A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
adm 3052(1)

Pré-visualização | Página 1 de 6

VIII Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração – www.convibra.com.br 
ÍNDICES DE RENTABILIDADE: UM ESTUDO SOBRE OS INDICADORES ROA, 
ROI E ROE DE EMPRESAS DO SUBSETOR DE TECIDOS, CALÇADOS E 
VESTUÁRIOS LISTADAS NA BOVESPA 
 
 
Camille Barroso Holanda Asp Vieira1 
Ilzair de Oliveira Lima Verde1 
Rafaela Leão Bezerra1 
Patrícia Nascimento Rodrigues1 
Vilma Souza Ismael2 
 
 
RESUMO 
O mercado financeiro é um ambiente de incertezas e, na maioria das vezes de grande 
volatilidade, o que acaba dificultando o processo de tomada de decisão dos administradores 
financeiros. Na conjuntura atual é preciso que os profissionais responsáveis pela área 
financeira estejam atualizados com os fluxos financeiros das organizações em que trabalham, 
para não se depararem com fatos inesperados que podem afetar de forma direta o desempenho 
da empresa, pois um dos maiores objetivos da administração financeira é maximizar riquezas, 
buscando minimizar os custos. O presente artigo buscou abordar as demonstrações 
financeiras, tendo como especificidade o estudo dos índices de rentabilidade: ROA, ROI e 
ROE, demonstrando, através desses indicadores o retorno proporcionado pelos investimentos 
feitos por empresas listadas na Bolsa Valores de São Paulo do subsetor de tecidos, vestuários 
e calçados no segmento de vestuário, calçados e acessórios. 
 
Palavras- chaves: Índices de rentabilidade, segmento, ROA, ROI, ROE 
 
 
ABSTRACT 
The financial market is an environment of uncertainty and, in most cases of high volatility, 
which makes it difficult the process of decision made by financial managers. At the present 
juncture it is necessary that the professionals responsible for the financial area are attuned to 
market fluctuations and the organizations they work for, not faced with unexpected events 
that may affect directly the performance of the company as a major goal of the administration 
is to maximize financial riches, trying to eliminate what can the losses. This article aims to 
address the financial statements and specificity as the study of profitability ratios: ROA, ROI 
and ROE, demonstrating, through such indicators as payback for the investments made by 
companies listed on BOVESPA (Sao Paulo’s stock exchange) of the subsector of tissues, 
clothing and shoes in the clothing industry, footwear and accessories. 
 
Key-words: Profitability indices, segment, ROA, ROI, ROE 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 Graduandas do Curso de Bacharelado em Administração do IFPB 
2 Professora, especialista e orientadora da disciplina de Práticas de Administração Financeira do IFPB 
 
VIII Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração – www.convibra.com.br 
1 INTRODUÇÃO 
As demonstrações contábeis são publicações de companhias de capital aberto referentes 
aos dois últimos exercícios (ASSAF, 2008, p. 243). Mediante as mesmas, é possível 
desenvolver ações que permitem analisar a situação econômico-financeira da organização, 
como a estrutura e evolução do patrimônio, os resultados, a liquidez, o endividamento e o 
retorno do investimento e lucratividade (Idem, 2008). 
Para Pimentel (2007), as demonstrações contábeis têm como objetivo final analisar a 
situação financeira e econômica de uma empresa e prever futuras situações, contribuindo para 
tomada de decisão. 
Com a variedade de proposições que podem ser estudadas, o tema geral a ser abordado 
serão os índices de rentabilidade, ROA (Retorno sobre o Ativo), ROI (Retorno sobre o 
Investimento) e ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido), que buscam medir a atuação da 
organização no mercado e reaver a capacidade do valor investido. 
Diante deste exposto, o presente artigo apresenta a seguinte problemática: como as 
empresas do segmento de vestuário, calçados e acessórios, que estão listadas na BOVESPA 
podem melhor avaliar o retorno dos seus investimentos através do ROA (Retorno Sobre o 
Ativo), ROI (Retorno Sobre o Investimento) e o ROE (Retorno Sobre o Patrimônio Líquido)? 
Por conseguinte, como objetivo geral, buscou analisar a rentabilidade de empresas do 
subsetor de tecidos, vestuário e calçados, que tem como segmentos couro, vestuário, calçados 
e acessórios, que estão listadas na Bolsa de Valores nos períodos de 2008, 2009 e 2010, 
mediante aos seguintes objetivos específicos: 
 Calcular os índices de rentabilidade ROA, ROI e ROE das empresa do subsetor 
de tecidos vestuário e calçados que estão listadas na BOVESPA; 
 Calcular as médias de cada segmento, comparando-as aos índices encontrados; 
 Demonstrar, através desses indicadores o retorno proporcionado pelos 
investimentos; 
 Analisar os resultados obtidos por tais indicadores. 
Como aporte teórico o artigo abordará questões referentes às análises de demonstrações 
financeiras, o que são índices de rentabilidade, os indicadores de rentabilidade e como se 
calcula tais índices. 
 
2 REVISÃO DE LITERATURA 
 
2.1 AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA FINS GERENCIAIS 
Os dados básicos para a análise do desempenho econômico-financeiro são as 
demonstrações financeiras elaboradas pelas empresas. Com base nesse conjunto de 
informações, complementadas com índices agregados de mercado, são aplicados os vários 
critérios de análise, visando-se obter conclusões sobre o desempenho retrospectivo, presente e 
futuro da empresa (ASSAF, 2008, p.216). 
Para ASSAF (2008): “O enfoque segundo o qual a análise das demonstrações 
financeiras é desenvolvida pode variar conforme o interesse do analista. Por exemplo, o 
administrador da empresa, ao medir periodicamente seus resultados, procura avaliar, na 
realidade, o impacto determinado pelas decisões financeiras sobre o desempenho global da 
empresa”. 
Ainda que existam alguns critérios sofisticados, o uso de índices constitui-se na técnica 
mais comumente empregada. Inicialmente, aponta-se que um simples índice, isolado de 
outros complementares ou que ilustram a causa de seu comportamento, não fornecem 
elementos suficientes para uma conclusão mais definitiva (Idem, 2008). 
Podemos assim, acentuar a importância da utilização dos índices ROA, ROI E ROE 
nesse estudo. 
 
VIII Convibra Administração – Congresso Virtual Brasileiro de Administração – www.convibra.com.br 
 
2.2 ANÁLISE DE DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 
A análise de demonstrações financeiras é útil tanto para analistas internos como para 
analistas externas à organização. Para os analistas internos, essa apreciação permite visualizar 
a condição geral da organização, antevendo condições futuras bem como ponto de partida 
para o planejamento de ações. Por outro lado, para os analistas externos, a referida análise tem 
como objetivo a previsão de futuro, avaliando possíveis pontos de investimentos (BRIGHAM; 
HOUSTON, 1999 apud CAMILLO FILHO, 2007). 
Seguindo esse posicionamento, expõe Assaf Neto (2006, p.103-104): 
A análise das demonstrações financeiras visa fundamentalmente ao estudo 
do desempenho econômico-financeiro de uma empresa em determinado 
período do passado, para diagnosticar, em conseqüência, sua posição atual e 
produzir resultados que sirvam de base para a previsão de tendências futuras. 
Desta forma, a contribuição da análise de demonstrações financeiras para a tomada de 
decisão é notória, uma vez que esta expõe aspectos relevantes a respeito da organização, tais 
como: situação financeira e econômica, desempenho, pontos fortes e fracos, adequação das 
fontes às aplicações de recursos, evidências de erros na administração, avaliação de 
alternativas econômico-financeiras futuras e outras (MATARAZZO, 2003 apud CAMILLO 
FILHO, 2007). 
A análise deve ocorrer na seguinte ordem lógica: inicialmente, extraem-se índices das 
demonstrações financeiras. Posteriormente, comparam-se os índices com os padrões, levando-
se em conta outras informações relevantes, para chegar a conclusões. Por fim, tomam-se