Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
U1   Avaliação da Unidade

Pré-visualização | Página 1 de 1

U1 - Avaliação da Unidade
1 Estudos relacionados a acidentes de trabalho mostram uma relação existente entre lesões graves e simples e acidentes sem lesão. Um destes estudos, denominado Estudo de Bird, apresenta uma relação de 1:100:500, que indica uma lesão incapacitante para cada 100 lesões não incapacitantes e 500 acidentes sem lesão.
Como podem ser interpretados os dados obtidos por Bird?
Escolha uma:
a. Esta escala não é válida, pois o número de acidentes analisados é muito baixo.
b. O fato de estarem ocorrendo tantos acidentes considerados pequenos mostra que deve existir uma grande preocupação com a sua prevenção.
c. O fato do número de acidentes com lesão incapacitante ser baixo mostra que não há motivo para pânico.
d. Esta escala não é válida, pois não está considerando os quase-acidentes.
e. A situação seria preocupante somente se o número de acidentes com lesão não incapacitante fosse próximo do número de acidentes com lesão incapacitante.
2 A Lei nº 8.213/91 trata da Finalidade e Princípios Básicos da Previdência Social. Ela diz respeito a todos os assuntos referentes aos direitos do trabalhador
perante o INSS. Um dos assuntos abordados nesta lei é a questão do acidente do trabalho.
Qual dos artigos apresentados nesta lei fala sobre os benefícios a que os trabalhadores têm direito?
Escolha uma:
a. Art. 20.
b. Art. 18.
c. Art. 19.
d. Art. 21.
e. Art. 17.
3 As horas-homem de exposição ao risco correspondem ao tempo em que o trabalhador fica à disposição do empregador. Para este cálculo são consideradas as horas normais trabalhadas, bem como as horas extras. Também é levada em consideração a quantidade de funcionários que a empresa possui.
Considerando que uma determinada empresa possui 50 funcionários trabalhando 220 horas por mês, qual é a quantidade de horas-homem de exposição ao risco?
Escolha uma:
a. 9.000 horas-homem de exposição ao risco.
b. 5.000 horas-homem de exposição ao risco.
c. 11.000 horas-homem de exposição ao risco.
d. 20.000 horas-homem de exposição ao risco.
e. 15.000 horas-homem de exposição ao risco.
4 Um dos benefícios a que os trabalhadores têm direito em caso de acidente de trabalho é a aposentadoria por invalidez. A verificação desta incapacidade é realizada através de perícia médica.
Com relação ao benefício da aposentadoria por invalidez é correto afirmar que:
Escolha uma:
a. É concedido ao trabalhador que tiver sequelas decorrentes de acidentes de trabalho.
b. É concedido ao trabalhador que ficar até 30 dias incapacitado de trabalhar em decorrência de acidente de trabalho.
c. É concedido ao trabalhador que ficar permanentemente incapacitado de trabalhar em decorrência de acidente de trabalho.
d. É concedido aos dependentes do trabalhador em caso de sua morte.
e. Consiste na reabilitação do trabalhador incapacitado.
5 A taxa de frequência de acidentes é uma relação existente entre o número de acidentes ocorridos na empresa e a quantidade de horas-homem trabalhadas. Seu cálculo envolve uma constante de valor 1 milhão, que corresponde a um parâmetro de 1 milhão de horas-homem de exposição ao risco.
Considerando que uma determinada empresa possui 230 funcionários trabalhando 220 horas por mês, qual é a taxa de frequência de acidentes, sabendo que em 1 mês ocorreram 2 acidentes?
Escolha uma:
a. 39,52.
b. 10,6.
c. 14,02.
d. 21,97.
e. 25,8.