Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
65 pág.
modulo 1

Pré-visualização | Página 1 de 17

MATERIAL DIDÁTICO 
 
 
METODOLOGIA DO ENSINO 
SUPERIOR 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CREDENCIADA JUNTO AO MEC PELA 
PORTARIA Nº 1.282 DO DIA 26/10/2010 
 
0800 283 8380 
 
www.ucamprominas.com.br 
 
 
Impressão 
e 
Editoração 
 
 
 
2 
 
SUMÁRIO 
 
UNIDADE 1 – INTRODUÇÃO ..................................................................................... 3 
UNIDADE 2 – PROFESSORES E ALUNOS ............................................................ 10 
UNIDADE 3 – ÉTICA E DIVERSIDADE ................................................................... 13 
UNIDADE 4 – PLANEJAMENTO ............................................................................. 17 
UNIDADE 5 – TÉCNICAS DE ENSINO .................................................................... 27 
UNIDADE 6 – APRENDIZAGEM BASEADA EM PROJETOS E PROBLEMAS - 
PBL ........................................................................................................................... 43 
UNIDADE 7 – AVALIAÇÃO EDUCACIONAL E INSTITUCIONAL .......................... 55 
REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 63 
 
 
 
3 
 
UNIDADE 1 – INTRODUÇÃO 
 
Sejam bem-vindos ao módulo que discorre sobre a disciplina Metodologia do 
Ensino Superior, disciplina esta, considerada específica e, ao mesmo tempo, 
essencial para todos aqueles que buscam uma especialização, quer seja a nível 
lato1 ou strictu2 sensu. 
Em linhas gerais, a Metodologia do Ensino Superior estuda a organização do 
trabalho pedagógico no ensino superior, levando em consideração não somente o 
professor, mas também o aluno, ou seja, como o trabalho é construído por ambos. 
O módulo foi dividido em sete unidades ou sete temas amplos através dos 
quais propomos análises e reflexões de tópicos relacionados com a prática do 
professor no ensino universitário. 
Esta Unidade 1, a “Introdução” apresenta a disciplina, define didática e 
metodologia, discorre sobre a importância da disciplina para os cursos de 
especialização. Pondera sobre os desafios do ensino superior no Brasil, as 
avaliações e o futuro da educação pública no Brasil. 
Na Unidade 2 intitulada “Os professores e alunos”, veremos quem é o 
professor e o aluno do ensino superior e como eles se relacionam. 
Na Unidade 3 temos questões éticas que permeiam o universo e o cotidiano 
do professor universitário, tais como o combate ao racismo e a promoção da 
diversidade. 
A Unidade 4 foca os tipos de planejamento, como formular os objetivos e 
definir os conteúdos e a importância do uso de estratégias e dos recursos 
tecnológicos para que a educação se efetive. 
 
1
 As pós-graduações lato sensu (do latim “sentido amplo”) compreendem programas de 
especialização e incluem os cursos designados como MBA - Master Business, com duração mínima 
de 360 horas e ao final do curso o aluno obterá certificado e não diploma, ademais são abertos a 
candidatos diplomados em cursos superiores e que atendam às exigências das instituições de ensino 
- art. 44, III, Lei nº 9.394/1996 (MEC/BRASIL, 2011). 
 
 
2
 As pós-graduações stricto sensu (do latim “sentido estrito”) compreendem programas de mestrado 
e doutorado abertos a candidatos diplomados em cursos superiores de graduação e que atendam às 
exigências das instituições de ensino e ao edital de seleção dos alunos (art. 44, III, Lei nº 
9.394/1996.). Ao final do curso o aluno obterá diploma (MEC/BRASIL, 2011). 
 
 
4 
 
As técnicas de ensino: o estudo dirigido, seminários, estudo do meio, 
laboratórios, oficinas, aulas de campo, aulas expositivas e discussões em classe, 
são os assuntos da Unidade 5, ápice deste módulo. 
A aprendizagem baseada em problemas (ABP) é o novo modelo educacional 
que tem sido utilizado no processo ensino-aprendizagem e merece uma unidade 
especial para seu estudo. Veremos, então, na Unidade 6, a teoria e prática da ABP, 
além da aprendizagem baseada em projetos e a metodologia da problematização 
voltada para o ensino superior. 
Na última Unidade, definiremos as modalidades de avaliação educacional e 
institucional, focando suas características: criticidade, continuidade e integralidade, 
afinal de contas, a avaliação fecha o primeiro ciclo do processo ensino-
aprendizagem. 
Ressaltamos em primeiro lugar que, embora a escrita acadêmica tenha como 
premissa ser científica, baseada em normas e padrões da academia, fugiremos um 
pouco às regras para nos aproximarmos de vocês e para que os temas abordados 
cheguem de maneira clara e objetiva, mas não menos científicos. Em segundo lugar, 
deixamos claro que este módulo é uma compilação das ideias de vários autores, 
incluindo aqueles que consideramos clássicos, não se tratando, portanto, de um 
artigo original. 
Ao final do módulo, além da lista de referências básicas, encontram-se muitas 
outras que foram ora utilizadas, ora somente consultadas e que podem servir para 
sanar lacunas que por ventura surgirem ao longo dos estudos. 
Desejamos que esta leitura insira neste mundo surpreendente da academia 
aqueles que estão começando uma carreira no magistério superior e aos que 
buscam uma especialização para acrescentar conhecimentos, que seja 
oportunidade de refletir, reavaliar e renovar sua prática pedagógica. 
Boa leitura e bons estudos a todos! 
 
 
5 
 
Definindo didática e metodologia 
 
A Didática é o principal ramo de estudos da Pedagogia. Investiga os 
fundamentos, condições e modos de realização da instrução e do ensino. Converte 
objetivos sociopolíticos e pedagógicos em objetivos de ensino, seleciona conteúdos 
e métodos em função desses objetivos, estabelece os vínculos entre o ensino e a 
aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das capacidades mentais dos 
alunos. 
Juntamente com as metodologias específicas das matérias do ensino formam 
uma unidade, mantendo entre si relações recíprocas. A Didática trata da teoria geral 
do ensino. As metodologias específicas, integrando o campo da Didática, ocupam-se 
dos conteúdos e métodos próprios de cada matéria na sua relação com os fins 
educacionais (LIBÂNEO,1994). 
A metodologia compreende o estudo dos métodos, e o conjunto dos 
procedimentos de investigação das diferentes ciências quanto aos seus 
fundamentos e validade, distinguindo-se das técnicas que são a aplicação 
específica dos métodos. No campo da Didática, há uma relação entre os 
métodos próprios da ciência que dá suporte à matéria de ensino e os 
métodos de ensino. A metodologia pode ser geral (por ex., métodos 
tradicionais, métodos ativos, método da descoberta, método de solução de 
problemas etc.) ou especifica, seja a que se refere aos procedimentos de 
ensino e estudo das disciplinas do currículo (alfabetização, Matemática, 
História etc.), seja a que se refere a setores da educação escolar ou extra-
escolar (educação de adultos, educação especial, educação sindical etc.). 
Técnicas, recursos ou meios de ensino são complementos da metodologia, 
colocados à disposição do professor para o enriquecimento do processo de 
ensino. Atualmente, a expressão “tecnologia educacional” adquiriu um 
sentido bem mais amplo, englobando técnicas de ensino diversificadas, 
desde os recursos da informática, dos meios de comunicação e os 
audiovisuais até os de instrução programada e de estudo individual e em 
grupos (LIBÂNEO, 1994, p. 53). 
 
Uma vez que a finalidade do processo de ensino é proporcionar aos alunos os 
meios para que assimilem ativamente os conhecimentos, precisamos entender que 
o trabalho docente passa pela relação cognoscitiva com o aluno, ou seja, o 
professor não tem
Página123456789...17