Discursivas de HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PEDAGOGIA
7 pág.

Discursivas de HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PEDAGOGIA


DisciplinaHistória da Educação e Pedagogia226 materiais2.147 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Discursivas história da educação
1 A partir da leitura do parágrafo abaixo, produza um texto claro e sucinto
acerca da importância da disciplina História da Educação para o curso de
Pedagogia. 
 \u201cO significado de educação esta intimamente ligado à visão de mundo, de sociedade e 
de homem adotada e que permeie determinada sociedade em determinado tempo. 
Assim sendo, a prática educativa não é uma prática neutra, ou seja, possui um inegável 
natureza política. Não é uma prática desinteressada, desligada das relações de poder e 
de dominação. Uma educação comprometida com as relações de poder pode colaborar 
para a preservação de uma sociedade injusta, que promove a aprofunda as
desigualdades\u201d(NABÃO, Textos para fins didáticos).
R: O conhecimento dos fatos históricos nos permite entender a realidade atual de 
forma a se ter uma noção do que está para vir e, assim, evitar possíveis problemas. É 
aí que reside a importância deste tópico para a sua formação. O conhecimento da 
evolução histórica da educação brasileira, bem como esclarecer conceitos e 
palavras chave para a sua formação, como \u201csistema\u201d e \u201csistema escolar\u201d, além de 
esclarecer alguns dos principais motivos que levaram à atual estrutura administrativa e 
didática do sistema, entre outros aspectos relevantes. Ao longo de sua história, a 
educação passa por grandes transformações em sua metodologia e também na forma 
de transmissão e assimilação de conhecimento. Somente a partir da proclamação da 
República, em 1889, que a educação começou a ser mais valorizada, dando início ao 
seu processo de desenvolvimento. A partir de então passou a ser mantida pelo poder 
público, tornou-se obrigatória a todos e foi vista como uma forma de mobilidade social.
No século XX muitas mudanças e conquistas aconteceram na área da educação, mas
até hoje, século XXI, luta-se por escolas de boa qualidade a todos.
 2 - Apos observar a figura abaixo e ler o parágrafo a seguir elabore um texto
claro, coerente e sucinto acerca do tipo de educação existente entre os povos
primitivo, nômades e/ou caçadores/coletores.
Fonte: Disponivel em :<<http://peregrinacultural.wordpress.com>>.Acesso em
4 mar.2013.
\u201c Os nômades, povo caçador e coletor por escelência, viviam em
comunidades tribais de forma coletiva, ou seja, não conheciam propriedade
privada nem as riquezas particulares, portanto não conheciam a arte da
guerra. Não conhecendo a guerra, também não conheciam a necessidade da
disciplina imposta pela mesma. Talvez por isso faltava-lhes disciplina em
outros aspectos de vida. O próprio gênero da vida ( nômade, caçador e
coletor) é por si só um gênero instável que não requer muita ordem disciplina,
sugerindo que a formação e o estabelecimento de hábitos morais e
intelectuais mais rígidos não tenham sido muitos cultivados. No entanto,
neste período da Pré-História, no Paleolítico, as pinturas rupestres são
consideradas mais notável principalmente as cavernas de Altamira, na
Espanha.\u201d (NABÃO,M.T.P.., Texto para fins didáticos).
R: A Educação era Informal: para sobrevivência; natural, espontânea; por
imitação.
3- A partir da observação das figuras abaixo e leitura do parágrafo a seguir
você deverá elaborar um texto claro, coerente e sucinto acerca do tipo de
educação existente em Atenas e em Esparta.
\u201cEngana-se quem acredita na existência de um ideal de educação
universalmente partilhado, que possa ser adotado por todas as sociedades.
Sabemos que este ideal muda ao longo do tempo e que sempre está em
conformidade com os ideias sociais, econômicos, políticos de determinada
sociedade em determinado tempo. O exemplo de Atenas e Esparta na Grécia
Antiga é emblemático: convivendo no mesmo período histórico, (entre os séculos VII e 
IV a.C.), temos a existência de dois modelos opostos (NABÃO,
Textos para fins didáticos). Gravuras
Pintura á óleo tendo Péricles Acampamento de guerreiros
na Ágora Ateniense, e a Acrópole em Esparta. no Fundo.Imagens em 
:http://www.google.com.br/imagres?q=sociedade+espartana&um=1&hi=pt-
R: O período intitulado de Antiguidade Clássica grega é muito longo, portanto a 
educação, bem como a sociedade, assumiu formas diferentes no decorrer do tempo. 
Em Esparta, por exemplo, a educação assume um papel de preparação para a guerra, 
enquanto que em Atenas assume um papel mais intelectual.
4 A partir da leitura do parágrafo abaixo, produza um texto claro e sucinto
acerca da importância da disciplina História da Educação para o curso de
Pedagogia.
\u201cO significado de educação está intimamente ligado à visão de mundo, de
sociedade e de homem adotada e que permeia determinada sociedade em
determinado tempo. Assim sendo, a prática educativa não é uma pratica
neutra, ou seja, possui uma inegável natureza política. Não é uma prática
desinteressada, desligada das relações de poder e de dominação. Uma
educação comprometida com as relações de poder pode colaborar para a
preservação de uma sociedade injusta, que promove e aprofunda as
desigualdades\u201d (NABÃO, Textos para fins didáticos).
R: A história da educação é de suma importância para a formação pedagógica.
Primeiro: para que possamos resolver os problemas atuais, é preciso entender o
passado que nada mais é do que a história deste problema, como, onde e quando
surgiu. Por exemplo, cada aluno tem histórias de vida diferente que precisa ser 
analisada e entendida para que possamos compreendê-lo e adequá-los ao nosso modo 
de trabalho.
Segundo: para aprender a relativizar as ideias e as propostas educativas e
principalmente a percebê-las no tempo certo, tornando aliadas em nosso cotidiano.
Como estamos rodeados de \u201cmodismos\u201d por todos os lados temos que fazer uma
avaliação desses e torna-los aliados do estudo e da aprendizagem do aluno. Terceiro; 
a história estimula o educador a ter uma visão crítica e reflexiva,ampliando a
memória e a experiência, o que permite um maior repertório e uma extrema
diversidade do passado.
É indispensável ao educador o conhecimento, a memória e a sede de aprender, para
que assim ele sempre busque mais e mais aperfeiçoar seu modo de trabalho.
Enfim; possibilita que o educador tenha uma noção em relação à história da educação
e sua trajetória em várias épocas, a formação de educadores críticos, de uma visão
ampla, não ficando restritas ao ambiente escolar, mas sim vê a escola como parte da
sociedade e em que ela é afetada.
Saber o porquê a educação ser como é hoje. O que mudou, porque mudou.
Conhecer as dificuldades que a educação enfrentou, nos diferentes períodos
históricos e que refletem na educação atual.
Mostrando que fazemos parte da história e que podemos alterar o futuro. Para
podermos direcionar os alunos a serem formadores de opiniões.
5 A literatura disponível acerca do Antigo Egito informa-nos que ali foi o
\u201cberço\u201d de toda educação e cultura do mundo atual. Era uma sociedade
fortemente marcada pelas desigualdades sociais e com pouca mobilidade
social. Entre eles, a ideia de trabalho manual era pouco considerada. De forma
geral, esse trabalho era percebido como menor, inferior, desgastante, em
contraposição ao trabalho intelectual, muito bem considerado, tudo como
superior.( NABÃO, M. T. P. Textos para fins didáticos).
Qual era a forma de ascensão social? Ou seja, que profissão era valorizada?
R: O escriba do Antigo Egito era um perito na escrita em um tempo e lugar em
que bem poucos detinham esse conhecimento. Além de funcionário da
administração, ele era mestre dos filhos das castas dominantes, e também dos filhos 
dos reis e faraós. A profissão de escriba se apresentava aos jovens
e à sociedade em geral como extremamente promissora e vantajosa, portanto,
era claramente uma forma de ascensão social
6 A partir do conhecimento da realidade social e econômica do Brasil
Colonial ,quais as características da Educação que se estabeleceram neste
período?
R: No período colonial, a educação refletiu a organização de uma sociedade
completamente