A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ARQUEOLOGIA UNINTER

Pré-visualização | Página 1 de 1

09/07/2018 AVA UNIVIRTUS
http://univirtus-277877701.sa-east-1.elb.amazonaws.com/ava/web/#/ava/AvaliacaoUsuarioHistorico/273574/novo/2/ 1/2
Questão 1/2 - Arqueologia
Considere o fragmento a seguir: 
 
“A arqueologia tem passado, nas últimas décadas, por grandes mudanças epistemológicas e, por 
consequência, em seus aspectos sociais. [...] Na esteira do feminismo, das lutas sociais diversas 
pelos direitos civis, contra o colonialismo e pela diversidade étnica, religiosa e sexual, a disciplina 
não deixou de responder aos novos tempos”. 
 
 
 
Com base no fragmento de texto e nos conteúdos do livro-base Arqueologia, Patrimônio Material 
e Legislação: Conceitos, Aplicações e Perspectivas, indique o período em que a Arqueologia 
se constituiu como campo autônomo do conhecimento:
Nota: 50.0
A Egito Antigo
B Século XVIII
C Idade Média
D Antiguidade Clássica
E Século XX
Questão 2/2 - Arqueologia
Considere o fragmento de texto a seguir: 
 
“Longe de ser apenas um reflexo da cultura, ela a constitui ativamente do mesmo modo, mais que 
um reflexo direto do comportamento, ela age de volta sobre ele, com seu poder transformador, 
como parte das estratégias de negociação social”. 
 
 
 
Após está avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FUNARI, P. P. Arqueologia no Brasil e no 
mundo: origens, problemas e tendências. Ciência e Cultura, São Paulo, v. 65, n. 2, p. 23-25, abr./jun., 2013. p. 23.
Você acertou!
“Arqueologia é uma ciência relativamente recente. Apesar de o homem
sempre ter tido o hábito de colecionar objetos do passado como uma
forma de rememorar e conhecer quem veio antes de si, o estudo
sistemático desse passado por meio de métodos e técnicas de
compreensão da cultura material é algo que remonta ao século XVIII,
no contexto do que a história chama de Período das Revoluções” (livro-
base, p. 33).
Após está avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Lima, T. A. Cultura material: a dimensão concreta das relações sociais. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 6, n. 1, p. 11-23, jan./abr., 2011. 
p. 19.
09/07/2018 AVA UNIVIRTUS
http://univirtus-277877701.sa-east-1.elb.amazonaws.com/ava/web/#/ava/AvaliacaoUsuarioHistorico/273574/novo/2/ 2/2
Com base nos conteúdos do livro-base Arqueologia, Patrimônio Material e Legislação: 
Conceitos, Aplicações e Perspectivas, indique qual das alternativas se refere a uma corrente da 
Arqueologia cujas características foram citadas no fragmento de texto exposto acima.
Nota: 50.0
A Darwinismo
B Humanismo
C Colonialismo
D Pós-Processualismo
E Evolucionismo
 
Você acertou!
Nesta vertente da Arqueologia a cultura material é encarada como um
texto que pode ser lido e interpretado no presente. O Pós-
Processualismo introduz um novo aporte teórico, dialogando com o
marxismo, semiótica e estruturalismo que “[...] possibilitou à
Arqueologia observar os indivíduos como agentes e constatar que, se
estes atuam na sociedade, obviamente a cultura material legitima
posições sociais, reforça conceitos de gênero e explicita situações
políticas” (livro-base, p. 58).