A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
47 pág.
Apostila Agrobusiness

Pré-visualização | Página 6 de 12

e encargos sociais 
do tratorista, e outros custos indiretos, como lubrificação, seguro da oficina, custos estes 
baseados em cálculos por hora. 
Quando se fala de horas improdutivas do trator, é importante destacar a existência de tempo 
improdutivo de mão-de-obra, em função de chuva, mau tempo, inexistência de trabalho etc. 
Os gastos com pessoal, resultantes deste período improdutivo, não devem sobrecarregar 
uma única cultura ou criação do período. Se os custos forem exagerados e extraordinários, 
poderão ser tratados como perdas do período, ou seja, despesa não operacional. 
 
2.3 Pecuária 
No caso de gados reprodutores (touros e vacas), animais de trabalho e outros animais 
constantes do Ativo Permanente (por considerar que se trata de ativo tangível de vida útil 
limitada, pois com o passar dos anos há uma perda da capacidade normal de trabalho – no 
caso de animais de trabalho-, assemelhando-se nesse aspecto à perda da capacidade de 
produção de uma máquina ou equipamento qualquer), as deduções dos valores são também 
denominadas Depreciação. 
No período de crescimento do gado destinado à reprodução, não haverá, evidentemente, 
depreciação. A vida útil do rebanho de reprodução, para efeito de depreciação, será contada 
a partir do momento em que estiver em condições de reprodução (estado adulto). Já em 
plena reprodução, o animal, principalmente o touro, tende a atingir um estágio de máxima 
eficiência para, a seguir, iniciar o processo de declínio, até perder sua utilidade para esse 
fim. 
Não há dúvida de que o ideal seria detectar o início do processo de declínio para iniciar a 
depreciação. Todavia, como na prática não é fácil detectar esse ponto, normalmente a 
depreciação é iniciada no momento em que o rebanho começa a ser utilizado para a 
 Contabilidade Agribusiness 
_________________________________________________________________________ 
20
reprodução. Aliem-se a esse argumento o fato de que o gado envelhece a cada ano que 
passa e há necessidade de distribuição de seu custo. No cálculo da depreciação, deverá ser 
previsto o valor residual que o gado reprodutor terá ao fim de seu período reprodutivo, após 
castrado e engordado para abate. 
 
Depreciação do 1º ano 
Valor Contábil $55.000 Ativo Permanente 
 ( - ) Valor Residual $ (6.000) Imobilizado 
Valor Depreciável $49.000 Touro $55.000 
Taxa de Depreciação x10% ( - ) Depreciação ($4.900) 
Depreciação do 1º ano $4.900 Valor Líquido $50.100 
 
3- Casos de Exaustão 
Exaustão, sob o ponto de vista contábil, significa o reconhecimento da perda econômica no 
valor de um bem ou direito, decorrente de seu consumo nas atividades, quer seja por venda, 
aplicação na produção de outro bem, ou simplesmente por conta de sua obsolescência, mas 
que não pode ser reutilizado ou recomposto. 
Exaustão tem a ver com recursos não renováveis na natureza, e para os quais não há 
capacidade humana (física, química ou biológica) de recomposição desses recursos, uma 
vez consumidos. 
Exaustão representa uma técnica contábil que visa o reconhecimento de perda de valor 
econômico de um bem – no caso, um ativo permanente. 
Mas um ativo permanente sem volta: 
– Uma mina de cobre 
– Um poço de petróleo 
– Uma mina de ouro 
Por exemplo, quando uma empresa compra um carro para ser utilizado em suas operações 
está incorporando ao seu ativo um bem. 
Esse carro, ao longo de sua utilização nas atividades da empresa, inevitavelmente sofrerá 
desgaste. 
Exaurir significa esgotar completamente. Em termos contábeis a exaustão se relaciona com 
a perda de valor dos bens ou direitos do ativo, ao longo do tempo, decorrentes de sua 
exploração. Representa a perda de valor, pela utilização, por exemplo de uma jazida ou 
reserva florestal. 
Dessa forma, a empresa registra, anualmente, a diminuição gradativa do valor de aquisição 
do bem ( jazida ou reserva florestal), em função da quantidade extraída da mesma, na Conta 
Exaustão Acumulada. 
Toda cultura da qual seja extraído o caule, permanecendo apenas a raiz para a formação de 
novas árvores, sofrerá exaustão. Sendo assim, quando se tratar destes recursos naturais 
renováveis, que sofreram exaustão, devem-se observar os seguintes pontos: 
1º quantidade de cortes; 
2º produção por corte ( unidade, área plantada, peso e etc); 
3º produção do período; 
4º valor de aquisição ou formação ( custo de recomposição natural para pastagens) 
Considerando as informações abaixo citadas: 
 
 
 Contabilidade Agribusiness 
_________________________________________________________________________ 
21
Critérios/ Cultura Reflorestamento Cana-de-açúcar Pastagem 
1º 4 25 % 3 33,33% 18 5,56% 
2º 12.500 un. 2.800 hectares 50.000 t 
3º 6.000 un. 1.400 hectares 150.000 t 
4º R$ 125.000 R$ 50.0000 R$ 20.000 
 
Resultarão os seguintes cálculos: 
 
Exaustão por corte 125.000 x 25 %= 
31.250 
 
50.000x 33,33% = 
16.666 
 20.000 x 5,56%= 
1.111 
Extração por período 6.000 = 48% 
12.500 
 1.400 = 50% 
 2.800 
 150.000 = 300% 
 50.0001 
Exaustão do período 31.250 x 48% 16.666 x 50% 1.111 x 300% 
Resultado 15.000 8.333 3.333 
 
4- Casos de Amortização 
Consiste na recuperação do capital aplicado na aquisição de direitos cuja existência ou 
exercício tenha duração limitada, ou de bens cuja utilização pela entidade tenha o prazo 
limitado por lei ou contrato. 
Amortização, assim como a depreciação, representa uma despesa e consiste na extinção 
gradual do valor aplicado em Despesas Pré-operacionais, Despesas de Reorganização, 
Marcas e Patentes e etc. 
O cálculo da Amortização dos valores classificados nas contas varia de acordo com sua 
natureza. 
A principal diferença entre depreciação e amortização é que, enquanto a depreciação incide 
sobre os bens físicos de propriedade da própria Empresa Rural até sua completa 
depreciação de acordo com a vida útil prevista para os mesmos, a amortização se relaciona 
com a diminuição do valor dos direitos com prazo limitado. 
Será amortizado o valor referente a aquisição de direitos sobre empreendimentos de 
propriedade de terceiros cujo prazo seja determinado. 
Um exemplo desta situação ocorre quando uma fábrica de suco de laranja adquire o direito 
de explorar um laranjal por três anos, pelo valor de 30000. 
30000/3 = 10000 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Contabilidade Agribusiness 
_________________________________________________________________________ 
22
 
UNIDADE IV – ADMINISTRAÇÃO DA PECUÁRIA 
Basicamente, no Brasil, em termos de Administração da Pecuária, há dois tipos de 
avaliação do estoque vivo: valores de custo e valores de mercado. 
O objetivo básico desta unidade é a interpretação e a análise desses dois tipos de avaliação 
que podem até ser tratados como duas modalidades. 
Inicialmente, são feitos alguns esclarecimentos sobre a atividade pecuária bovina. 
 
1 -Tipos de atividade pecuária 
Existem três fases distintas, na atividade pecuária de corte, pelas quais passa o animal que 
se destina ao abate: 
a) _________________: a atividade básica é a produção de bezerros que só serão vendidos 
após o desmame. Normalmente, a matriz (de boa fertilidade) produz um bezerro por ano. 
b) _________________: a atividade básica é, a partir do bezerro adquirido, a produção e a 
venda do