A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Questionário de anatomia cérebro - Enfermagem

Pré-visualização|Página 1 de 5

Q U E S T I O N Á RI O D E A NA T O MI A
1. M uita s pesso as p ensa m q ue o ter mo
cér ebro pode s er us ado como
s inô nimo de encéfa lo . E ntr etanto, ess a
p r imeira es tr utura é, na r ea lidade , uma
p or ção do e ncéfalo . So br e or eb ro ,
marq ue a alter nativa incor reta:
d) A estrutu ra qu e conecta o
he mis f ério esquerdo e direito do
céreb ro é o córtex cere b ra l.
Alte r nativa “d . A es tr utur a que
co necta o he mis r io es querdo e o
dir e ito do cér eb ro é o corpo ca lo so,
uma es tr utura for mad a por fib ra s
ner vos as .
2. O r ebr o , assim co mo as o utras
p or ções do encéfa lo e a med ula
espinhal, fa z pa r te :
c) d o s ist ema n e rvoso cen tra l.
Alte r nativa “c”. O sis tema ner vo so
centr al é comp os to pelo encé fa lo e a
medula es p inha l, s endo resp o ns áve l,
p or tanto , por d iversas funções do
o rg a nis mo, co mo mer ia ,
inteligência, eq uilíbr io e r espos tas a
es tímulos exter no s.
3. Ana lis a ndo o co r te de um r eb ro , é
p os s íve l p er ceb er uma r eg o ma is
exter na e outr a ma is inte r na. A reg o
mais e xter na, co nhecida co mo
s ubs tâ ncia cinze nta , é r ica e m:
c) corpos ce lu lare s.
Alte r nativa “c”. A r eg o ma is exter na ,
ta mbém cha mad a de có r tex cerebr a l,
é r ica em corpos celular es , r eg o do s
neurô nio s o nd e es tão pr es entes o
núcleo e as org a nela s.
4. (UFRN ) Um mo to r is ta infra tor , a o
dir igir , na Via Co s teir a, em a lta
velocidade , perde u o co ntro le do
ca rr o e m uma cur va, sofr endo um
a cidente . Ao chega r ao pr o nto -
s o cor ro, diag nos ticou-s e uma
is quemia cer ebral (bloqueio da
circulaçã o nas ar tér ia s q ue fo r nece m
s a ngue ao encé falo ) no lo bo fro ntal
do cér eb ro.
Como co nseq uência , pod e ha ver
co mpro metimento da cap a cidad e do
motor is ta par a
c) p re encher uma ficha de
ide ntificaçã o.
Alte r nativa “c”. O pa ciente
a pr es entar á dificuldad es de
p re encher uma ficha, po is o lob o
fr o nta l es tá r e la cio nad o , e ntre outra s
funçõe s, co m o raciocínio .

Q U E S T I O N Á RI O D E A NA T O MI A
5. O r ebr o é uma es tr utur a
extre ma mente impo r ta nte p ar a o
funcionamento do cor po , sendo
r es po nsável porr ias ativida des
esse nciais q ue influencia m o noss o
co mpor tamento. E ntr e as funçõ es
r ela ta da s a seg uir, q ua l o po de s er
co mple tamente ass o cia da ao cérebr o?
a ) Eq uilíb r io . b) Me mó r ia . c)
Ling uagem. d) Co nsciência e )
Comportamento emo cio nal.
a) Equilíbrio.
Alte r nativa “a . O eq uilíbr io é uma
função que deve s er a tr ib da
p r incip a lmente ao cer eb e lo.
6. O r ebr o é uma es tr utura q ue
r ep r es enta quas e que 80% da ma ssa
to tal do encéfa lo. Ele é for mado por
do is hemis r ios (es q ue rdo e d ir eito),
o s qua is es tão unido s pelo:
a ) lo bo par ieta l. b) lob o occip ital.
c) corpo ca los o. d ) g ir o. e) s ulco .
c) corpo caloso
Alte r nativa “c”. O co rpo ca los o é uma
es tr utura for mad a por fib ra s mielínicas
que co necta o hemis r io esquerdo ao
dir e ito .
7. N o r eb ro , pe rcebemos a pr es ença
de uma r egião ma is es cura q ue o utra .
A s ub s tância cinz enta, q ue é fo r ma da
p or ________ ____, es loca liza da mais
exter na mente, enqua nto mais
inter namente e s tá a __________ __, q ue é
r ica e m feixes de axô nio s _________ ___.
Marq ue a a lter nativa que co mple ta o s
espa ço s a cima .
c) cor po s celular es , a s ubs tâ ncia br a nca ,
mielinizados .
Alte r nativa “c”. A s ub s tância cinze nta, q ue é
for ma da po r co rp os celula res , es lo ca liza da
mais exter na mente, enqua nto mais
inter namente e s tá a s ub s tância bra nca, q ue é
r ica e m feixes de axô nio s mieliniza dos.
A pr es ença de mielina g ar ante a co lo ra ção
mais clar a d a reg iã o do córtex cer eb ral.
8. (Vunes p) De acor do co m o Có d ig o
Na cional d e Trâ ns ito , d ir ig ir sob a influência
de álco o l, em vel s uper ior a 0,8 grama s de
á lcoo l p or litr o de sa ng ue (= 2 co pos de
cer veja) , é uma infra ção gr avís s ima sujeita à
multa e s us pensã o do d ireito d e dir igir . Com
b as e nos co nhe cimento s sobr e os e feito s do
á lcoo l s obr e o or ga nis mo , indique a
a lte r na tiva que funda me nta a r eg ulame nta ção
a cima.
d) O co ns umo de á lcool inibe cer to s
neurô nio s no r eb ro, a fetando o ra cio cínio ,
o s re flexo s e a coorde nação mo tora .

Q U E S T I O N Á RI O D E A NA T O MI A
8. O c er ebelo tem c omo fun çã o geral a
c oor denã o motora . Quais das fu nç õ es
ci tadas a baix o NÃO es tá r elaci ona da a o
c er ebel o?
a ) Pla n eja mento mo tor b ) C ont role
afer ente d as vias mot or a s c ) Cor r eção
efer en te de i mpuls os mo tor es enviados à
medula es pinhal d ) Con exã o comcl eos
da bas e pa ra o c on tr ol e da motri cida de
Jus ti fica ti va : Nã o exis te o c ontr ol e
a fer en te de vias mo toras .
9. O tronco enc efálic o é ponto de
c onv er ncia d e fi bras asc endentes e
desc enten tes . De qual ves íc ula pri mor dial
(pri mária ) do SNC a ponte é
des envol vid a?
a ) P ros enc éfal o b ) Di en c éfal o c )
Meten c éfal o d) Rombencéfalo
Jus ti fica ti va : O ro mb enc éfal o des en volve-
s e em meten c éfalo (ves íc ula s ec u ndá ria )
a ntes de fo r ma r a ponte.
10. Quais o as di visões do sis tema ner voso?
Sua r es pos ta : Central e peri ri co .
11. Quis ór gã os c o mp r eend em o sis tema
nervoso c entral ?
en fa lo ( cére b ro, cerebe lo, b u lb o e
ponte) e s is te ma límbico (tá la m o,
hip ocamp o, sept o e corpo ca loso)
12. Qua is o os principa is ne rvos
cranian o?
Paté tico óptico, motor ópt ico, mist o
fa cial, b ulbo olfatório e misto va go.
13. Como s e cha ma m as célu la s
ne rvosas re sp onsá veis pe la s
sin ap se s?
Neu n ios
14. Comp lete : Unipolar, b ipolar e ___
o os três tipos de ne urônios .
Multipolar
15. Qua l é a f unçã o d o tála mo?
Cone cta r os lob os ce rebra is a o
sis tem a límbico.
Cone cta r a medu la e sp inha l ao
céreb ro.
Cont rola r a te mperatu ra corporal.
Cont rola r a quan tida de de
hornios no corp o.
N. D.A
16. Em quan tas pa rtes se d ivid e o corpo
caloso?
joe lho d o corpo ca loso, esp lên io d o
corpo caloso e corpo do corpo
caloso.
17. Qua l é a f unçã o d o siste ma nervoso?
Cont rola r as funçõe s ornicas .
18. Qua is o os principa is ne rvos do
sis tem a ne rvoso pe rifé rico?
Ciát ico, u lnar, fib ula r, p oplíte o,
tibia l e bra q uia l.
19. Qua l é o se nt id o q u e o lob o insu la r
pe rcebe?
Gusta çã o
20. Os lob os do cé re bro p ode m s er
divid id os em ___, occipita l, p arie ta l,