A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
A partir de quando a assistência social foi reconhecida como política pública

Pré-visualização | Página 1 de 2

A partir de quando a assistência social foi reconhecida como política pública?
	
	a.
	Da regulamentação da profissão em 1989.
	
	b.
	Do novo código de ética de 1993.
	
	c.
	Da Constituição de 1988.
	
	d.
	Da PNAS – SUAS em 2004.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 2
A rotina dos serviços às vezes extrapola e, geralmente, é solicitada pelos próprios usuários, não sendo identificada, inicialmente, pelo profissional ou pela instituição. A rotina é alterada por uma demanda:
	
	a.
	Reprimida.
	
	b.
	Emergencial.
	
	c.
	Programada.
	
	d.
	Manifestada.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 3
Aprender as várias expressões da questão social, projetar e propor formas de resistência e defesa da vida, construir respostas para as demandas, são novas formas de:
	
	a.
	Discutir o projeto ético-político.
	
	b.
	Enfrentamento da questão social.
	
	c.
	Exercitar a reflexão sobre a realidade social.
	
	d.
	Propor diretrizes e novas formas de gestão.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 4
As bases teórico-metodológicas são recursos que o assistente social aciona para:
	
	a.
	Repensar o fazer profissional.
	
	b.
	Exercer o seu trabalho.
	
	c.
	Cumprir o código de ética.
	
	d.
	Aprimoramento profissional.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 5
O Estado se retraiu na prestação de serviços básicos, devido ao enxugamento de suas responsabilidades, expandindo o terceiro setor, por meio de organizações não governamentais que acabam assumindo o papel do Estado. Que medidas provocaram a retração e o enxugamento de suas responsabilidades?
	
	a.
	Medidas empresariais.
	
	b.
	Medidas assistenciais.
	
	c.
	Medidas sociais.
	
	d.
	Medidas neoliberais.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 6
O assistente social pode participar da prestação de serviços sociais, redistribuição de riqueza via política pública etc. Essa perspectiva acontece na prestação de serviço:
	
	a.
	No setor público – Estado.
	
	b.
	No setor privado – empresas.
	
	c.
	No terceiro setor – ONG.
	
	d.
	Na prestação de serviço – autônomo.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
PERGUNTA 7
O atual projeto ético-político profissional do Serviço Social brasileiro tem a peculiaridade de se afirmar articulado ao processo de construção de uma contra hegemonia, pois faz a defesa:
	
	a.
	Do sistema capitalista.
	
	b.
	Do avanço do neoliberalismo e do recuo dos movimentos sociais.
	
	c.
	De uma sociedade justa, democrática e igualitária.
	
	d.
	Do autoritarismo político articulado à justiça social.
	
	e.
	De conjunturas sociais e políticas determinadas pelo capital internacional.
PERGUNTA 8
O profissional de Serviço Social deve estar comprometido com sua profissão e com o usuário. Cabe ao assistente social dar respostas além do:
	
	a.
	Normatizado.
	
	b.
	Simples acolhimento.
	
	c.
	Encaminhamento.
	
	d.
	Primeiro atendimento.
	
	e.
	Imediatismo.
PERGUNTA 9
O usuário quando procura um serviço apresenta uma demanda material e/ou social. Frente a isso, o profissional deve trabalhar pautado:
	
	a.
	Nas orientações do plantão.
	
	b.
	Nas normas da instituição.
	
	c.
	No código de ética profissional.
	
	d.
	Conforme determinação superior.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
PERGUNTA 10
Uma nova forma de gestão da questão social que na linha de desinstitucionalização se volta para o empenho da população na participação dos serviços prestados pelo Estado, podemos entender como:
	
	a.
	Priorização por gênero.
	
	b.
	Transposição dos serviços.
	
	c.
	Exercício do controle social.
	
	d.
	Gestão compartilhada.
	
	e.
	Terceirização dos serviços.
	
PERGUNTA 1
A utilização e/ou aplicabilidade da análise custobenefício pode darse nos três setores (primeiro, segundo ou terceiro setor) e, em qualquer um deles, a função é conseguir o maior grau de:
	
	a.
	Eficácia e rentabilidade.
	
	b.
	Eficiência e despesa.
	
	c.
	Eficácia e despesa.
	
	d.
	Eficiência e rentabilidade.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 2
Complete corretamente a frase abaixo. De acordo com Worthen (2004), _________________ é fundamental para a avaliação e os métodos que os avaliadores usam para coletar informações.
	
	a.
	A influência política.
	
	b.
	A entrevista individual.
	
	c.
	A coleta de dados.
	
	d.
	A observação.
	
	e.
	Nenhuma das anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 3
Complete corretamente a frase abaixo. Segundo Armani (2006, p. 58), ______________ “são conceituados como [...] um instrumento de medição usado para indicar mudanças na realidade social que nos interessa. Ele é uma ‘régua’ ou um padrão que nos ajuda a medir, avaliar ou demonstrar variações em alguma dimensão da realidade relevante para os objetivos de um determinado projeto. Eles fornecem evidências concretas do andamento das atividades, do alcance dos resultados e da realização dos objetivos de um projeto”.
	
	a.
	Instrumentais.
	
	b.
	Indicadores.
	
	c.
	Formulários.
	
	d.
	Entrevistas.
	
	e.
	Pesquisas.
0,3 pontos   
PERGUNTA 4
Complete corretamente a frase: A avaliação __________________ é muito rica, pois busca ser uma avaliação capaz de apreender o pluralismo social e perseguir dois objetivos centrais: incorporar os sujeitos implicados nas ações e desencadear um processo de aprendizagem social. Esse tipo de avaliação não se limita a conhecer informações e opiniões da coletividade envolvida nas redes, mas, por meio do ato do debate, da diversidade de opiniões, de valores e de expectativas, os sujeitos tornamse partícipes da avaliação e comprometidos com a ação.
	
	a.
	Formativa.
	
	b.
	Lógica dedutiva.
	
	c.
	Participativa.
	
	d.
	Lógica indutiva.
	
	e.
	Reflexiva.
0,3 pontos   
PERGUNTA 5
No campo filosófico e ideológico, o autor House citado por Worthen et al. (2004, p. 107) classifica as abordagens da avaliação em duas categorias: objetivismo e subjetivismo. No campo das preferências metodológicas e ações práticas, destacam-se as avaliações:
	
	a.
	Sistêmica e autoavaliação.
	
	b.
	De experimentação e mensuração.
	
	c.
	Qualitativa e quantitativa.
	
	d.
	Prospectiva e formativa.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 6
O marco lógico é um recurso para o planejamento e para a gestão de projetos, que facilita:
	
	a.
	O processo de avaliação.
	
	b.
	A avaliação estratégica.
	
	c.
	A análise econômica.
	
	d.
	Os custos e os benefícios.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 7
Quando se fala em avaliação em função dos destinatários, que autores elencam três destinatários que demandam informações diferenciadas?
	
	a.
	Cohen e Franco.
	
	b.
	Silva e Silva.
	
	c.
	Aguilar e Ander-Egg.
	
	d.
	Armani e Brant Carvalho.
	
	e.
	Nenhuma das anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 8
Quando um projeto, em sua execução, foi capaz de alcançar os objetivos e as metas propostas e o quanto foi capaz de cumprir os resultados previstos, dizemos que teve:
	
	a.
	Sucesso.
	
	b.
	Benefícios.
	
	c.
	Ações específicas.
	
	d.
	Eficácia.
	
	e.
	Nenhuma das alternativas anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 9
Que objetivo expressa o propósito geral do projeto, deixando claro a partir de que perspectiva ele se desenvolverá?
	
	a.
	Objetivo central.
	
	b.
	Objetivo geral.
	
	c.
	Objetivo específico.
	
	d.
	Objetivo comum.
	
	e.
	Nenhuma das anteriores.
0,3 pontos   
PERGUNTA 10
Um projeto envolve fases em seu processo de desenvolvimento. Qual é a fase que mostra o momento em que avaliadores

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.