Aula 04 - Fatores Ergonômicos Básicos
8 pág.

Aula 04 - Fatores Ergonômicos Básicos


DisciplinaProjeto Interdisciplinar L20 materiais160 seguidores
Pré-visualização4 páginas
3/20/14 
1 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
Fatores Ergonômicos 
Básicos 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Requisitos do projeto 
\u2022\u202f Relativos à tarefa, segurança, conforto, estereótipo 
popular, envoltórios de alcances físicos, postura, 
aplicação de forças e materiais. 
\u2022\u202f Ações de Manejo 
\u2022\u202f Conceituação e definição das ações de movimentos 
realizados pelo usuário (envolvendo seu corpo: 
principalmente braços-mãos e pernas-pés) 
\u2022\u202f Ações de Percepção 
\u2022\u202f Ações relativas aos sistemas de comunicação e 
informação envolvendo os órgãos dos sentidos dos 
usuários. 
Fatores Ergonômicos Básicos 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f São as diversas qualidades desejadas, a 
priori, para a materialização de um produto. 
\u2022\u202f Abrange sua concepção, as fases de 
desenvolvimento do projeto e, 
eventualmente, alcança até sua fabricação 
ou confecção. 
 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
Requisitos do Projeto 
\u2022\u202f Tarefa 
\u2022\u202f Conjunto de ações humanas que torna 
possível um sistema atingir um objetivo (é o 
que faz funcionar o sistema). 
\u2022\u202f Conceito: função de uso na sua maneira mais 
elementar 
\u2022\u202f Análise dos passos para fazer o produto 
funcionar ou dele usufruir vantagens práticas, 
estéticas, psicológicas, etc. envolvendo mais 
o estudo das ações do que a descrição do 
procedimento de uso. 
 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Tarefa 
\u2013\u202f Definição do projeto do produto em termos 
\u2022\u202f Operacionais 
\u2022\u202f Funcionais 
\u2022\u202f Ergonômicos 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Problemas Ergonômicos da Tarefa 
\u2013\u202f Dificuldades na utilização do produto 
\u2013\u202f Características antropométricas 
\u2013\u202f Gênero (homem ou mulher) 
\u2013\u202f Grau de instrução 
\u2013\u202f Experiência anterior 
\u2013\u202f Idade 
\u2013\u202f Habilidades especiais 
Requisitos do Projeto 
3/20/14 
2 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Segurança 
\u2013\u202f Condição daquilo em que se pode confiar 
\u2013\u202f Utilização segura e confiável dos objetos 
\u2013\u202f Características: 
\u2022\u202f Funcionais 
\u2022\u202f Operacionais 
\u2022\u202f Perceptíveis 
\u2022\u202f De montagem 
\u2022\u202f De fixação 
\u2022\u202f De sustentação 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Segurança 
\u2013\u202f Depende sempre do tipo e natureza do objeto 
\u2013\u202f Pode ser condição: 
\u2022\u202f Crucial 
\u2022\u202f Relativa 
\u2022\u202f Inexistente 
\u2013\u202f Pensa-se neste fator de acordo com a sua 
importância 
 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Problemas Ergonômicos de Segurança 
\u2013\u202f Proteção 
\u2022\u202f Dispositivos mecânicos, 
\u2022\u202f Eletroeletrônicos 
\u2022\u202f Pneumáticos 
\u2022\u202f Hidráulicos 
\u2022\u202f Térmicos 
\u2022\u202f Sonoros, etc. 
\u2013\u202f Projetos mal resolvidos 
\u2013\u202f Indução ao erro humano 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Conforto 
\u2013\u202f Condição de comodidade e bem-estar 
\u2013\u202f Sensação de bem-estar, comodidade e 
segurança percebida 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Problemas Ergonômicos de Conforto 
\u2013\u202f Difícil de qualificar e quantificar 
\u2013\u202f Condições ou situações de uso dos objetos 
\u2013\u202f Fadiga 
\u2013\u202f Doenças 
\u2013\u202f Constrangimentos ao organismo 
\u2013\u202f Atrelado ao fator segurança 
\u2013\u202f Condições subjetivas, 
\u2013\u202f Físicas, 
\u2013\u202f Psicológicas 
\u2013\u202f Experiência de vida 
Requisitos do Projeto 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Estereótipo Popular 
\u2013\u202f Práticas de uso consagradas 
\u2013\u202f Movimento esperado pela maioria das pessoas 
\u2013\u202f Operações de dispositivos de manejo, controle e 
leitura 
Requisitos do Projeto 
3/20/14 
3 
Pr
of
ª.
	
  G
he
ys
a	
  
C.
	
  P
ra
do
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  	
  	
  
	
  E
rg
on
om
ia
	
  
\u2022\u202f Estereótipo Popular 
\u2013\u202f Padrão esperado: