Questões Conceitos
14 pág.

Questões Conceitos

Pré-visualização6 páginas
FB UNI 
Conceitos Jurídicos Fundamentais. 2018.1 
Prof. Marcel Mota 
 
1. Relacione Direito e ordem social. Justifique. 
2. O Direito deve ser justo? Justifique. 
3. Discorra sobre acepções da palavra \u201cDireito\u201d. 
4. O Direito pressupõe o fenômeno social? 
5. Diferencie a sanção jurídica da sanção moral. Justifique. 
6. O direito subjetivo consiste na previsão de direito pelo ordenamento jurídico? 
Verdadeiro ou falso? Justifique 
 
7. O Direito positivo pressupõe leis escritas. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
8. O Direito positivo é mutável no tempo e no espaço. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
9. O Direito natural possui normas imutáveis no tempo e no espaço. Verdadeiro ou 
falso? Justifique. 
 
10. De acordo com Miguel Reale, a teoria tridimensional do Direito deve ser 
compreendida apenas em termos abstratos, já que não há interação concreta entre fato, 
valor e norma. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
11. Para Hans Kelsen, a teoria pura do Direito deve concentrar-se no exame das 
condições de validade moral da norma jurídica. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
12. O fenômeno jurídico possui três dimensões: normativa, fática (empírica) e 
axiológica (valorativa). Dessa forma, a ênfase em cada dimensão origina disciplinas 
diferentes. A dogmática jurídica se encontra no exame das normas, a sociologia do 
Direito privilegia a dimensão fática, já a axiologia jurídica cuida dos valores. 
Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
13. A distinção entre direito público e direito privado tem raízes no Direito Romano. Na 
seara do Direito Público, observa-se relação de coordenação entre o Estado e o 
indivíduo. Já no âmbito do Direito Privado, verifica-se relação de sujeição entre 
particulares. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
14. De acordo com Hans Kelsen, a distinção entre direito público e direito privado tem 
valor científico. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
15. São ramos do Direito Privado: direito civil, direito empresarial, direito do 
consumidor. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
16. São ramos do Direito Público: direito constitucional, direito processual, direito 
tributário, direito penal, direito administrativo. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
17. O Direito Processual não é um fim em si mesmo. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
18. Na perspectiva pós-positivista, o conceito de validade do direito pode ser examinado 
sob o ângulo formal, sociológico e moral. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
19. Para as doutrinas positivistas, direito e moral são conceitualmente conexos. 
Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
20. O marco histórico do pós-positivismo, no Brasil, corresponde ao período de 
redemocratização após o fim do Estado Novo. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
21. A lei é fonte material do direito. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
22. No círculo anglo-saxão (common law), a lei é a principal fonte do direito. 
Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
23. De acordo com as teorias juspositivistas, validade da norma jurídica pode ser 
examinada sob os ângulos formal, social e moral. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
24. De acordo com as teorias pós-positivistas, qualquer norma injusta deve ser 
invalidada. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
25. Para os pós-positivistas, a discussão sobre a justiça da norma é puramente relativa, 
diante da ausência de padrões racionais. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
26. Para Robert Alexy, o direito tem pretensão de correção. Logo, toda norma jurídica é 
justa. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
27. Segundo Hans Kelsen, o ordenamento jurídico, considerado globalmente, deve ser 
efetivo, para que seja reconhecido como direito válido. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
28. O direito consuetudinário decorre da natureza, logo não compõe o direito positivo. 
Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
29. O costume apresenta elementos objetivo e subjetivo. Verdadeiro ou falso? 
Justifique. 
 
30. No direito brasileiro, admite-se costume praeter legem. Verdadeiro ou falso? 
Justifique. 
 
31. Basta uma decisão judicial para que se forme a jurisprudência. Verdadeiro ou falso? 
Justifique. 
 
32. A valorização da jurisprudência dos tribunais superiores contribui para a efetividade 
do princípio da igualdade. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
33. Para Miguel Reale, a doutrina é fonte formal do Direito. Verdadeiro ou falso? 
Justifique. 
 
34. De acordo com Robert Alexy, a dogmática jurídica restringe as possibilidades 
decisórias no âmbito jurídico. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
35. Na perspectiva juspositivista da ciência do direito, cabe à doutrina apontar, em 
caráter prescritivo, qual a solução correta. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
36. A Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro tem aplicação restrita ao 
Direito Civil. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
37. As normas sobre o início da vigência das leis possuem caráter de sobredireito. 
Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
38. De acordo com Paulo Bonavides, na fase pós-positivista do Direito, as normas 
principiológicas têm função meramente supletiva. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
39. A analogia é método de interpretação do Direito. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
40. Para Alexy, o Direito possui pretensão de correção. Verdadeiro ou falso? Justifique. 
 
41. Prova: FCC - 2015 - TJ-SC - Juiz Substituto 
Deste modo, quando surge no seu logrador um animal alheio, cuja marca conhece, o 
restitui de pronto. No caso contrário, conserva o intruso, tratando-o como aos demais. 
Mas não o leva à feira anual, nem o aplica em trabalho algum; deixa-o morrer de velho. 
Não lhe pertence. Se é uma vaca e dá cria, ferra a esta com o mesmo sinal 
desconhecido, que reproduz com perfeição admirável; e assim pratica com toda a 
descendência daquela. De quatro em quatro bezerros, porém, separa um, para si. É a sua 
paga. Estabelece com o patrão desconhecido o mesmo convênio que tem com o outro. E 
cumpre estritamente, sem juízes e sem testemunhas, o estranho contrato, que ninguém 
escreveu ou sugeriu. Sucede muitas vezes ser decifrada, afinal, uma marca somente 
depois de muitos anos, e o criador feliz receber, ao invés da peça única que lhe fugira e 
da qual se deslembrara, uma ponta de gado, todos os produtos dela. Parece fantasia este 
fato, vulgar, entretanto, nos sertões. (Euclides da Cunha \u2013 Os sertões. 27. ed. Editora 
Universidade de Brasília, 1963, p. 101). 
O texto acima, sobre o vaqueiro, identifica: 
 a) espécie de lei local, de cujo teor ou vigência o juiz pode exigir comprovação. 
 b) a analogia, como um meio de integração do Direito. 
 c) um princípio geral de direito, aplicável aos contratos verbais. 
 d) o uso ou costume como fonte ou forma de expressão do Direito. 
 e) a equidade que o juiz deve utilizar na solução dos litígios. 
 
42. Prova: CESPE - 2010 - OAB - Exame de Ordem Unificado - I - Primeira Fase 
A respeito da vigência, aplicação, eficácia e interpretação da lei, assinale a opção 
correta. 
 
 a) A derrogação torna sem efeito uma parte de determinada norma, não perdendo esta a 
sua vigência. 
 b) A interpretação da norma presta-se a preencher as lacunas existentes no sistema 
normativo. 
 c) O regime de bens obedece à lei do país em que for celebrado o casamento. 
 d) Em regra, caso a lei revogadora venha a perder a vigência, restaura-se a lei revogada. 
 
43. Prova: CESPE - 2008 - OAB - Exame de Ordem - 3 - Primeira Fase 
 
Acerca da Lei de Introdução do Código Civil e da vigência, aplicação e interpretação 
das leis, assinale a opção correta. 
 
 a) Iniciado o transcurso