PEDAGOGIA HOSPITALAR(1).pdf
14 pág.

PEDAGOGIA HOSPITALAR(1).pdf


DisciplinaPedagogia114.096 materiais654.460 seguidores
Pré-visualização6 páginas
PEDAGOGIA HOSPITALAR 
 
 1a Questão (Ref.: 1064232) Pontos: 1,00 / 1,00 
Segundo Wallon (1975), uma das formas de expressão preferidas das crianças, é revelador de pensamentos 
porque também é uma forma de linguagem. É por ele que a criança revela o conhecimento conceitual que tem 
da realidade e os aspectos mais significativos de sua experiência. Que atividade é essa? 
 
 
Música 
 
Brincadeira 
 Desenho 
 
Teatro 
 
Dança 
 
 2a Questão (Ref.: 1066515) Pontos: 1,00 / 1,00 
São aspectos que não necessariamente promovem o desenvolvimento adequado na ausência de mecanismos de 
risco, mas podem se transformar em mecanismos de proteção de acordo com o significado que assumem dentro 
de um dado contexto. O que pode se configurar como risco em uma determinada situação pode se apresentar 
como proteção em outra. As respostas às situações da vida dependem da interação entre as diferentes variáveis 
associadas à criança e as condições disponíveis no ambiente. Esta definição se refere ao conceito de 
 
 Recurso 
 
Indicador de risco 
 
Mecanismo de proteção 
 
Risco 
 
Mecanismo de risco 
 
 3a Questão (Ref.: 630092) Pontos: 1,00 / 1,00 
Em relação à inclusão, explique sua concepção. 
 
 A inclusão propõe a adaptação da sociedade, potencializando a autonomia, a independência e o 
empowerment das pessoas, além de promover a equiparação de oportunidades. O que caracteriza esse 
período é o movimento bilateral, em que a sociedade e as pessoas buscam parceiras para o 
desenvolvimento de estratégias em prol da real inserção de todos. Praticar a inclusão é compreender e 
respeitar as diferenças, valorizando a convivência, a aceitação e a cooperação. 
 
Todas as alternativas estão corretas. 
 
O movimento caracterizou-se pela concepção de manter as pessoas com deficiência em locais isolados da 
sociedade. Os responsáveis pelas crianças com deficiência recebiam ajuda financeira do governo para 
manter os seus filhos em casa. Ainda nesse contexto, surgiram diversas instituições especializadas no 
atendimento de deficiências ou em uma deficiência específica. 
 
A proposta era inserir a pessoa com deficiência na sociedade, desde que esta pudesse superar as 
barreiras físicas e atitudinais da sociedade. Portanto, era um movimento unilateral, pois a inserção da 
pessoa dependia somente dela. 
 
O movimento foi marcado pelo esforço de discriminar as pessoas que não apresentam os padrões 
considerados normais para a sociedade. Para tanto, utilizavam-se de concepções voltadas para o 
misticismo e o ocultismo. 
 
 4a Questão (Ref.: 683528) Pontos: 1,00 / 1,00 
O pedagogo que vai atuar no ambiente hospitalar, necessariamente, precisa ter clareza de que: 
 
 
é imprescindível ter conhecimento técnico detalhado dos procedimentos cirúrgicos para poder elaborar os 
seus procedimentos no processo ensino-aprendizagem. 
 
todas as atividades didático-pedagógicas desenvolvidas no ambiente hospitalar necessariamente 
precisam ser individualizadas e realizadas no leito. 
 
a rotina hospitalar cumpre várias funções e que o trabalho didático-pedagógico desenvolvido não pode 
esquecer que o mais importante é a área da saúde e não a da educação. 
 
os familiares são pessoas importantes para o tratamento da doença da criança, entretanto, no que diz 
respeito ao processo ensino-aprendizagem, a família é um elemento que tem pouca importância. 
 o desenvolvimento afetivo, cognitivo e motor, entre outros, da criança hospitalizada apresenta vivências 
que, em muitos casos, podem produzir medos, angústias, tensões ou ainda aprendizagem significativa. 
 
 5a Questão (Ref.: 630100) Pontos: 1,00 / 1,00 
A história da Educação Especial pode ser estudada através de quatro grandes movimentos. Diante disso, 
podemos afirmar que são denominados: 
 
 exclusão, segregação, integração e inclusão. 
 
Todas as alternativas estão incorretas. 
 
educação informal, sistemática, educação não formal e segregação. 
 
educação formal, escolar, educação informal e não escolar. 
 
educação escolar informal, exclusão, educação escolar formal e inclusão. 
 
 6a Questão (Ref.: 630096) Pontos: 1,00 / 1,00 
Assinale a alternativa correta de acordo com a afirmação a seguir. 
 "Os sistemas de ensino, em ação integrada com os sistemas de saúde, devem organizar atendimento aos 
escolares hospitalizados conforme": 
 
 Resolução nº 2 de 11/09/2001. 
 
Resolução nº 3 de 09/11/2001. 
 
Resolução nº 3 de 10/09/2001. 
 
Resolução nº 2 de 09/11/2001. 
 
Resolução nº 2 de 10/09/2001. 
 
 7a Questão (Ref.: 630143) Pontos: 1,00 / 1,00 
Coloque Verdadeiro (V) ou Falso (F): 
A ) ( ) O Decreto Lei nº 1044/69 dispõe de tratamento para alunos portadores de afecções, considerando 
que as condições de saúde nem sempre permitem a frequência de crianças e adolescentes à escola, mesmo que 
estes apresentem condições de aprendizagem. 
B ) ( ) O Decreto Lei nº 1044/69 não dispõe de tratamento para alunos portadores de 
afecções, considerando que as condições de saúde nem sempre permitem a frequência de crianças e 
adolescentes à escola, mesmo que estes apresentem condições de aprendizagem. 
C ) ( ) De acordo com o decreto, os alunos ¿merecedores de tratamento excepcional¿, têm o direito de fazer 
os exercícios domiciliares com acompanhamento da escola, sempre que compatíveis com o seu estado de saúde 
e as possibilidades do estabelecimento. 
D) ( ) A Lei nº 6202/75 estendeu os exercícios domiciliares para as estudantes gestantes. 
E) ( ) As estudantes gestantes não podem ser assistidas pelo regime de exercícios domiciliares. 
Assinale a correta: 
 
 
F, F, V, V, V 
 
V, F, V, F, F 
 
V, V, F, F, V 
 
V, V, V, V, V 
 V, F, V, V, F 
 
 8a Questão (Ref.: 820696) Pontos: 1,00 / 1,00 
Sobre o pedagogo da classe hospitalar, é correto afirmar: 
 
 
O pedagogo da classe hospitalar não deverá desenvolver projetos que visam atender o escolar 
hospitalizado de maneira específica. Neste contexto ele poderá apenas dar atividades lúdicas. 
 
A responsabilidade assumida pelo pedagogo, nas suas funções com as crianças e os adolescentes 
hospitalizados, não exige experiência no plano da psicologia do desenvolvimento e da educação. 
 
A classe hospitalar deve se preocupar somente com a modalidade da Educação Infantil, com profissionais 
comprometidos em assegurar o direito de acesso e permanência à educação de qualidade. 
 A atuação do Pedagogo na Classe Hospitalar é orientar, acompanhar e administrar a educação de 
crianças e de adolescentes que estejam incapacitados de frequentar a escola por motivo de saúde, 
adaptando atividades pedagógicas às suas condições. 
 
O pedagogo não precisa estabelecer o elo entre a realidade hospitalar e a cotidiana, porque não é 
competência dele acompanhar e intervir no processo de elaboração da doença. 
 
9a Questão (Ref.: 820673) Pontos: 1,00 / 1,00 
Considerando a dinâmica de uma brinquedoteca hospitalar, qual das alternativas é a correta? 
 
 A escolha das atividades é importante pois através das brincadeiras pode-se detectar os sentimentos das 
crianças hospitalizadas. 
 
As brincadeiras não devem atender às alternâncias de humor dos pacientes. O brinquedista está ali para 
atender a todos, sem distinção. 
 
O brinquedista não tem influência alguma no tratamento, pois as atividades lúdicas servem apenas como 
consolo às crianças hospitalizadas. 
 
As crianças devem brincar somente em pares na brinquedoteca hospitalar. 
 
A brinquedoteca hospitalar é apenas um ponto de encontro de pais e crianças. 
 
10a Questão (Ref.: 630138) Pontos: 1,00 / 1,00 
No atendimento hospitalar, muitas vezes a