A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
simulado historiografia

Pré-visualização | Página 3 de 12

baseado no reconhecimento do diferente, como elemento formador da realidade social colonial.
	
	Não considera a diversidade socio cultura enquanto característica do Brasil colonial.
	
	Faz uma análise da história brasileira baseada nos moldes da micro-história.
		
	 1a Questão (Ref.: 201308289495)
	
	Sobre a obra de Gilberto Freyre marque a alternativa INCORRETA:
		
	
	O autor é bastante influenciado pelos estudos antropológicos desenvolvidos no período.
	
	Está inserida na chamada ¿tríade fundadora¿ da historiografia profissional brasileira moderna, que tem início na chamada ¿geração de 1930, devido as inovações em seus estudos.
	
	O autor desenvolveu seu estudo influenciado pelo modernismo e por movimentos em prol de um brasilianismo: um nacionalismo com características próprias.
	
	Casa Grande e Senzala dá grande importância às relações estabelecidas entre senhores e escravos, assumindo pela primeira vez a importância do negro na formação da sociedade brasileira.
	 
	Freyre rompe com a idéia de interdisciplinaridade influenciada pela obra de Caio Prado Junior.
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201308497233)
	
	Em Casa-Grande e Senzala, de Gilberto Freyre lemos o seguinte trecho: "Os portugueses não trazem para o Brasil nem separatismo políticos, como os espanhóis para o seu domínio, nem divergências religiosas, como os ingleses e franceses para as suas colônias. (...) Eram uma minoria imperecível em alguns dos seus característicos, economicamente odiosa, porém não agressiva nem perturbadora da unidade nacional. Ao contrário: a muitos respeitos, nenhuma minoria mais acomodatícia e suave". (FREYRE, Gilberto. Casa-Grande e Senzala. Rio de Janeiro, 2002, (p. 102.) A publicação de Casa-Grande e Senzala fez de Gilberto Freyre um dos intelectuais brasileiros de maior repercussão no Brasil e no Exterior. Podemos destacar como características da obra de Gilberto Freyre, as afirmativas abaixo EXCETO:
		
	
	Gilberto Freyre viu na relação entre senhores e escravos trocas culturais e afetivas que contribuíram para a formação do chamado "mito da democracia racial" no Brasil.
	 
	Em Casa-Grande e Senzala, podemos perceber um ¿elogio à colonização portuguesa¿, apresentado por meio de uma interpretação otimista da presença portuguesa no Brasil.
	
	Freyre foi influenciado pela antropologia cultural norte-americana, sobretudo através da obra de Franz Boas.
	 
	O Materialismo Histórico aplicado à interpretação do Brasil colonial fez de Casa-Grande e Senzala um marco para a nascente historiografia marxista no Brasil.
	
	Ao lado de Sergio Buarque de Holanda e Caio Prado Júnior, Gilberto Freyre forma a tríade de novas interpretações sobre o Brasil que marcaram a historiografia brasileira na década de 1930.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201308284432)
	
	"Gilberto Freyre foi o grande idealizador do modus vivendi dos grupos dominantes no Brasil colonial.O livro Casa grande e senzala, clássico de nossa historiografia, permanece como um dos mais completos indicadores de caminhos a serem escolhidos por pesquisadores atuais, no que se refere a historia social da colônia ou, melhor dizendo, da história do cotidiano e da vida privada no período colonial."
FARIA, Sheila de Castro. A Colônia em movimento. RJ: Nova Fronteira, 1998. P. 45
Um dos muitos méritos do livro clássico de Gilberto Freyre foi ter elencado uma série de fontes necessárias para os estudiosos do período colonial brasileiro. Entretanto, uma importante fonte, hoje largamente utilizada pelos historiadores, não foi citada por Freyre. Estamos falando:
		
	 
	Processos judiciais
	
	Registros paroquiais
	
	Inventários
	
	Testamentos
	
	Processos matrimoniais
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201308273259)
	
	Antropólogo por formação, Gilberto Freyre desenvolve seus primeiros estudos ainda na década de 1920, época em que o ambiente intelectual brasileiro passava por várias transformações. Sobre a obra desse autor marque a alternativa INCORRETA:
		
	
	Para Gilberto Freyre as diferenças entre os grupos sociais tinham uma origem cultural e não biológica.
	
	Casa Grande e Senzala, sua principal obra é a primeira que assume a importância do negro na formação do nosso ¿modo de ser¿.
	 
	Freyre não incorpora em suas obras ainda algumas inovações trazidas pelo grupo da Revista do Annales, tais como a interdisciplinaridade e a variedade no uso da documentação.
	
	Durante o período em que morou na Europa, Freyre sofreu muita influência da antropologia,
	
	Pode ser notada no texto de Freyre a preocupação em rebater as explicações de cunho biologizante racistas que possuiam muito destaque nesse momento.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201308497231)
	
	Sobre a obra de Gilberto Freyre marque a alternativa INCORRETA:
		
	
	O autor desenvolveu seu estudo influenciado pelo modernismo e por movimentos em prol de um brasilianismo: um nacionalismo com características próprias.
	
	Casa Grande e Senzala dá grande importância às relações estabelecidas entre senhores e escravos, assumindo pela primeira vez a importância do negro na formação da sociedade brasileira.
	
	O autor é bastante influenciado pelos estudos antropológicos desenvolvidos no período.
	
	Está inserida na chamada "Tríade Fundadora" da historiografia profissional brasileira moderna, que tem início com a "geração de 1930", devido as inovações em seus estudos.
	 
	Freyre rompe com a idéia de interdisciplinaridade influenciada pela obra de Caio Prado Junior.
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201308365591)
	
	As irmandades negras, criadas desde o período colonial, seguiam os mesmos preceitos religiosos das demais: todos os membros deveriam efetuar o pagamento da taxa anual ― dinheiro que seria revertido em festas, rituais fúnebres e missas das igrejas. A grande diferença dessas irmandades estava na condição de seus membros (a maioria eram escravos e/ou libertos) e o fato delas adorarem santos negros. Sobre as irmandades podemos afirmar:
		
	
	Que foi o embrião dos Tambores de Mina
	 
	Que foi uma importante forma de resistência
	
	Que não funcionou no auxílio aos negros
	
	Que eram organizadas nos quilombos
	
	Que enriqueceram a custa dos escravos
		
	
	 1a Questão (Ref.: 201308273248)
	
	leia as afirmativas abaixo acerca do pensamento de Sérgio Buarque de Holanda:
I- Para o autor a estrutura da sociedade colonial era rural. Dentro desse contexto, a abolição da escravatura aparece como um grande marco na nossa história;
II- Para Sergio Buarque de Holanda a estrutura da sociedade colonial era democrática, de acordo com o seu conceito de homem cordial;
III- Para Sérgio Buarque de Holanda no Brasil há uma dificuldade entre os homens detentores de posições públicas conseguirem distinguir entre o público e o privado."Falta ordenamento impessoal que caracteriza a vida no Estado burocrático";
IV - A impossibilidade que o brasileiro tem em se desvincular dos laços familiares a partir do momento que esse se torna um cidadão, gera o "homem cordial".
Marque dentre as altenativas abaixo aquela que demonstra quais estão corretas:
		
	 
	I, III e IV
	
	I, II e III
	
	II, III e IV
	 
	Apenas I e IV
	
	Apenas I e II
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201308365647)
	
	A obra mais famosa de Sérgio Buarque de Holanda foi:
		
	
	Modernismo e a salvação do Brasil
	
	A História da Vida Privada
	
	Nos porões da ditadura
	
	Grande Sertão Veredas
	 
	Raízes do Brasil
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201308365648)
	
	Para Sérgio Buarque a colonização portuguesa empreendida no Brasil foi:
		
	
	Foi pouco presente, uma vez