TÉCNICAS VOCAIS PARA TERAPIA DE VOZ   MARA BEHLAU
60 pág.

TÉCNICAS VOCAIS PARA TERAPIA DE VOZ MARA BEHLAU


DisciplinaVoz Profissional48 materiais475 seguidores
Pré-visualização9 páginas
intermitente. In: Behlau M. 
organizador. O Melhor que vi e ouvi: III: atualização em laringe e voz. Rio de Janeiro: 
Revinter; 2001. p. 65. 
Pinho SMR. Tópicos em voz. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2001. p. 14- 15. 
Pinho SMR. Fundamentos em fonoaudiologia: tratando os distúrbios da voz. 2.ed. Rio 
de Janeiro: Guanabara Koogan; 2003. p. 34. 
 
Técnicas vocais para terapia de voz Pag. 9 
 
Técnica Vocal 
Técnica de Sons Fricativos 
Os sons fricativos são utilizados para direcionamento de fluxo aéreo, aumentar o 
tempo máximo de fonação, melhorar o apoio respiratório, suavizar ataques vocais e, no 
caso dos fricativos sonoros, proporcionar uma coaptação glótica melhor e de maneira 
suave. 
Variações: 
- Emissão de fricativos surdos (F, S, X) e/ou sonorous (V, Z, J) 
- Emissão em tempo máximo de fonação, surdos e sonoros 
- Emissão em unidades fonatórias 
- Emissão alternada surdos F...S...X ou sonoros V...Z...J 
- Emissão alternada surdo/sonoro S...Z...S...Z... ou F...V...F...V ou X...J...X...J 
 - Emissão em glissando 
Fontes consultadas: 
Aranda FSM, Lemos DCH. Disfonia: exercícios práticos e anatomia do aparelho 
fonador. 2. Ed. Rio de Janeiro: Revinter; 1995. p. 35. 
Behlau M, Pontes P. Avaliação e tratamento das disfonias. São Paulo: Lovise; 1995. p. 
222- 23. 
Behlau M. Técnicas vocais. In: Ferreira LP, Befi D, Limongi SCO. Tratado de 
fonoaudiologia. São Paulo: Roca; 2004. p. 42- 58. 
Behlau M. Voz o livro do especialista. volume II. Rio de Janeiro: Revinter; 2005. p. 459- 
60. 
Cielo CA, Darela H, Siqueira MA. Som fricativo sonoro [CD-ROM]. IN: XII Congresso 
Brasileiro de Fonoaudiologia; 2005. Santos. Anais. Santos: SBFa; 2005. 
 
Técnicas vocais para terapia de voz Pag. 10 
Ferreira LP. Um pouco de nós sobre voz. 5. ed. Carapicuíba: Pró-Fono; 2002. p. 46- 47. 
Kuhl G. Afonia psicogênica em paciente com paralisia de pregas vocais. In: Behlau M, 
Casper JK. organizador. O Melhor que vi e ouvi II: atualização em laringe e voz. Rio de 
Janeiro: Revinter; 2000. p. 52. 
Liechavicius C, Priston J. A importância da fisiologia aplicada à prática clínica: técnicas 
de sons fricativos. In: Ferreira LP, Befi D, Limongi SCO. Tratado de fonoaudiologia. São 
Paulo: Roca; 2004. p. 42- 58. 
Müller MM, Sarvat M. Disfonia psicogênica com sonoridade intermitente. In: Behlau M. 
organizador. O Melhor que vi e ouvi: III: atualização em laringe e voz. Rio de Janeiro: 
Revinter; 2001. p. 65. 
Pinho SMR, Pontes P. Músculos intrínsecos da laringe e dinâmica vocal. Rio de 
Janeiro: Revinter, 2008. p. 23, 54. 
Spina AL. Avaliação da qualidade vocal e dos efeitos da técnica de reabilitação com 
som fricativo sonoro prolongado após laringectomias parciais. In: Ferreira LP, Befi D, 
Limongi SCO. Tratado de fonoaudiologia. São Paulo: Roca; 2004. p. 42- 58. 
Spina AL. Avaliação da qualidade vocal e dos efeitos da técnica de reabilitação com 
som fricativo sonoro prolongado após laringectomias parciais [tese em CD-ROM]. São 
Paulo: SBFa; 2009. 
 
Técnicas vocais para terapia de voz Pag. 11 
 
Técnica Vocal 
Técnica de Sons Vibrantes 
A técnica de vibração pode ser realizada pela vibração da língua ou dos lábios, 
permitindo uma emissão suave e equilibrada, pois favorece o fechamento glótico. 
Ao se realizar a técnica de vibração é possível perceber intensa vibração de todo 
esqueleto laríngeo, o que proporciona relaxamento, reduzindo o esforço fonatório. Além 
disso, ocorre também mobilização da mucosa das pregas vocais. 
Variações: 
- Vibração sonorizada de lábio ou língua ou lábio e língua, simultaneamente 
- Emissão em tempo máximo de fonação 
- Emissão em unidades fonatórias 
- Vibração de lábio ou língua em glissandos, escalas e estacato 
Fontes consultadas: 
Behlau M, Pontes P. Avaliação e tratamento das disfonias. São Paulo: Lovise; 1995. p. 
223- 25. 
Behlau M. Técnicas vocais. In: Ferreira LP, Befi D, Limongi SCO. Tratado de 
fonoaudiologia. São Paulo: Roca; 2004. p. 42- 58. 
Behlau M. Voz o livro do especialista. volume II. Rio de Janeiro: Revinter; 2005. p. 460- 
63. 
Rechenberg L, Behlau M. Estudo comparativo do efeito das técnicas de vibração 
sonorizada de lábios e de língua através de análise acústica. In: Behlau M, Mattos ATN, 
Gasparini G. organizador. A voz do especialista. volume III. Rio de Janeiro: Revinter, 
2006. p. 103- 115. 
Britto DBO, Azevedo LL, Passaglio KT, Rossetti MB, Silva CB, Oliveira BFV, Costa RC. 
Avaliação da performance vocal antes e após a vibração sonorizada de Língua. In: XVII 
 
Técnicas vocais para terapia de voz Pag. 12 
Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia [online]; 2009. Salvador. Anais eletrônicos. 
Salvador: SBFa; 2009 [citado 2010 Abr 30]. Disponível em: URL: http:// 
www.sbfa.org.br. 
 
Cunha MG, Pacheco COLC, Menezes MHM, Ubrig MT. A eficácia da vibração 
sonorizada de língua da emissão do som nasal /m/ em pacientes com nódulos de prega 
vocal: estudo comparativo [CD-ROM]. In: XIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia; 
2005. Santos. Anais. Santos: SBFa; 2005. 
 
Dsouza MM, Masson MLV. O efeito da técnica de vibração em indivíduos disfônicos. In: 
XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia [online]; 2009. Salvador. Anais 
eletrônicos. Salvador: SBFa; 2009 [citado 2010 Abr 30]. Disponível em: URL: http:// 
www.sbfa.org.br. 
 
Ferreira LP. Um pouco de nós sobre voz. 5. ed. Carapicuíba: Pró-Fono; 2002. p. 46-47, 
73. 
Kuhl G. Afonia psicogênica em paciente com paralisia de pregas vocais. In: Behlau M, 
Casper JK. organizador. O Melhor que vi e ouvi II: atualização em laringe e voz. Rio de 
Janeiro: Revinter; 2000. p. 52. 
Maffei C, Gonçalves MIR, Biases NG. Avaliação laringológica e perceptivo-auditiva 
vocal nas fases pré e pós-aplicação da técnica de vibração sonora de pregas vocais na 
leucoplasia plana. Fono atual [online]. 2004, [citado 2010 Abr 30]; 7(28): 52-57. 
Disponível em: URL: http://bases.bireme.br/cgi-
bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS&lang=p&n
extAction=lnk&exprSearch=417496&indexSearch=ID 
Menezes MH, Ubrig MT, Pacheco COLC, Cunha MG. A eficácia da vibração sonorizada 
de língua em pacientes com fibrose de pregas vocais [CD-ROM]. In: XIII Congresso 
Brasileiro de Fonoaudiologia; 2005. Santos. Anais. Santos: SBFa; 2005. 
 
Menezes MHM, Nascimento MPS, Mendes R. A interferência do treinamento na 
realização do exercício de vibração sonorizada de língua. In: XVII Congresso Brasileiro 
de Fonoaudiologia [online]; 2009. Salvador. Anais eletrônicos. Salvador: SBFa; 2009 
[citado 2010 Abr 30]. Disponível em: URL: http:// www.sbfa.org.br. 
 
Técnicas vocais para terapia de voz Pag. 13 
Menezes MHM. O Tempo de execução como variável dos efeitos da técnica de 
vibração sonorizada de língua [tese em CD-ROM]. São Paulo: SBFa; 2009. 
Müller MM, Sarvat M. Disfonia psicogênica com sonoridade intermitente. In: Behlau M. 
organizador. O Melhor que vi e ouvi: III: atualização em laringe e voz. Rio de Janeiro: 
Revinter; 2001. p. 65. 
Nascimento MPS, Mendes R, Menezes MHM. Respostas vocais após sete minutos de 
realização do exercício de vibração sonorizada de língua em indivíduos normais 
treinados e não- treinados. In: XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia [online]; 
2009. Salvador. Anais eletrônicos. Salvador: SBFa; 2009 [citado 2010 Abr 30]. 
Disponível em: URL: http:// www.sbfa.org.br. 
 
Pastrello VC, Behlau M. Exercício de vibração sonora e sustentada de lábios em 
indivíduos acima de 60 anos: análise perceptivo-auditiva da qualidade vocal. In: XVI 
Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia [online]; 2008. Campos do Jordão. Anais 
eletrônicos. Campos do Jordão: SBFa; 2008 [citado 2010 Abr 30]. Disponível em: URL: 
http:// www.sbfa.org.br. 
Pinho SMR. Tópicos em voz. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. p. 3-4, 8-9. 
Pinho SMR. Fundamentos
Noemi
Noemi fez um comentário
Otimo material
0 aprovações
Barbara
Barbara fez um comentário
haveria a possibilidade de enviar por email?
0 aprovações
Graciele
Graciele fez um comentário
Esse material e ótimo parabéns
1 aprovações
Carregar mais