A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
ANHANGUERA EDUCACIONAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

ANHANGUERA EDUCACIONAL
UNIVERSIDADE UNIDERP- AGRÁRIAS
MEDICINA VETERINÁRIA
ANA LUÍZA ZILIO
RA:5195603767
O CAMINHO DA SUSTENTABILIDADE
Atividade de Autodesenvolvimento
CAMPO GRANDE 
2013
A sustentabilidade, em sua essência, não deve ter apenas “três folhas, mas cinco”.
As cinco dimensões propostas pelo autor para a essência da sustentabilidade conserva as tidas como mais recorrentes e simples: ambiental, econômica e social; contudo, faz-se necessária a inclusão das esferas política (poder) e cultural.
A dimensão ambiental propõe produzir e consumir de forma que o ecossistema mantenha sua capacidade de autorreparação e recuperação. 
A econômica supõe uma contínua inovação tecnológica e o aumento da eficiência de produção e consumo, economizando os recursos naturais (fontes fósseis de energia, água e minerais).
 Já a dimensão social supõe erradicar a pobreza, delimitar níveis mínimos e máximos de acesso a bens materiais e que todos os cidadãos tenham o mínimo necessário para uma vida digna.
Considerando que não existem mudanças sociais e tecnológicas no mundo sem passar necessariamente por instâncias econômicas e espaços políticos, nota-se uma relação intima entre alterações nos padrões de produção e consumo; não se deve ignorar a presença de conflitos de interesse e as dificuldades para construção da equidade social.
A cultura atual não favorece a mudança no padrão de consumo; existe a necessidade de mudanças comportamentais e de valores; somente assim a sublimação do “ter mais” para o valor “ter melhor” será atingida, ou seja, sair do padrão consumista e adotar novas formas de viver.
As três respostas para a crise ambiental
 Resposta tecnológica: acredita na superação anunciada dos limites dos recursos naturais através da capacidade inventiva do ser humano.
Mudança no padrão de consumo: radical e progressiva, adotando um novo estilo de vida, novos valores e costumes.
A terceira e ultima resposta seria a não resposta, ou seja, não conseguirmos evitar a catástrofe e sermos conduzidos progressivamente a extinção da humanidade.
De que modo governos, organizações e sociedade podem encontrar saídas para crise ambiental e tornar sustentável o Planeta Terra?
O ser humano isoladamente e inserido no contexto social certamente terá que abandonar seu atual estilo de vida. A sociedade, as organizações e os governantes deverão adotar o padrão de união da economia com o meio ambiente; convergir para implantação do modelo sustentável, poupar recursos, reaproveitar, reciclar, reutilizar o máximo possível. Trabalhar para garantir aos cidadãos produtos duráveis e abandonar o padrão modal e consumista. Consumir menos e preservar mais.
Tentar prover o básico necessário a todos e estimular a economia verde, a fim de garantir recursos para que as próximas gerações possam satisfazer suas próprias necessidades.
O ser humano pode estar no caminho certo discutindo cada vez mais o tema, propondo acordos, pactos e novos modelos, contudo, haverá tempo hábil para evitar um fim catastrófico? Se não começarmos hoje, o amanhã pode não chegar.
Referências
NASCIMENTO, Elimar Pinheiro do. Trajetória da sustentabilidade:do ambiental ao social, do social ao econômico. Estud.av.[online].2012,vol.26,n.74,PP.51-64.ISSN 0103-4014. Disponível: https://docs.google.com/open?id=0B1lfOtr2UH-ERFhhvnpaVOxmSmM. Acesso em: 20 set. 2013.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.