Atividade 1 Psicologia Empresarial (UNIGRAN)
2 pág.

Atividade 1 Psicologia Empresarial (UNIGRAN)

Disciplina:Psicologia Empresarial16 materiais49 seguidores
Pré-visualização1 página
Curso de Tecnologia em Recursos Humanos

	NOTAS
ATV 1:

ATV 2:

	Atividade: ATV 1
	Data:
	ATV 3:

	Disciplina: Psicologia Empresarial
	Semestre: 1
	

	
PROFESSOR (a): Sandra Luzia Haerter Armôa

COORDENADORA: Prof, Alexander Fuza Rozeno

	Acadêmico (a):
	RGM:

	
ATENÇÃO:

1) Preencha todos os campos em branco do cabeçalho (exceto o campo “nota”).
2) Questões descritivas; erros ortográficos/gramaticais poderão ser considerados na correção.

BOA SORTE!

ATIVIDADE relacionada a aula 01 e aula 03

Leia o texto que está em material de aula, faça um resumo comparativo com o conceito de Psicologia da aula 01 e sobre o trabalho na aula 03. Mínimo 08 linhas e máximo de 30. Neste resumo traga o conceito de Psicologia e relacione com o comportamento das pessoas e o trabalho. Como é o nosso comportamento no trabalho hoje em tempos de tecnologias? Trabalhamos mais ou menos?

A psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano. Ela possui diversos objetos de estudos, como: o comportamento, o inconsciente ou a personalidade. O comportamento é entendido como um conjunto de reações de um sujeito em face às interações e realimentações propiciadas pelo meio. O inconsciente é um complexo psíquico de natureza misteriosa, de onde brotariam as paixões, o medo, a criatividade e a própria vida e morte. A personalidade entende-se como aquilo que distingue um indivíduo de outros indivíduos, ou seja, determina o seu comportamento, as características de comportamento e atitudes de uma pessoa, assim formando o caráter.
Para a Psicologia o trabalho traz a realização ao homem, constrói sua identidade, traz prazer para alguns e sofrimento para outros. A função psicológica do trabalho encontra-se presente porque é fator de desenvolvimento dos sujeitos trabalhadores, traz capacidade de estabelecer engajamentos, permite a realização de coisas úteis, de prever com outros e para outros algo que não tem diretamente vínculo consigo mesmo.
Sua função psicológica é uma função vital: simultaneamente atividade de conservação e de transmissão e atividade de invenção e de renovação. Cada um se vê por meio de suas próprias atividades no interior da divisão do trabalho simultaneamente como sujeito e como objeto dessa conservação e dessa invenção. Portanto, não basta o exercício do trabalho rotineiro, alienante, sem que permita evolução cognitiva ao trabalhador. É necessário que o trabalho atenda sua função de conservação, transmissão, invenção e renovação às capacidades e condições humanas.
O mundo do trabalho no capitalismo contemporâneo tem sofrido grandes transformações em decorrência da rápida evolução das tecnologias de produção. Novas tecnologias têm surgido, sendo reconhecida como uma revolução tecnológica em decorrência da automação, da informatização e da eletrônica. Atualmente os trabalhadores têm permanecido de sobreaviso ou em plantão para atendimento das necessidades emergentes do empregador. Chega-se a sustentar o direito do trabalhador em desconectar-se do trabalho, pois a tecnologia tem escravizado o homem ao trabalho. Portanto, no mundo atual, como se vê, muitos trabalhadores não têm sequer a possibilidade de lazer e descanso, pois seu próprio tempo livre é incorporado ao processo produtivo, em razão dos plantões a distância que está sujeito.