Buscar

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 9 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 9 páginas

Prévia do material em texto

FUND. DA EDUC. DE JOVENS E ADULTOS E EDUC. POPULAR
Aula 01
1.Miguel Arroyo (2001) coloca que a LDB 9394/96 refere-se a jovens e adultos não como aprendizes de uma etapa de ensino, mas como educandos, sujeitos sociais e culturais. Esta diferença sugere que a EJA é...
 Uma modalidade que constitui sua própria especificidade.
2.A luta para acabar com o Analfabetismo no Brasil é histórica e envolve avanços e retrocessos. Um destes avanços, diz respeito às novas Diretrizes Curriculares para a EJA. Nesta nova perspectiva educacional, deverão ser observadas as seguintes funções:
 As Funções Reparadoras, Equalizadoras e Qualificadoras.
 
3.Marque a opção correta em relação aos principais conceitos do pensamento de Paulo Freire:
 Conscientização , Libertação e Autonomia
	
4.Uma das funções da escola deve ser a de esclarecer as relações entre emprego, trabalho e educação. Portanto, educação, sendo direito, deve ser respeitado e atendido pela sociedade com isonomia, deve ser para vida toda e não apenas . . .
 para o mercado de trabalho
 
5.O início dos anos 60 marca a emergência de novas ideias pedagógicas e a instauração de um novo paradigma educativo para a área. Paulo Freire passa a relacionar a questão do analfabetismo á situação de miséria que grande parte da população brasileira estava submetida. Por esse paradigma, educar é acima de tudo
 um ato político.
	
6.A Educação de Jovens e Adultos no cenário brasileiro possui grande influência do pensamento de Paulo Freire. Sua pedagogia levanta ideias relevantes para a área, dentre as quais, a de que a alfabetização e a educação de adultos devem ocorrer :
 a partir do trabalho com temas e palavras geradoras, extraídos de suas histórias de vida, de modo a promover a consciência crítica em relação ao mundo.
	
7.Que perspectiva educacional o MOBRAL e o Ensino Supletivo reforçavam após os anos 70?
 Compensatória
	
8.Alfabetizar adultos requer um trabalho diferente daquele realizado nas escolas regulares, destinado a crianças / adolescentes. É comum na EJA a infantilização nas abordagens e nas linguagens dos professores, por isso convém ressaltar que na Educação de Jovens e Adultos é ERRADO considerar que...
 É importante, apenas, o uso do livro didático para clareza dos conteúdos.
Aula 02
1.A educação de jovens e adultos (EJA) no Brasil, como modalidade de ensino, é marcada pela descontinuidade e por tênues políticas públicas, insuficientes para dar conta da demanda potencial. São exemplos de iniciativas públicas na área da EJA: I. Mobral - Movimento Brasileiro de Alfabetização, criado no período da ditadura, tinha autonomia em relação ao MEC. II. Fundação Educar - antecede o Mobral, tinha como foco a educação continuada. III. Ensino Supletivo - promovido pelo MEC a partir da Lei nº 5.692/1971. Está(ão) correto(s) o(s) item(ns):
 II e III;
2.O segundo Congresso Nacional de Educação de Adultos, realizado no Rio de Janeiro, em 1958, torna-se o epicentro para o país desse debate e dessa nova concepção para a educação de adultos. A delegação de Pernambuco, da qual fazia parte Paulo Freire, defende, em seu relatório, que o problema do analfabetismo no Nordeste era um problema...
 social
	
3.Em 1934, a Constituição em seu artigo 150 determinava que a União tinha a competência para fixar o plano nacional de educação, coordenar e fiscalizar sua execução em todo o país, além de "exercer ação supletiva, onde se faça necessário por deficiência de iniciativa ou de recursos (PAIVA, 2003, p.124). A educação passou a ser um direito de todos e o ensino primário deveria ser integral, gratuito, de frequência obrigatória e extensiva aos adultos. Portanto diante desse cenário, foi expandida a educação para Jovens e Adultos.
Das colocações abaixo, sinalize A OPÇÃO CORRETA sobre as necessidades que levaram a essa politica oficial de educação de Jovens e Adultos.
I. Devido à necessidade de ter mão de obra para atender ao novo modelo econômico
II. A necessidade de ser alfabetizado para ter direito a votar
III. Necessidade de formação/instrução para atender aos novos postos de trabalhos nas indústrias.
IV. Em 1937, com o golpe e a implantação do Estado Novo, Getúlio Vargas pretendeu alfabetizar o "maior número possível, mas também (...) difundir princípios uniformes de disciplina cívica e mora
Todas estão corretas
	
4.Podemos afirmar que nos anos 40/50 houveram determinantes políticos e pedagógicos de âmbitos Internacionais e Nacionais que apontaram para a necessidade social do ensino da EJA. Neste sentido, temos no cenário Internacional a atuação da UNESCO e como determinante no cenário Nacional temos a questão:
 Da transição do modelo agrário exportador para um modelo urbano-industrial.
5.Durante o período militar, a educação dos Jovens e Adultos passa por transformações significativas no que tange à sua oferta por parte do poder público. Assinale a opção que retrata esse período:
 As principais ações governamentais foram: a expansão da Cruzada Ação Básica Cristã, entre 1965 e 1967 e, após 1970 o Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral) e, depois de 1971, o Ensino Supletivo, no interior dos sistemas públicos.
	
6.No inicio da década de 1960, Paulo Freire juntamente com estudantes e intelectuais atuam junto a grupos populares desenvolvendo e aplicando novas perspectivas de cultura e educação popular. Movimento de Cultura Popular (MCP); Movimento de Educação de Base (MEB), ligado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Centros Populares de Cultura (CPCs) da União Nacional dos Estudantes (UNE). Outras iniciativas que merecem destaque foram a da Prefeitura de Natal com a Campanha "de Pé no Chão também se aprende a Ler" e a Campanha de Educação Popular da Paraíba (Ceplar).
Das proposições abaixo sinalize as contribuições desses movimentos e de Paulo Freire para a Educação de Jovens e Adultos. Assinale a proposição correta
1-deve ser entendida como um esforço para anular os efeitos ideológicos dos movimentos populares anteriores, direcionados à educação de adultos, desenvolvidos no Nordeste
2-a educação seria elemento de conhecimento e conscientização para uma possível ação política "transformadora" no social
3-O método de alfabetização deveria partir de palavras e temas geradores, tornando-se importante que o educador considere a identidade cultural dos alunos em processo de ensino-aprendizagem da leitura e escrita.
4-Paulo Freire formulou uma pedagogia para a educação popular com embasamentos de uma postura crítica de interrogação, diálogo e solidariedade.
 	
 as proposições II, III e IV estão corretas
	
7.Foi a partir da década de 1940 que o espaço específico da Educação de Jovens e Adultos se delineou: "as idéias, as leis e as iniciativas que se consolidam (...) [configuram] uma situação inteiramente nova. Até então, registravam-se alguns esforços locais, (...) mas, na década de 40, cogita-se uma educação para todos os adolescentes e adultos analfabetos do país" (BEISIEGEL, 1982: 177).
Assinale a opção correta sobre os determinantes que estimularam a EJA nos anos de 1940 e seu impacto social:
 A EJA foi estimulada internacionalmente, pela UNESCO na década de 40 que, nesse período, tinha um importante papel no fomento da educação de adultos em diversos países.
8.Através do Mobral, o regime militar definiu claramente a sua linha de ação nacional em relação à educação popular, tendo como concepções alfabetizadoras e as intencionalidades políticas bem diferente da proposta teórico-metodológica de Paulo Freire, esvaziados de sua ótica problematizadora.
Analisando o papel político do Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), podemos afirmar que:
 A compreensão dessa nova campanha de massa deve ser buscada não apenas nas idéias que conectam educação e desenvolvimento econômico, também na dimensão de sua utilização como instrumento de controle ideológico das massas.
AULA 031.Na abordagem histórica da Educação de Jovens e Adultos no Brasil nos anos 70 o ensino supletivo foi concebido dentro de uma visão sistêmica que se relacionavam com o ensino regular de ensino que compreendia 4 funções que são?
 suplência, suprimento, aprendizagem e qualificação
	
2.A Constituição de 1988 institui que a ¿Educação é um direito de todos¿. Entretanto, com objetivo de promover a educação do povo e a qualificação para a mão de obra barata para o trabalho, a Teoria do Capital Humano foi incorporada à prática educativa, fazendo a escola cada vez mais dual e excludente. Contrariamente a este ideário, o pensamento de Paulo Freire se construiu numa prática baseada:
 No aprofundamento da relação entre a problemática educacional e a problemática social.
	
3. Podemos afirmar que a lógica que norteou a reforma educacional de 1968 e 1971 ficou marcada e influenciada pela teoria do capital humano. Acentuou-se dessa forma o deslocamento da educação do contexto social e político, enfatizando o caráter eminentemente tecnocrático das ações educacionais.
Entre as ações dos governos militares ara a Educação de adultos, estavam a expansão da Cruzada Ação Básica Cristã, entre 1965 e 1967, após 1970, o Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), depois de 1971, o Ensino Supletivo, no interior dos sistemas públicos. Nesse momento, o governo militar substituiu o Plano de Alfabetização nacional, coordenado pelo educador Paulo Freire pela Cruzada da Ação Básica Cristã (Cruzada ABC).
Marque o item que apresenta a tendência desse ato do governo militar.
 (X ) Vincular a Educação de jovens e adultos à formação para o trabalho e à formação moral.
	
4.A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos nos ensinos fundamental e médio na idade própria, portanto, é entendida como:
 direito de todos e dever do Estado;
5.Conforme a seção V (arts. 37 e 38) da Lei nº 9.394/1996, a estrutura e funcionamento da Educação de Jovens e Adultos (EJA) na atualidade:
 mantém os cursos e exames supletivos de ensino fundamental e médio;
	
6.Em relação à educação de jovens e adultos à luz da LDB, assinale a opção correta
 Ao trabalhador será garantida a possibilidade de acesso à educação profissional.
7.Durante as décadas de 1960 e 1970 consolida-se a influência de uma perspectiva tecnicista na Educação Brasileira. Educação esta, agora encarada como um investimento, onde as áreas humanas e socais ficam cada vez mais enfraquecidas em detrimento das áreas tecnológicas. A teoria que alimentava este pensamento chama-se:
 Teoria do Capital Humano
8.Após o Golpe Militar de 1964, as políticas educacionais ganharam contornos definidos havendo uma ampliação dessas políticas e assim a educação passou a ser considerada um espaço privilegiado de produção e reprodução das relações sociais. As transferências de verbas públicas para o empresariado foi uma das maiores marcas da expansão da educação ocorrida por forte influência de técnicos norte-americanos. O sistema escolar brasileiro, a partir de então passou a ser encarado como um investimento apresentando como resultado o aumento da produtividade. Após ler e analisar o texto, escolha dentre os itens abaixo aquele que melhor apresenta a situação a qual passou a se adequar o sistema escolar brasileiro.
Aos preceitos da teoria do Capital Humano.
	
AULA 04
1.Sobre a EJA e a organização curricular excludente na Educação Brasileira, podemos afirmar, EXCETO:
 Atualmente, a entrada de alunos com dificuldades no ambiente social e familiar é uma grande dificuldade para os professores ensinarem seus currículos em sala de aula, principalmente, por causa da pouca bagagem cultural que estes alunos carregam.
2.Num balanço histórico - critico da Educação de Jovens e Adultos no Brasil ao longo de sua história pode-se destacar:
 No âmbito da EJA, continua predominando políticas frágeis sob o ponto de vista institucional (recursos, alcance, provisoriedade) e aligeiradas sob o ponto de vista da qualidade do processo educacional.
3.Dentre os itens que seguem marque aquele que completa a frase CORRETAMENTE As funções constantes no Parecer elaborado para a Educação de Jovens e Adultos são fundamentais na construção do novo paradigma para a EJA, porém ainda não foram incorporadas como diretrizes pedagógicas nos espaços de formação de professores, pois poucos são os cursos de Pedagogia e de Licenciatura que oferecem habilitação ou disciplinas de EJA. Dessa forma, o professor ainda encara a educação de adultos e jovens numa perspectiva
 Compensatória.
	
4.Marque o item que completa o texto abaixo o tornando CORRETO O Parecer elaborado pelo professor Jamil Cury apresenta três funções para a Educação de Jovens e Adultos. Uma delas restaura o direito à educação que foi negado à grande parcela da população brasileira e que daria acesso a um bem real, social e simbolicamente importante à plena cidadania. Esta função chama-se:
 Reparadora.
	
5.A legislação atual regida pelo FUNDEB foi implementada oficialmente a partir de 1998 e instituiu que:
 alunos na educação infantil, no ensino fundamental e médio das redes estaduais e municipais, em todas as modalidades de ensino, inclusive na educação de jovens e adultos serão contemplados com o financiamento.
6.A Emenda Constitucional n.º 14, de setembro de 1996 criou um Fundo destinado à adição de recursos nas escolas e na formação de professores, entretanto, destinava recursos somente para o ensino fundamental e não contemplou a educação básica como um todo, deixando de fora a educação infantil, o ensino médio e a educação de jovens e adultos. Este Fundo chamava-se:
 FUNDEF
7.Analise as colocações abaixo e, em seguida, assinale a alternativa CORRETA, de acordo com o art. 5º, da Resolução CNE/CEB nº. 01, de 05 de julho de 2000.
I - Sobre o princípio da equidade no âmbito da Educação de Jovens e Adultos podemos afirmar que o mesmo pressupõe a distribuição específica dos componentes curriculares a fim de propiciar um patamar igualitário de formação e restabelecer a igualdade de direitos e oportunidades face ao direito à educação.
II - Sobre o princípio da diferença no âmbito da Educação de Jovens e Adultos podemos afirmar que o mesmo pressupõe a identificação e o reconhecimento da alteridade própria e inseparável dos jovens e adultos em seu processo formativo, da valorização do mérito de cada qual e do desenvolvimento de seus conhecimentos e valores.
III - Sobre o princípio da proporcionalidade no âmbito da Educação de Jovens e Adultos podemos afirmar que o mesmo pressupõe a disposição e alocação adequadas dos componentes curriculares face às necessidades próprias da Educação de Jovens e Adultos com espaços e tempos nos quais as práticas pedagógicas assegurem aos seus estudantes identidade formativa comum aos demais participantes da escolarização básica.
 Todas as afirmativas estão corretas.
	
8-Num balanço histórico - critico da Educação de Jovens e Adultos no Brasil ao longo de sua história pode-se destacar:
No âmbito da EJA, continua predominando políticas frágeis sob o ponto de vista institucional (recursos, alcance, provisoriedade) e aligeiradas sob o ponto de vista da qualidade do processo educacional.
AULA 05
1.Apesar do esforço de vários segmentos da sociedade civil, no sentido de transformar as bases em que são definidas as políticas no campo da EJA, esta modalidade de ensino ainda mantém muitas características das iniciativas do passado. Dentre estas características, merece destaque:
 A perspectiva compensatória, que visa repor o tempo de estudos perdido e qualificar para o mercado de trabalho.
	
2.Numa escola de Educação de Jovens e Adultos, desejava-se implantar um currículo que partisse da concepção de conhecimentos em rede e que se aproximasse da vida cotidiana. Assinale a opção coerente com essa concepção de organização curricular.
A aquisição do conhecimento orienta-sepela lógica da incorporação de saberes diversos que interagem entre si e que criam condições mais plenas de aprendizagem.
	
3.Na modalidade EJA destacamos a importância do reconhecimento da diversidade e da alteridade na pratica educativa, tendo como perspectiva a aproximação da realidade dos educandos e a construção coletiva e horizontal de saberes e conhecimentos.Sinalize a UNICA porposição que NÃO corresponde a estratégia didática que corrobora para essa concepção politico-pedagógica:
 Ignorar as singularidades e nuances da condição de nenhuma ou de baixa escolaridade, como sendo um grande desafio para as escolas;
4.O currículo oculto é constituído por todos aqueles aspectos do ambiente escolar que, sem fazer parte do currículo oficial, explícito, contribuem, de forma implícita para aprendizagens sociais relevantes (...) o que se aprende no currículo oculto são fundamentalmente atitudes, comportamentos, valores e orientações... (Silva, 2001, p.78)
Assinale a opção CORRETA que apresenta os nomes dos primeiros autores que contribuíram para a formulação da noção de currículo oculto.
 Philip Jackson e Robert Dreeben
5.É correto afirmar que a EJA encontra-se diante de antigos e novos desafios para melhorar sua qualidade e proporcionar igualdade de oportunidades de condições para todos, EXCETO:
 A EJA é uma modalidade educacional que atende, majoritariamente, alunos-trabalhadores deve ter por finalidade o compromisso com a formação profissional.
	
6.Quando teóricos da Educação afirmam que ¿ensinamos o que somos¿, eles estão reforçando o conceito de:
 Currículo Oculto
7.Sabemos que as escolas de EJA recebem como alunos e alunas uma juventude com histórias e experiências de vidas diversificadas: vida profissional, histórico escolar, ritmo de aprendizagem, estrutura de pensamento, origens, etnias, idades, crenças etc. No entanto a riqueza desse universo, marcado pela diversidade e pluralidade, não é reconhecida e valorizada no ambiente escolar. Para atender essa diversidade que CURRÍCULO propor?
Um currículo multicultural, plural contemplando essa realidade.
8.Assinale a opção CORRETA que apresenta a abordagem complementar a frase de Paulo Freire, descrita abaixo. Ferraro (2003, p. 197) destacou no texto publicado por Paulo Freire, em ocasião do exílio no Chile, o seguinte item que sintetiza a concepção da sociedade acerca do analfabeto. ¿A abordagem dessa questão, ao longo de nossa história, sempre foi marcada
 Pelo preconceito, discriminação e estigmatização.

Continue navegando