Buscar

SCG SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS 2018 MOD 52 PEDAGOGIA

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 8 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

SEMANA DE CONHECIMENTOS GERAIS - 2018B
Período:12/06/2018 22:30 a 01/07/2018 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ABERTO
Nota máxima:1,00
Gabarito:Gabarito será liberado no dia 03/07/2018 00:00 (Horário de Brasília)
Nota obtida:
1ª QUESTÃO
O Banco Mundial, em um dos itens da proposta de reforma educacional, destaca a valorização, a
descentralização e a autonomia das instituições escolares por seus resultados. Uma perspectiva de
descentralização pode ser encontrada na Lei de Diretrizes e Bases (LDB). A LDB é um marco para a
educação brasileira, propôs mudanças significativas em relação às leis anteriores. O artigo 9º da LDB
estabelece que a educação infantil, ensino fundamental e médio devem ser estabelecidos em colaboração
com os Estados, o Distrito Federal e os municípios. Estes, por sua vez, nortearão os currículos e os
conteúdos mínimos, incluindo o processo de avaliação do rendimento escolar. Com este embasamento, o
governo federal elaborou a base nacional de parâmetros curriculares, que teve como objetivo oferecer uma
referencial curricular nacional. Mesmo com esse estabelecimento, é enfatizado um caráter flexível dessa
proposta, dando ênfase à descentralização, de modo que as escolas têm liberdade para elaborar seu
projeto pedagógico.
  
ATMANN, Helena. Influências do Banco Mundial no projeto educacional. São Paulo, 2002.
 
 Considerando o texto acima e a importância da Lei de Diretrizes e Bases e autonomia das instituições, a
seguir, analise as informações.
 
I. A Lei de Diretrizes e Bases foi responsável pela modificação de leis educacionais anteriores, sendo de
grande importância para a elaboração da base nacional curricular.
 II. A autonomia das instituições é fundamental para essas medirem seus resultados.
 III. É importante a dimensão de a escola ter liberdade, pois ela pode elaborar seu projeto pedagógico de
acordo com sua demanda.
 IV. A autonomia das instituições, de acordo com a LDB, é desnecessária, visto que todas as escolas devem
seguir o projeto pedagógico elaborado pela base, sem liberdade para alterações mais personalizadas.
 
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I e II, apenas.
I, II e III, apenas.
II e III, apenas.
II, III e IV, apenas.
I, II, III e IV.
2ª QUESTÃO
Em tempos distantes da sociedade contemporânea, no processo civilizatório da humanidade, o
relacionamento com o outro era estabelecido a partir do conflito das identidades coletivas, ou seja, o meu
povo contra um outro povo. Ao pertencer a um povo, o sentimento de pertencimento gerava um
estranhamento entre as identidades. No geral, a busca pela sobrevivência do grupo coletivo, o impulso da
dominação e a busca por recursos geravam um contato com outras identidades. A guerra é a expressão
deste confronto tido como natural, uma natureza primária que envolve o nascimento, a vida e a morte. A
violência como algo natural foi explicada pelos humanos como decorrente da atuação transcendental dos
Deuses. São tentativas de explicar os conflitos e as guerras, tentando humanizá-las e dar sentido a algo
inteligível.
  
MOTTA, Ivan Dias da. A (In) Tolerância Social Na Sociedade de Consumo: reflexões sobre possível chaves
de compreensão. 2018.
 
Considerando o texto acima e as relações entre o processo civilizatório e a sociedade contemporânea,
avalie as afirmações abaixo.
 
I. O processo civilizatório foi marcado pelo contato pacífico entre os indivíduos. O estranhamento é algo da
sociedade contemporânea.
 II. A violência, o conflito e a guerra são resultados da busca pela sobrevivência e dominação de outros
povos. 
 III. O estranhamento entre povos com identidades diferentes é encontrado ainda na sociedade atual. 
 IV. O estranhamento é sinônimo de violência, pois, ao estranhar algo, os humanos praticam atos violentos
para proteger o seu grupo social e sua identidade.
  
 É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I e II, apenas.
I, II e III, apenas.
II e III, apenas.
II, III e IV, apenas.
I, II, III e IV.
3ª QUESTÃO
O aumento de documentos referentes à reforma educacional, implantada pelo Ministério da Educação no
século XX, mobilizou pesquisadores de diferentes áreas da educação sobre este tema. O objetivo foi
compreender o conteúdo da reforma e os mecanismos desenvolvidos na difusão dessa nova proposta.
Pensando essa guinada de análise, é necessário desenvolver parâmetros teórico-metodológicos para dar
subsídio a uma análise da política presente nos conteúdos e discursos desses documentos, tanto dos
organismos nacionais como internacionais. 
 Observar e acompanhar as publicações nacionais e internacionais sobre política educacional dos últimos
quinze anos permite constatar a transformação dos discursos nas instituições. Logo no início dos anos de
1990, o discurso predominante no cenário educacional estava relacionado à qualidade, a produtividade, a
competência, a eficiência e à eficácia. No final da mesma década, ocorreu uma guinada pelo viés
economicista, objetivando um cenário mais humanitário na política educacional, impulsionada pela ênfase
na justiça, na coesão social, na inclusão, na oportunidade e segurança.
  
SHIROMA, Eneida Oto; CAMPOS, Roselane Fátima; GARCIA, Rosalba Maria Cardoso. Decifrar textos para
compreender a política: subsídios teórico-metodológicos para análise de documentos. Florianópolis, 2005.
  
Considerando a análise dos textos educacionais, a seguir, avalie as situações propostas e assinale V para
Verdadeiro e F para Falso:
 
I. Analisar os textos educacionais permite compreender as mudanças no decorrer das décadas.
 II. Os textos podem ser analisados a partir das publicações nacionais e internacionais sobre política
educacional. Isso permitirá constatar as transformações das últimas décadas.
 III. O discurso da política educacional nacional e internacional está presente na redação dos textos
educacionais.
 IV. No início dos anos de 1990, o discurso predominante no cenário educacional estava relacionado a um
viés economicista.
  
 As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:
ALTERNATIVAS
V, V, F, F.
F, F, V, V.
F, V, V, F.
V, F, F, V.
V, V, V, F.
4ª QUESTÃO
A tolerância pode ser analisada como traço da consciência e da personalidade humana, incluída na
racionalidade e na ética, o que significaria que os seres humanos possuem fortemente identidade e senso
de pertencimento. Por conta dessas duas características, os indivíduos conseguiriam se diferenciar do
outro e, ao mesmo tempo, dar sentido ao outro indivíduo com o qual estabelece contato e relacionamento,
de modo que aqueles humanos tolerantes, a partir da sua identidade e do seu pertencimento, seriam
capazes de agir de forma amistosa na convivência e dariam significados à agressão e à violência.
  
MOTTA, Ivan Dias da. A (In) Tolerância Social Na Sociedade de Consumo: reflexões sobre possível chaves
de compreensão. 2018.
 
 Assim, com base nesta informação, analise as asserções abaixo e a relação proposta entre elas.
 
I. A tolerância é algo presente na consciência e na personalidade humanas, sendo que mesmo possuindo
identidade e sentimento de pertencimento que se diferenciam uns dos outros, os humanos podem ser
tolerantes ao encontrar outros, diferentes de si.
  
 PORQUE
  
 II. Ao demonstrar tolerância, os humanos podem dar significado à ação, ao comportamento e presença de
outros indivíduos, podendo agir de forma amistosa. 
  
 A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições falsas.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa correta da I.
5ª QUESTÃO
A LDB estabeleceutambém a criação do Plano Nacional de Educação (PNE), em 09 de janeiro de 2001,
através da Lei nº 10172. O PNE é um documento elaborado a cada dez anos, com objetivo de estabelecer
metas, incentivar e impulsionar a elaboração de propostas relacionadas à educação em nosso país, para
que estas sejam cumpridas dentro do prazo estabelecido. O PNE é atrelado às demandas da LDB, e na
última elaboração de seu documento foram estabelecidas algumas metas para a educação do nosso
país. Suas diretrizes são as seguintes: I - erradicação do analfabetismo; II - universalização do atendimento
escolar; III - superação das desigualdades educacionais; IV - melhoria da qualidade do ensino; V - formação
para o trabalho; VI - promoção da sustentabilidade socioambiental; VII - promoção humanística, científica e
tecnológica do País; VIII - estabelecimento de meta de aplicação de recursos públicos em educação como
proporção do produto interno bruto; IX - valorização dos profissionais da educação; X - difusão dos
princípios da equidade, do respeito à diversidade e a gestão democrática da educação. A partir do
panorama das metas estabelecidas nas diretrizes do PNE, podemos identificar que todos os pontos estão
direcionados para a ampliação de um modelo de educação. Essas questões estão diretamente
relacionadas com as políticas públicas, pois para que os alunos ingressem na escola e permaneçam nela,
são necessários amparos que fogem do alcance dos educadores. Por exemplo: alunos que vivem em um
contexto social de vulnerabilidade dependem de políticas públicas que impulsionem o acesso à escola e
que garantam a permanência no ambiente escolar. A proposta do PNE também engloba questões
relacionadas à educação superior: políticas de expansão da educação superior, não ampliação de recursos
do governo federal para essa modalidade de ensino, medição da qualidade por meio de sistema de
avaliação e ênfase no papel da educação à distância.
  
Considerando o texto acima e as informações sobre o Plano Nacional de Educação, avalie as afirmações a
seguir, considerando V para Verdadeiro e F para Falso.
 
I. O Plano Nacional de Educação é elaborado a cada dez anos, com o objetivo de estabelecer metas e
impulsionar a educação.
 II. O Plano Nacional de Educação engloba amplas questões relacionadas à educação, entre elas, a
educação superior.
 III. No âmbito no ensino superior, o governo federal é responsável pela ampliação de recursos para essa
modalidade de ensino.
 IV. O PNE inclui na sua pauta a ênfase no papel da educação a distância.
  
 As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:
ALTERNATIVAS
V, V, F, F.
F, F, V, V.
F, V, V, F.
V, V, F, V.
V, V, V, F.
6ª QUESTÃO
Um traço marcante da modernidade foi a conquista dos direitos humanos, contudo, persiste como desafio
em curso a concretização desses direitos nas práticas das sociedades. Em se tratando do Brasil, a
Constituição de 1988 tem como fundamento a dignidade da pessoa humana, mas, ao mesmo tempo, o
contexto de: 
 
. . .
pós-modernidade entra em conflito com o valor do ser humano, pois o provisório, o inconstante e relativo
seriam características marcantes de nosso tempo. Assim, o relativismo aponta a inexistência de um valor
absoluto, de modo que podemos nos questionar se diante desse cenário o sentido da humanidade estaria
se perdendo, uma vez que vivemos o período histórico em que as pessoas estão mais conectadas e
também mais isoladas, dado que a tecnologia, com seus aparelhos e redes sociais, causa nos indivíduos
uma sensação de unidade, mas também gera o distanciamento social face a face.
  
MOTTA, Ivan Dias da. A (In) Tolerância Social Na Sociedade de Consumo: reflexões sobre possível chaves
de compreensão. 2018.
  
Considerando as relações entre os direitos humanos, as sociedades contemporâneas e as relações
humanas na pós-modernidade, analise as afirmações a seguir.
 
I. Os direitos humanos foram uma conquista da sociedade moderna, porém, sua efetivação na prática é algo
ainda a ser consolidado.
 II. A contemporaneidade é marcada por sujeitos com ações e comportamentos inconstantes, provisórios e
relativos.
 III. As ações e comportamentos dos indivíduos na pós-modernidade nos levam a questionar se estamos
perdendo a humanidade. 
 IV. A tecnologia é algo positivo, permite aos indivíduos sentirem-se pertencentes a uma unidade e, ao
mesmo tempo, gera aproximação social.
  
É correto o que se afirma em:
  
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II e III apenas.
I, II e III apenas.
II, III e IV apenas.
I, II, III e IV.
7ª QUESTÃO
Estudos sobre tolerância apontam que escolaridade e idade são fatores definidores do comportamento dos
indivíduos. O nível de escolarização tende a causar efeito positivo sobre a segurança psicológica e adesão
às normas democráticas por conta da capacidade de decodificação da política e de estabelecimento de
interesse pela própria política, enquanto a vivência sob regimes políticos distintos do democrático remete o
indivíduo a avaliações sobre suas experiências políticas, sendo a democracia melhor avaliada do que outros
regimes.
 
Com base nesse contexto, analise as asserções abaixo:
  
 I. Indivíduos que foram socializados sob o autoritarismo têm maior aversão a regimes dessa natureza por
terem vivido a privação dos direitos políticos e civis.
  
 PORQUE
  
 II. As gerações mais velhas apoiam menos os princípios liberais da democracia que as gerações mais
novas.
  
 A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
  
  
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.
8ª QUESTÃO
As questões sociais tornaram-se essenciais para o Banco Mundial, o objetivo é garantir o equilíbrio
econômico dos países que estão em desenvolvimento. De acordo com o presidente do Banco Mundial, a
justiça social é uma questão tão importante quanto o crescimento econômico. Em curto prazo, pode-se ter
a desigualdade social, mas em longo prazo podemos ter uma sociedade estável. Em sua visão, para que
isso ocorra é necessário criar oportunidades para que os indivíduos pobres consigam se desenvolver. O
caminho é o investimento em educação e na reforma agrária. Desde os anos de 1990, o Banco Mundial
declara como principal objetivo o ataque à pobreza. Suas duas principais recomendações são: o aumento
do número de vagas de trabalho para as pessoas e o fornecimento de serviços básicos, em especial a
saúde, o planejamento familiar, a alimentação e a educação. Nesta perspectiva, o Banco Mundial considera
o investimento em educação a melhor forma de aumentar os recursos das pessoas sem acesso. A
educação seria uma medida compensatória para proteger os pobres e situações de tensão no setor social.
  
ATMANN, Helena. Influências do Banco Mundial no projeto educacional. São Paulo, 2002.
  
  Sabendo os objetivos do Banco Mundial, avalie as afirmações a seguir, considerando V para Verdadeiro e
F para Falso.
 
I. O Banco Mundial, desde os anos de 1990, vem atacando a pobreza. Isso significa acreditar que os
problemas sociais advêm da pobreza. A sugestão do presidente do Banco é a diminuição do trabalho e o
corte de verbas nos serviços básicos.
 II. O Banco Mundial considera as questões sociais de grande importante e vê o investimento em educação
como uma maneira das pessoas terem recursos.
 III. O crescimento econômico, na visão dessa instituição, é mais importante que a justiça social, pois são as
dimensões econômicas que podem dar acesso aos pobres.
 IV. A proteção aos pobres e as situações de tensão no setor social serão amenizadas quando o Banco
Mundialregularizar a dívida externa do Brasil. Assim, a justiça social ocorrerá juntamente com o
crescimento econômico.
   
 As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:
ALTERNATIVAS
F, V, F, F.
F, F, V, V.
F, V, V, F.
V, F, F, V.
V, V, V, F.
9ª QUESTÃO
Multicultural é um termo que se refere às características sociais e aos problemas de governabilidade
encontrados nas sociedades em que convivem diferentes comunidades culturais, que, por sua vez, tentam
construir uma vida em comum, ao mesmo tempo em que mantêm sua identidade original. Já o
multiculturalismo refere-se às estratégias e políticas adotadas para governar e resolver problemas
relacionados a sociedades multiculturais. Nessa perspectiva, o multiculturalismo crítico privilegia a
transformação das relações culturais e sociais institucionais, na qual os significados são construídos e se
defende que a diversidade deve ser assegurada no âmbito de uma política crítica, gerando compromisso
com a justiça social. O multiculturalismo crítico adota uma agenda política transformadora, reconhece as
representações de raça, etnia, classe e gênero como resultado de lutas sociais maiores por significados.
Reconhece a importância de promover discussões sobre poder, capitalismo, política e questões raciais.
  
Disponível em: <http://www.curriculosemfronteiras.org/vol8iss1articles/pansini_neneve.pdf>. Acesso em:
02 jun. 2018.
 
 Considerando os conceitos sobre multiculturalismo, a seguir, avalie as situações propostas e assinale
V para Verdadeiro e F para Falso.
 
I. O multiculturalismo diz respeito a questões relacionadas à governabilidade para resolver problemas de
uma única sociedade.
 II. O multiculturalismo crítico defende que a diversidade não deve ser assegurada no âmbito da política,
ressaltando que a justiça social é prioridade dos direitos humanos.
 III. O multiculturalismo crítico tem dimensões que englobam uma agenda política de transformação,
reconhecendo amplas questões sociais como resultados de lutas sociais.
 IV. Ao tratar de multiculturalismo, nos referimos a questões de sociedades multiculturais.
  
 As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:
ALTERNATIVAS
V, V, F, F.
F, F, V, V.
F, V, F, V.
V, F, F, V.
V, F, V, F.
10ª QUESTÃO
O multiculturalismo pode ser visto como solução para os problemas que envolvem a presença de diversos
grupos raciais e étnicos em países onde existe uma cultura dominante. Para isso, o multiculturalismo não
pode ser separado das relações de poder, pois, antes de qualquer coisa, essas diferentes culturas raciais,
étnicas e nacionais são obrigadas a conviver no mesmo espaço. Dessa maneira, podemos compreender o
multiculturalismo como um termo que engloba amplas questões, porém, sempre voltadas para a
valorização da pluralidade cultural. O objetivo é buscar novas possibilidades e perspectivas de
transformação nos espaços sociais, culturais e organizacionais.
  
Disponível em: <http://www.curriculosemfronteiras.org/vol8iss1articles/pansini_neneve.pdf>. Acesso em
02 jun. 2018.
  
Considerando as informações acima, avalie as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.
  
 I. O multiculturalismo está relacionado a formas de dominação. Para isso, tem conexões com as relações
de poder, objetivando dividir as culturas raciais, étnicas e nacionais, pois assim conseguirá relações
culturais harmônicas.
  
 PORQUE
  
 II. O multiculturalismo está relacionado a questões que valorizam a pluralidade cultural. Seu principal
objetivo é transformar espaços sociais, culturais e organizacionais. Assim, culturas diferentes podem
conviver em um mesmo espaço.
  
 A respeito das asserções, assinale a opção correta.
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma proposição correta da I.
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
As asserções I e II são proposições falsas.