Historia da matematica Livro Texto   Unidade I
71 pág.

Historia da matematica Livro Texto Unidade I


DisciplinaHistória da Matemática1.300 materiais9.053 seguidores
Pré-visualização21 páginas
Autora: Profa. Marisa Rezende Bernardes
Colaboradores: Profa. Mirtes Vitória Mariano 
Profa. Valéria de Carvalho
Prof. Daniel Scodeler Raimundo
História da Matemática
Professora conteudista: Marisa Rezende Bernardes
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Maringá (1980), graduação 
em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual de Maringá (1988), mestrado e doutorado 
pelo programa de pós graduação da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista Júlio 
de Mesquita Filho, concluídos respectivamente em 2003 e 2009, e é vinculada ao grupo de pesquisa 
em História Oral e Educação Matemática (GHOEM). Profissionalmente, é professora titular da 
Universidade Paulista, campus Bauru, desde 2003.
© Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou 
quaisquer meios (eletrônico, incluindo fotocópia e gravação) ou arquivada em qualquer sistema ou banco de dados sem 
permissão escrita da Universidade Paulista.
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
B522 Bernardes, Marisa Rezende
História da Matemática. / Marisa Rezende Bernardes - São 
Paulo: Editora Sol.
164 p. il.
Notas: este volume está publicado nos Cadernos de Estudos 
e Pesquisas da UNIP, Série Didática, ano XVII, n. 2-028/11, 
ISSN 1517-9230.
1.História da Matemática 2.Educação Matemática 3.Memória 
I.Título
CDU 511.2
Prof. Dr. João Carlos Di Genio
Reitor
Prof. Fábio Romeu de Carvalho
Vice-Reitor de Planejamento, Administração e Finanças
Profa. Melânia Dalla Torre
Vice-Reitora de Unidades Universitárias
Prof. Dr. Yugo Okida
Vice-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa
Profa. Dra. Marília Ancona-Lopez
Vice-Reitora de Graduação
Unip Interativa \u2013 EaD
Profa. Elisabete Brihy 
Prof. Marcelo Souza
Prof. Dr. Luiz Felipe Scabar
Prof. Ivan Daliberto Frugoli
 Material Didático \u2013 EaD
 Comissão editorial: 
 Dra. Angélica L. Carlini (UNIP)
 Dra. Divane Alves da Silva (UNIP)
 Dr. Ivan Dias da Motta (CESUMAR)
 Dra. Kátia Mosorov Alonso (UFMT)
 Dra. Valéria de Carvalho (UNIP)
 Apoio:
 Profa. Cláudia Regina Baptista \u2013 EaD
 Profa. Betisa Malaman \u2013 Comissão de Qualificação e Avaliação de Cursos
 Projeto gráfico:
 Prof. Alexandre Ponzetto
 Revisão:
 Simone Oliveira dos Santos
Sumário
História da Matemática
APRESENTAÇÃO ......................................................................................................................................................7
INTRODUÇÃO ...........................................................................................................................................................7
Unidade I
1 MATEMÁTICA: DA PRÉ-HISTÓRIA AO MUNDO ANTIGO .................................................................. 13
1.1 A Pré-História: panorama cultural ................................................................................................ 13
2 MATEMÁTICA NO ANTIGO EGITO .............................................................................................................. 18
2.1 Influência egípcia ................................................................................................................................. 24
3 MATEMÁTICA NA MESOPOTÂMIA ............................................................................................................ 26
4 MATEMÁTICA NA GRÉCIA ANTIGA ........................................................................................................... 33
Unidade II
5 MATEMÁTICA NA CHINA, ÍNDIA E MUNDO ÁRABE ........................................................................... 72
5.1 Matemática na China ......................................................................................................................... 72
5.2 Matemática na Índia ........................................................................................................................... 76
5.3 Matemática no mundo árabe .......................................................................................................... 84
6 MATEMÁTICA NA ÉPOCA DO RENASCIMENTO E PANORAMA CULTURAL DOS 
SÉCULOS XVI A XVIII .......................................................................................................................................... 86
7 A MATEMÁTICA NOS SÉCULOS XVI A XX E A ESCOLA BRASILEIRA ...........................................107
7.1 A matemática nos séculos XVI a XVIII ........................................................................................107
7.2 A matemática nos séculos XIX e XX............................................................................................120
8 ESCOLA BRASILEIRA: OS GRANDES MATEMÁTICOS DO PAÍS .....................................................136
7
APRESENTAÇÃO
A introdução a seguir tem a função de apresentar de forma mais elaborada os objetivos da disciplina 
História da Matemática e sua vinculação com o projeto pedagógico e político do curso. É uma perspectiva 
que defende não ser concebível estudar a história da matemática como algo estanque, sem vinculação 
pedagógica com disciplinas específicas e muito menos utilizá-la como mero atrativo inicial para conteúdos 
específicos. A história da matemática é, sobretudo, uma forma de orientação aos profissionais docentes 
a respeito da origem de questões ideológicas que perpassam o ensino, notadamente, a força da visão 
eurocêntrica da matemática. Portanto, o objetivo aqui proposto é sistematizar o conhecimento que a 
humanidade acumulou nesta área, mas sem perder de vista as análises dos contextos social, histórico e 
cultural que proporcionam a possibilidade de compreensão da ciência de modo mais abrangente e, em 
consequência, uma ação política mais efetiva na esfera da educação.
INTRODUÇÃO
Nascer: já assisti gata parindo. Sai o gato envolto num saco de água e todo 
encolhido dentro. A mãe lambe tantas vezes o saco de água que este enfim 
se rompe e eis um gato quase livre, preso apenas pelo cordão umbilical. 
Então a gata-mãe-criadora rompe com os dentes esse cordão e aparece um 
fato no mundo. (...) Estou dando a você a liberdade. Antes rompo o saco de 
água. Depois corto o cordão umbilical. E você está vivo por conta própria 
(LISPECTOR, 1973, p. 41).
A primeira perspectiva que este texto irá abordar é o fato de ele ter sido elaborado para um curso 
de educação à distância. Esta é uma questão importante, uma vez que estabelece um ambiente 
de aprendizagem diferente daquele utilizado pelo ensino presencial e, portanto, com exigências 
diferenciadas. Mais do que em outra modalidade, a educação à distância caracteriza-se por ser uma 
prática educativa que exige do estudante construir conhecimentos e participar efetivamente de seu 
próprio crescimento. Esse modelo implica, obviamente, um processo de ensino próprio, uma vez que 
modifica ou mesmo suprime o aparato físico e estrutural do ensino presencial. Assim, a função docente 
sofre um deslocamento: o professor tem seu papel descentralizado e a forma de atenção ao aluno 
está mais próxima do que se entende por pesquisa em meios acadêmicos. É um novo formato de 
ensino-aprendizagem na graduação, no qual os estudantes, assim como aqueles que se iniciam em 
pesquisas acadêmicas, devem aprender a estudar sozinhos, buscar informações com base em indicações 
do docente responsável pelo curso e serem capazes de fazer inferências na produção de seu próprio 
conhecimento.
Como este texto foi produzido para a modalidade EaD, as leituras indicadas estão em sua maioria 
disponíveis on-line. Essa preocupação está relacionada ao fato de alguns alunos da UNIP Interativa serem 
de regiões onde o acesso a determinados materiais impressos é difícil. Porém, isso não os descompromete 
de fazer pesquisas de materiais pertinentes à área de interesse das disciplinas em bibliotecas