A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
Glossario de termos em microbiologia

Pré-visualização | Página 7 de 10

uma base nitrogenada e um grupamento fosfato.
Número mais provável (NMP) Diluição seriada de uma amostra natural para a determinação da maior diluição onde ocorre crescimento.
Nutriente Substância captada por uma célula a partir do ambiente, sendo utilizada em reações anabólicas ou catabólicas.
Oligonucleotídeo Pequena molécula de ácido nucléico obtida a partir de um organismo ou sintetizada quimicamente.
Oligotrófico Ambiente onde os nutrientes estão em pequenas quantidades.
Oncogene Gene cuja expressão leva à formação de um tumor.
Operador Região específica no DNA localizada na extremidade inicial de um gene, onde uma proteína repressora se liga e bloqueia a síntese de mRNA.
Operon Conjunto de genes cuja expressão é controlada por um único operador. Típico de células procarióticas.
Organela Estrutura envolta por membrana, encontrada em células eucarióticas.
Organismo geneticamente modificado (OGM) Organismo cujo genoma foi alterado a partir da utilização de técnicas de engenharia genética. Esta abreviação é também utilizada para alimentos GM e plantas GM.
Organismos transgênicos Plantas e animais que transmitem de maneira estável um DNA clonado, inserido em suas células.
Osmose Processo de difusão de água através de uma membrana a partir de uma região com baixa concentração de soluto, para uma região de maior concentração deste soluto.
Oxidação Processo pelo qual um composto doa elétrons (ou átomos de H), tornando-se oxidado.
Palíndromo Seqüência de nucleotídeos presente de forma idêntica nas duas fitas de DNA, em sentidos opostos.
Pandemia Epidemia mundial.
Parasita Organismo capaz de viver em um hospedeiro, causando danos a este.
Pasteurização Destruição, geralmente realizada pelo tratamento térmico, de formas vegetativas de organismos patogênicos, reduzindo também o número de microrganismos deterioradores.
Patogenicidade Capacidade de um parasita promover dano em um hospedeiro.
Patógeno Organismo capaz de promover dano em um hospedeiro.
Penicilina semi-sintética Penicilina natural que foi quimicamente modificada.
Peptideoglicano Componente da parede celular rígida de membros do domínio Bacteria; camada delgada, composta por N-acetilglicosamina, ácido N-acetilmurâmico e alguns aminoácidos. Também denominado Mureína.
Peste Doença endêmica em roedores, causada por Yersinia pestis, podendo eventualmente ser transmitida ao homem pela picada de pulgas.
Pilus (Pili, plural) Estrutura semelhante a uma fímbria, presente em células doadoras, tanto Hfr como as F+, envolvida na transferência de DNA durante a conjugação. Às vezes tem a denominação pilus sexual ou F pilus. Ver também Fímbria.
Pinocitose Fagocitose de moléculas solúveis, por células eucarióticas.
Piogênico Formador de pus; causador de abscessos.
Pirogênico Indutor de febre.
Placa dental Células bacterianas envoltas por uma matriz de polímeros extracelulares encontradas nos dentes.
Placa de lise Zona de lise ou de inibição do crescimento celular decorrente da infecção viral de células com crescimento confluente.
Plaqueta estrutura em forma de disco, acelular, contendo protoplasma, encontrada em grandes quantidades no sangue, desempenhando papel na coagulação sanguínea.
Plasma Fração acelular do sangue.
Plasmídeo Elemento genético extra-cromossomal que não é essencial ao crescimento e não é encontrado na forma extracelular; molécula de DNA circular extra-cromossômica.
Plasmócito Linfócito B diferenciado, grande, de vida curta, especializado na produção abundante (e de curta duração) de anticorpos.
Polar Que possui características hidrofílicas, sendo geralmente solúvel em água.
Polímero Molécula grande, formada a partir da polimerização de unidades monoméricas.
Polimorfismo Ocorrência de alelos múltiplos em um lócus, em freqüências que não podem ser explicadas como resultado de recentes mutações aleatórias.
Polinucleotídeo Polímero de nucleotídeos unidos entre si por ligações fosfodiéster.
Polipeptídeo Polímero de aminoácidos unidos entre si por ligaçõs peptídicas.
Polissacarídeo longa cadeia de monossacarídeos (açúcares) unidos entre si por ligações glicosídicas.
Poli-(-hidroxibutirato (PHB) Composto comumente armazenado por células procarióticas, consistindo de um polímero de (-hidroxibutirato ou outros ácidos (-alcanóicos, desempenhando papel de reserva energética.
Ponte de hidrogênio Ligação química fraca entre um átomo de hidrogênio e um elemento mais eletronegativo, geralmente um átomo de oxigênio ou nitrogênio.
Porinas Proteínas formadoras de canais, presentes na membrana externa de bactérias gram-negativas, através dos quais moléculas pequenas e médias hidrofílicas podem passar.
Portador assintomático Indivíduo que alberga organismos patogênicos, mas que não apresenta sintomas da doença.
Potencial de óxido-redução (E0´) Tendência inerente, medida em volts, do composto oxidado no par redox se tornar reduzido.
Prevalência Proporção de indivíduos que apresentam uma doença em uma população.
Príon Agente infeccioso cuja forma extracelular pode não conter ácido nucléico; proteína infecciosa.
Procarioto Célula ou organismo que não apresenta núcleo e outras organelas envoltas por membrana, geralmente apresentando o DNA na forma de uma única molécula circular.
Processamento de RNA Conversão da molécula precursora de RNA para a sua forma madura.
Produtor primário Organismo que utiliza a energia luminosa ou compostos inorgânicos para sintetizar nova matéria orgânica, a partir de CO2.
Profago Estado do genoma de um vírus temperado, que se replica em sincronia com a replicação de DNA da célula hospedeira; se encontra integrado ao genoma da célula hospedeira.
Profilático Tratamento, geralmente imunológico ou quimioterápico, visando proteger um indivíduo de um futuro ataque por um patógeno.
Promotor Sítio no DNA onde a RNA polimerase se liga, iniciando a transcrição.
Proteína ativadora Proteína regulatória que se liga a sítios específicos no DNA, ativando a transcrição; envolvida no controle positivo.
Proteína repressora Proteína regulatória que se liga a sítios específicos de DNA, bloqueando a transcrição; envolvida no controle negativo.
Proteína sensora Um dos membros do sistema regulatório de dois componentes; corresponde a uma quinase encontrada na membrana citoplasmática que se autofosforila em resposta a um sinal externo e então transfere o grupamento fosforil para a proteína reguladora de resposta.
Proteína Molécula polimérica composta por um ou mais polipeptídeos.
Proteínas precoses Proteínas sintetizadas logo após a infecção viral.
Proteínas tardias Proteínas sintetizadas nas etapas finais de uma infecção viral.
Proteoma Conjunto total de proteínas em uma célula, tecido ou organismo a qualquer momento.
Proteômica Estudo em larga escala, ou em escala genômica, da estrutura, função e regulação das proteínas de um organismo.
Protoplasma Conteúdo celular completo, incluindo membrana citoplasmática, citoplasma e núcleo/nucleóide.
Protoplasto Nome dado à célula da qual a parede celular foi retirada.
Prototrófico Linhagem parental da qual um mutante auxotrófico se origina. Comparar com Auxotrófico.
Protozoário Microrganismo eucariótico, unicelular, que não apresenta parede celular.
Provírus Ver Profago.
Psicrófilo Organismo capaz de crescer em baixas temperaturas, apresentando uma temperatura ótima de crescimento <15°C.
Psicrotrófico Organismo capaz de crescer em baixas temperaturas (temperatura de refrigeração), apresentando temperatura ótima de crescimento entre 25 e 30°C.
Quadro de leitura aberta (ORF, do inglês Open Reading Frame) Seqüência de DNA que, se transcrita, pode ser traduzida, originando uma proteína de composição e tamanho conhecidos. Uma ORF funcional corresponde a uma seqüência que realmente

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.