A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Resumo Psicologia da Personalidade

Pré-visualização | Página 1 de 3

ESTUDO DIRIGIDO - PSICOLOGIA DA PERSONALIDADE
Defina personalidade de acordo com as distintas visões.
Podemos definir personalidade como conjunto de qualidades, características específicas do indivíduo que implicam também em aspectos únicos ou individuais do comportamento.
Como é que você poderia dizer o que seria a abordagem por tipos? 
Os tipos de personalidade são categorias de pessoas com características similares. Em geral, um pequeno número de tipos é suficiente para descrever todas as pessoas. Cada pessoa é ou não é membro de uma categoria de tipos.
Quais as diferenças entre abordagens de tipos e traços? Justifique e explique.
A personalidade pode ser definida como as causas subjacentes do comportamento e da experiência individual que existem dentro da pessoa. Podemos escolher entre classificar as pessoas dentro de um número limitado de grupos – utilizando uma abordagem por tipos; ou decidir que dimensões são necessárias e descrever as pessoas dizendo quantas das dimensões básicas elas possuem – esta seria uma abordagem por traço
As abordagens de tipo diferem das abordagens de traços de duas maneiras: TRAÇOS Referem-se a pequenas “partes” da personalidade; os tipos respondem por toda a personalidade.
Quando a gente compara ou estuda pessoas segundo as teorias da personalidade?
Abordagens nomotéticas permitem a comparação de uma pessoa com a outra utilizando traços ou tipos de personalidade. Esta é a abordagem mais comum na investigação da personalidade. Grupos de indivíduos são estudados e as pessoas são comparadas pela aplicação dos mesmos conceitos a cada pessoa.
 5) O que significa a palavra idiografia?
Consiste no estudo de um indivíduo por vez, sem fazer comparações com outras pessoas
 6) Quando estudamos personalidade alguns autores a classificam segundo critério de dinâmica. Explique o que seria e como seria este critério. 
Mecanismos pelos quais a personalidade se expressa, enfocando, muitas vezes, as motivações que orientam o comportamento. Uma teoria da personalidade precisa explicar a dinâmica, o desenvolvimento da mesma, bem como fornecer conceitos descritivos, como os traços. A dinâmica da personalidade inclui adaptação ou ajustamento dos indivíduos às exigências da vida e, portanto, tem implicações para a saúde mental.
 7) O que você entende por desenvolvimento da personalidade através da classificação de adaptação e ajustamento? 
As situações requerem que se lide com elas. A personalidade implica uma maneira individual de lidar com o mundo, de se adaptar às exigências e oportunidades do meio. Essa ênfase reflete a associação entre as teorias de personalidade e a psicologia clínica.
 8) Relacione em um quadro sinóptico as diferentes perspectivas de personalidade de acordo com o foco de cada uma delas.
	
PERSPECTIVA
	
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
	
Psicanalítica
	Observação das influências inconscientes; importância dos impulsos sexuais mesmo em esferas não sexuais.
	
Neoanalítica
	Ênfase no self em sua luta para lidar com emoções e impulsos no mundo interior e exigências de outras pessoas no mundo exterior.
	
Biológica
	Enfoque nas tendências e nos limites impostos pela herança
	
Behaviorista
	Envolve uma análise mais científica das experiências de aprendizagem que modelam
	
Cognitivista
	Captura a natureza ativa do pensamento humano; emprega o conhecimento moderno
	Traço
	Utiliza técnicas eficientes na avaliação do indivíduo.
	
Humanista
	Enfatiza a luta pela autossatisfação e pela dignidade
	
Interacionista
	Reconhece que temos diferentes personalidades em diferentes circunstâncias
.
 9) Quais são os principais métodos de estudo da personalidade? 
inventários de auto-relatos: as pessoas relatam sobre si mesmas respondendo a perguntas sobre o seu comportamento e sensações em várias situações. Esse tipo de teste é mais objetivo e não pode ser influenciado por tendências pessoais ou teóricas. 
Técnicas projetivas: tentam investigar o inconsciente. São mais subjetivas e consideradas de baixa confiabilidade, pois o resultado depende da examinação subjetiva do examinador. Ex.: Técnica do borrão de Rorschach, Técnica do borrão de Holtzman, TAT.
Entrevistas clínicas: também utilizadas para avaliar a personalidade, sendo sua interpretação também subjetiva. As informações são obtidas fazendo-se perguntas sobre as experiências de vida, relacionamentos familiares e sociais e os problemas que o levaram a procurar ajuda psicológica.
Avaliação comportamental: um observador avalia as respostas de uma pessoa em uma situação específica.
Amostragem de idéias: as pessoas registram suas próprias idéias, sistematicamente, durante um determinado período de tempo.
 10) De acordo com Freud, quais são os determinantes na construção da personalidade? Explique e qualifique esses determinantes. 
A constituição da personalidade de cada indivíduo é determinada, em grande parte, pelo modo como se dá a relação entre o princípio de prazer e o princípio de realidade. O impulso sexual, melhor dizendo, a vivência da sexualidade, desempenha um papel importante na formação da nossa personalidade. De tal modo assim é que, numa perspectiva psicodinâmica, a evolução da personalidade corresponde a um desenvolvimento psicossexual.
Esse desenvolvimento divide-se em vários estágios, denominados segundo os órgãos ou zonas do corpo que são fontes de prazer erótico. Os primeiros anos de infância – os três primeiros estádios – determinarão aquilo que o indivíduo será, ou seja, as características principais da personalidade, estabelecem-se na fase em que o meio familiar é a fonte de prazer, de segurança, dos modelos comportamentais, mas também o lugar de conflito, frustração e traumas decisivos.
A constituição de uma personalidade equilibrada exige a ultrapassagem positiva de cada um destes estágios infantis do desenvolvimento. Isso implica que não se verifique a fixação em nenhum deles.
A fixação bloqueia o desenvolvimento psicossexual, daí resultando diversas desordens e perturbações comportamentais e quanto mais intenso for menor o nosso grau de maturidade quanto adultos.
 11) Quais as principais estruturas, segundo Freud, responsáveis pela construção da personalidade. Explique cada uma levando em consideração o modo como surgem e qual responsabilidade de cada uma delas na formação da personalidade. 
Id
O id é o sistema original da personalidade, a matriz o qual se originam o ego e o superego. O id é o reservatório inconsciente das pulsões, as quais estão sempre ativas. Ele está diretamente relacionado à satisfação das necessidades corporais. Para Freud, ele age de acordo com o princípio do prazer.
Ego
As características do processo secundário (raciocínios maduros necessários para lidar racionalmente com o mundo exterior) estão contidas no ego, que é a segunda estrutura da personalidade freudiana e o mestre racional da personalidade. Enquanto o id obedece ao princípio do prazer, o ego obedece ao princípio da realidade. “O objetivo do princípio da realidade é evitar a descarga de tensão até ser descoberto um objeto apropriado, para a satisfação da necessidade.” (HALL, LINDZEY, CAMPBELL, 1998, p. 54).
O ego controla o acesso à ação e decide que instintos serão satisfeitos e de que maneira. Ele é a porção organizada do id, e existe para atingir os objetivos do id e não frustrá-los.
Superego
O último sistema da personalidade a se desenvolver é o superego, força moral da personalidade, obtida por meio da introjeção dos valores e padrões dos pais e da sociedade. “Ele é o representante interno dos valores tradicionais e dos ideais da sociedade conforme interpretados para a criança pelos pais e impostos por um sistema de recompensas e punições” (HALL, LINDZEY, CAMPBELL, 1998, p. 54).
A principal preocupação do superego é decidir se uma coisa é certa ou errada, para poder agir de acordo com os padrões morais da sociedade, desenvolvendo-se em respostas às