A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
35 pág.
REVISÃO   TÓPICOS INTERDICIPLINARES

Pré-visualização | Página 6 de 7

rumo a industrialização. Nesse momento, é justo apontar que, na medida em que o trabalho no campo era árduo, a vida na zona rural sem perspectiva de melhora (a seca no Nordeste uma verdadeira praga) e a mecanização já provocava perda de postos de trabalho, grande parcela dos trabalhadores rurais foram atraídos para as cidades com a ilusão de trabalhar nas fábricas que cresciam. Esse fenômeno de grande escala em que massas de trabalhadores rurais fugiram do campo para as cidades é chamado de:
 
	
	
	
	
	Pauperização
 
	
	
	Imigração desordenada
	
	
	Fuga do campo
	
	 
	Êxodo rural.
	
	
	Superprodução urbana
	
	
	
		
	
		7.
		Grande parte do produto do trabalho dos trabalhadores do campo vira mercadoria que irá para o mercado. Assim, é do campo que vem a alimentação de quem vive na cidade, mas, por outro lado, é a cidade quem fornece as ferramentas, os artigos industrializados e a tecnologia para essa produção de alimentos. Nesse caso, quem produz estas mercadorias para o mundo rural são:
 
	
	
	
	
	Os funcionários públicos
	
	
	Os financistas
	
	 
	Os trabalhadores urbanos
	
	 
	Os produtores agroindustriais
 
 
	
	
	Os comerciantes
	
	
	
		
	
		8.
		Avalie as seguintes afirmativas: I - Em seu sentido mais amplo, a estratégia de desenvolvimento sustentável visa a promover a harmonia entre os seres humanos e a humanidade e a natureza; II - O desenvolvimento é considerado sustentável quando objetiva o aumento da produção a qualquer custo, independentemente dos impactos ambientais; III - O desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem a suas próprias necessidades.
	
	
	
	
	Apenas a afirmativa I está correta.
	
	 
	Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
	
	
	Apenas a afirmativa III está correta.
	
	
	Todas as afirmativas estão corretas.
	
	
	Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
	
	
	
		1.
		"__________ representa um sistema político no qual as pessoas de um país podem participar ativamente da vida política, ou seja, da vida da pólis (cidade, em grego)." Assinale a alternativa que preencha corretamente a lacuna:
	
	
	
	 
	Democracia
	
	
	Ética
	
	
	Globalização
	
	
	Sociedade
	
	
	Sociodiversidade
	
	
	
		
	
		2.
		Entre os séculos I e II a.C., no Reino de Israel, dominado pelos romanos, havia um movimento político armado que promovia resistência aos invasores que tentavam proteger a tradição judaica, e do seu setor mais radical, os sicários (homens de punhal), utilizava práticas vinculadas ao terror através do assassinato, tanto de autoridades romanas como dos próprios hebreus que colaboravam com a ocupação. Esse grupo armado que promoviam atos de terror contra os romanos eram chamados de:
	
	
	
	
	Xiitas
	
	 
	Zelotes
	
	
	Jacobinos
	
	
	Palestinos
	
	
	Sunitas
	
	
	
		
	
		3.
		Na Índia, sob o domínio do Império Britânico entre os 1763 a 1856, havia uma fraternidade secreta de assassinos e ladrões indianos, formada por hindus, sihks e muçulmanos que emboscavam autoridades britânicas e viajantes indianos endinheirados. Essa fraternidade era formada pelos:
	
	
	
	
	Carlistas
	
	
	Huguenotes
	
	
	Sandinistas
 
 
	
	 
	Thugs
 
	
	
	Zelotes
	
	
	
		
	
		4.
		(IBMEC) Em 2006, o grupo Hamas venceu as eleições na Palestina. Sobre esse grupo, é correto afirmar que:
	
	
	
	 
	Surgiu como um grupo armado de resistência à ocupação israelense, mas abandonou os atentados suicidas após a retirada de colonos israelenses da Faixa de Gaza, voltando-se para a ação política.
	
	
	Surgiu em 1987, no início da primeira Intifada, com o objetivo de combater a ocupação israelense. Ao longo de sua história, cometeu uma série de atentados suicidas contra alvos israelenses, sendo considerado um grupo terrorista.
	
	 
	Surgiu na segunda Intifada como um movimento de resistência islâmica para lutar contra a existência do Estado de Israel. Atentados suicidas foram cometidos pelo braço armado do grupo, as brigadas de Al-Aqsa.
	
	
	Foi grande fiador político dos Acordos de Oslo entre os palestinos. Seu fundador, o Sheikh Yassin, empenhou-se pelas conversações com Israel e Estados Unidos, opondo-se ao grupo Fatah.
	
	
	Foi criado por Yasser Arafat na primeira Intifada, sempre esteve dividido entre um braço político e outro armado. Enquanto, o braço armado foi responsável por atentados contra Israel, o braço político disputa eleições parlamentares.
	
	
	
		
	
		5.
		Nos sul dos EUA, após a guerra da secessão, foi fundada em 1867 uma organização criminosa de cunho racista de brancos sulistas, que se escondiam atrás de capuzes brancos para aterrorizar os negros recém-libertos (queimando as igrejas e casas dos negros, aprovando leis discriminatórias como a proibição de votar, promovendo linchamentos públicos etc.), impedindo os negros de terem seus direitos civis reconhecidos. Tal denominação de cunho terrorista é denominada de:
	
	
	
	
	Talibãs
	
	
	Grande Mississipi
	
	
	Zelotes
 
	
	 
	Ku Klux Klan
	
	
	Huguenotes
	
	
	
		
	
		6.
		Desde a Antiguidade, na civilização ocidental, diversos exemplos podem ser citados a respeito de ações vinculadas à utilização do terror como forma privilegiada de ação ou reação, sobretudo como forma de demonstrar a revolta dos povos oprimidos contra seus opressores ou como método utilizado para intimidação de:
	
	
	
	
	Norte-americanos e russos
	
	
	Árabes e judeus
 
	
	 
	Inimigos ou opositores
	
	
	Malfeitores e bandoleiros
	
	
	Adversários e fieis
	
	
	
		
	
		7.
		O Brasil é signatário, no âmbito da Organização dos Estados Americanos (OEA), ao ter optado por uma política de combate ao terrorismo em forma de cooperação entre os Estados. O Brasil ratificou essa Convenção em 2005, tendo como base o princípio de segurança coletiva na América, consagrado na Declaração sobre Segurança das Américas, em 2003. Nesse sentido, é correto que este tratado foi chancelado pela:
	
	
	
	
	Convenção Supra Americana em prol da Paz
	
	
	Convenção Pan-americana de luta Contra o Terror
	
	
	Convenção Americana de Combate ao Terror
	
	 
	Convenção Interamericana de Combate ao Terrorismo
	
	
	Convenção Antiterror nas Américas
	
	
	
		
	
		8.
		Na França, durante a revolução burguesa de 1789, particularmente entre 1793 a 1794, o Reino do Terror imposto por um grupo liderado pelos revolucionários Robespierre e Saint Just para esmagar a contrarrevolução. Esse grupo foi denominado de;
	
	
	
	 
	Jacobinos
	
	
	Montanheses
	
	 
	Bonapartistas
	
	
	Terroristas
 
	
	
	Dantonistas
		1.
		A garantia da inclusão digital para todos os cidadãos revela-se como um fator de transformação social, pois seus reflexos vão se traduzir de maneira singular e revolucionária, que impacta diretamente na realidade da população. Razão pela qual, o Estado tem por obrigação planejar, incrementar e gerir projetos com a finalidade de incluir as camadas de baixa renda nesse mundo virtual. A partir do artigo 5º de nossa Constituição Federal, caput, esse tipo de Estado que tem tais preocupações com seus cidadão é conhecido pela expressão:
 
	
	
	
	 
	Estado Democrático de Direito
	
	 
	Estado Social
	
	
	Estado de Direito
	
	
	Estado Liberal

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.