ser utilizado pisos e revestimentos que sejam fácil de limpar e desinfetar) tendo estrutura de fácil aceso para pacientes com deficiência física.
 Será composta por uma Equipe de Saúde da Família (eSF), oferecendo atendimento gratuito em Pediatria, Ginecologia, Clinica Geral, Enfermagem e Odontologia e continuação do tratamento conforme prescrição médicas como inalações, curativos, vacinas, coleta de exames e medicamentos. A Equipe de Saúde da Família tem como atividades a serem desenvolvidas o mapeamento da área respectiva e dos equipamentos sociais, cadastramento e acolhimentos das famílias desta região, planejamento e ações individuais e grupo para a promoção e prevenção de doenças, agendar e auxiliar em consultas médicas, consultas de enfermagem, realizar vacinas, curativos , medicações conforme prescrição médica, entrega de medicações, coletas de exames, fazer o encaminhamento e transporte conforme agravo para Unidades de Pronto Atendimento e Hospitais e visitas domiciliares por membros da equipe.
Para complementar e dar um suporte de atendimento de maior qualidade e resultado para populações específicas é utilizado o Núcleo de Apoio à Saúde da Família NASFs que é composta por equipes multiprofissionais compostas por assistente social, psicólogo, geriatra, nutricionistas, farmacêutico, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psiquiatra, ginecologista/ obstetra, educador físico, terapeuta ocupacional, medico homeopata, veterinário, profissional de arte e educação (arte educador), mais a equipe da UBS ( enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes de saúde e médicos), assim proporcionando ações conforme as necessidades identificadas por território.
 Esta equipe tem como objetivo identificar as necessidades em saúde por território, elaborar estratégias, projetos, intervenções, praticas e ações, desenvolver atividades de educação, esporte, cultura e lazer, assim avaliar de forma qualitativa os resultados observados.
Para minimizar as deficiências levantadas deveram ser desenvolvido projetos e ações para esclarecimento de duvidas referente a vacinação como idades a receberem vacinas e seus benefícios, para controle de diabetes e hipertensão arterial como reuniões de esclarecimentos, educação e prevenção, onde esclarece a importância da boa alimentação, exercícios físicos, tomar as medicações nos horários certos fazem toda a diferença na prevenção e manutenção da patologia adquirida, fazer um projeto que inicie com gestantes e continue até os dois anos de vida das crianças trabalhando a importância do aleitamento, introdução correta de alimentos conforme fase de desenvolvimento da criança , demonstrar a forma correta para a higiene dos alimentos para evitar patologias relacionadas, nas unidades e em suas residências.
3 – Considerações Finais.
 O Enfermeiro tem um papel importante no desempenho a vida saudável de um paciente podendo sempre orienta-lo e encaminha-lo ao melhor caminho para evitar e controlar novas patologias e ao mesmo tempo manter as já existentes controladas. 
4- Referências Bibliográficas.
PINTO, Simone Nunes. Estratégia da saúde da família. Londrina : Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2016
RIBEIRO, Edilza Maria. As várias abordagens da família no cenário do programa/estratégia de saúde da família (PSF). Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 12, n. 4, p. 658-664, 2004.
WENDHAUSEN, Águeda; SAUPE, Risita. Concepções de educação em saúde e a estratégia de saúde da família. Texto & contexto enferm, v. 12, n. 1, p. 17-25, 2003.