A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
FUNDAMENTOS DE ESTATÍSTICA E EPIDEMIOLOGIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.:201804959102)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	O método de padronização das taxas brutas de mortalidade é utilizado, principalmente, para:
		
	 
	Determinar o número total de mortes que ocorreram  em um grupo etário específico em uma população.
	 
	Eliminar os efeitos das diferenças nas distribuições das idades das populações na comparação das taxas de mortalidade.
	
	Corrigir as taxas de mortalidade em situações que não se tem informações sobre a idade.
	
	Comparar as mortes em pessoas de um mesmo grupo etário.
	
	Corrigir taxas de mortalidade nos estratos etários.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201804890824)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Numa determinada cidade, no período compreendido entre janeiro e novembro de 2007 foram diagnosticados 723 casos de uma doença com alta virulência. Nesse mesmo período foram relatados 538 internações, 210 altas com melhora no quadro clínico e 256 óbitos em virtude da doença. Em função dos dados acima, podemos dizer que:
		
	
	O índice de morbidade é de 17,4%
	
	O índice de mortalidade é de 78,0%
	
	O índice de prevalência é de 74,1%
	
	A Taxa de Ataque é de 72,0%
	 
	O índice de letalidade é de 35,4%
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201804959137)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Se a letalidade da doença X é igual a 5% e durante um ano ocorreram 20 mortes por essa doença, o número de casos da doença X nessa comunidade nesse ano foi:
		
	
	500
	
	300
	
	100
	
	200
	 
	400
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201804890402)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	Ao comparar o número de casos de dengue nos município A e B para o ano de 2016, observamos os seguintes resultados:
Tabela 1.  Número de casos de dengue, Municípios A e B, 2016
	 
	        Número de casos
	Município A
	8.500
	Município B
	1.200
 
 
 
 
 
Fonte: dados fictícios
Sobre o exposto na tabela, é correto afirmar que:
		
	
	No município B está ocorrendo subregistro dos casos de dengue.
	 
	A verba para prevenção da dengue deve ser destinada, prioritariamente, ao município A.
	
	A verba para prevenção da dengue deve ser destinada, prioritariamente, ao município B.
	
	Os dois municípios apresentam a mesma urgência na prevenção da dengue.
	 
	Não é possível avaliar para que município a verba deve ser destinada, prioritariamente, visto que, para isso, é necessário conhecer o número de habitantes de cada município.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201804884643)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	Um determinado Instituto realizou uma pesquisa sobre a intenção de voto do eleitorado brasileiro para presidência do Brasil. De maneira aleatória, foram entrevistados um total de 2500 indivíduos que guardavam características (idade, sexo, escolaridade, distribuição regional) representativas dos 136 milhões de eleitores do país. A pesquisa teve como resultado uma intenção de voto de 46% para o candidato João de Souza. Identifique, respectivamente, a população, a amostra e o nome dado ao resultado encontrado na pesquisa.
		
	
	Eleitores brasileiros, 46% e censo
	 
	Eleitores brasileiros, 2500 indivíduos que foram entrevistados e estimativa
	
	2500 indivíduos que foram entrevistados, Eleitores brasileiros e parâmetro
	 
	Eleitores brasileiros, 2500 indivíduos que foram entrevistados e parâmetro
	
	2500 indivíduos que foram entrevistados, Eleitores brasileiros e estimativa
	
	1a Questão (Ref.:201804884673)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	As variáveis são classificadas em dois tipos: quantitativas e qualitativas. Observe o quadro abaixo que expõe as classificações das variáveis e correlacione as colunas de acordo com as subdivisões apresentadas.
	1- quantitativa discreta
	A- Diagnóstico de câncer de pulmão (doente/não doente)
	2- quantitativa contínua
	B- Estágio do câncer de pulmão (inicial, intermediário, terminal)
	3- qualitativa nominal
	C- Nível de nicotina no sangue
	4- qualitativa ordinal
	D- Número de cigarros fumados por dia
 
		
	
	1B, 2D, 3A, 4C
	
	1D, 2A, 3C, 4B
	
	1A, 2C, 3B, 4D
	 
	1D, 2C, 3A, 4B
	
	1C, 2B, 3D, 4A
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201804969604)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Observe o gráfico abaixo e assinale a alternativa correta.
I. O gráfico demonstra a duração máxima da vida do brasileiro.
II. O gráfico demonstra uma expectativa de vida maior para mulheres.
III. A melhoria nas condições de vida deve contribuir para o aumento da expectativa de vida.
IV. Os homens adoecem mais que as mulheres.
		
	
	Apenas a assertiva II está correta.
	
	Todas as assertivas estão corretas.
	 
	Apenas as assertivas II e III estão corretas.
	
	Apenas a assertiva I está correta.
	
	Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201804936384)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	As novas tecnologias e o empenho dos organismos públicos, associados aos interesses e boas práticas da iniciativa privada, ampliaram a rede de esgotos.
Considere que em 1990, a população era de 145 milhões de habitantes e, em 2010, de 190 milhões
Com base nos percentuais apresentados na reportagem, o número de habitantes no Brasil que contam com saneamento básico aumentou, de 1990 para 2010, em, aproximadamente:
		
	
	10 milhões
	
	25 milhões
	 
	50 milhões
	
	45 milhões
	
	65 milhões
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201804963688)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	A partir das últimas décadas do século passado, seguindo tendência mundial, observa-se no Brasil importantes mudanças no perfil das doenças que ocorrem em sua população. Avalie cada afirmativa e marque a alternativa INCORRETA:
		
	
	Permanecem, alguns desafios, como a persistência de doenças associadas à miséria e exclusão social, como a tuberculose e a hanseníase; a alta incidência da malária na região da Amazônia Legal, e as recorrentes epidemias da dengue.
	
	As doenças crônicas, se não adequadamente prevenidas e gerenciadas, custam caro para o Sistema Único de Saúde (SUS), gerando a necessidade de investimento em pesquisa, vigilância, prevenção, promoção da saúde e defesa da vida saudável.
	
	As mudanças observadas nos padrões de ocorrência das doenças têm gerado novos desafios para o governo, os gestores e os tomadores de decisão do setor de saúde.
	
	A transição epidemiológica apresenta importantes diversidades regionais decorrentes das diferenças socioeconômicas e de acesso aos serviços de saúde, resultando em um modelo polarizado de transição.
	 
	Dois processos são responsáveis pelas mudanças no perfil da população: a transição demográfica (mudança no perfil de morbimortalidade ocorridas nas últimas décadas) e a transição epidemiológica (diminuição das taxas de fecundidade, natalidade e aumento da expectativa de vida)
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201804969602)
	Pontos: 0,0  / 0,1  
	A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que, no mundo, 10,4 milhões de pessoas tiveram tuberculose em 2015, e mais de 1 milhão morreram por conta da doença. Esses resultados configuram a tuberculose como um grave problema de saúde pública, salientando-se que a OMS a reconhece como a doença infecciosa de maior mortalidade no mundo, superando o HIV e a malária juntos. 
(Boletim Epidemiológico no. 8, Ministério da Saúde, 2017).
Observe os gráficos abaixo e assinale (V) para verdadeiro ou (F) falso para as seguintes alternativas:
 
		
	 
	O maior número de casos de tuberculose em 2015 foi encontrado no Amazonas, no entanto este estado apresentava uma reduzida proporção de população privada de liberdade entre os casos da doença neste mesmo ano.
	 
	No Estado do Rio de Janeiro, em 2015, aproximadamente 7% da população privada de liberdade (PPL) tinha o diagnóstico de tuberculose.
	 
	No Estado do Piauí apenas 1,6% da população encontra-se privada