RESUMÃO AV3 - Org e Políticas de Saúde
13 pág.

RESUMÃO AV3 - Org e Políticas de Saúde


DisciplinaOrganização e Políticas de Saúde2.105 materiais12.988 seguidores
Pré-visualização7 páginas
(SIM) é: 
R: Declaração de Óbito. 
 
4. O elemento fundamental para alimentar o sistema de informação sobre Nascidos Vivos (SINASC) é: 
R: Declaração de nascido vivo. 
 
5. A Organização Mundial da Saúde define Sistema de Informação em Saúde SIS como um mecanismo de: 
R: Coleta, processamento, análise e transmissão da informação. 
 
6. Os coeficientes mais utilizados na área da saúde baseiam-se em dados sobre doenças (morbidade) e sobre eventos 
vitais (nascimentos e mortes). Os coeficientes de morbidade são: 
R: Coeficiente de prevalência, coeficiente de incidência, coeficiente de letalidade. 
 
7. Os dados obtidos em saúde servem de material para a produção de: 
R: Informação. 
 
8. O Coeficiente de Mortalidade Geral é utilizado na avaliação: 
R: Do estado sanitário de áreas determinadas. 
 
9. Os principais dados para análise de situação de saúde são: 
I. População (número de habitantes, idade, sexo, raça, etc.). 
II. Socioeconômicos (renda, ocupação, classe social, tipo de trabalho, condições de moradia e alimentação). 
III. Ambientais (poluição, abastecimento de água, tratamento de esgoto, coleta e disposição do lixo). 
IV. Serviços de saúde (hospitais, ambulatórios, unidades de saúde, acesso aos serviços). 
Estão CORRETAS as afirmativas: R: I, II, III, IV. 
10. Leia as assertivas abaixo sobre Planejamento em saúde: 
I. O planejamento em saúde é um instrumento de gestão que permite aperfeiçoar o desenvolvimento Institucional, 
ou seja, melhora o desempenho, aperfeiçoa a produção e consequentemente eleva a eficácia e eficiência dos 
sistemas. 
II. O planejamento em saúde deve estar voltado para o futuro, às necessidades de saúde mudam de acordo com as 
mudanças ocorridas em uma sociedade, deve ter objetivos determinados, ter um foco para atuação e ter caminhos 
ou ações alternativas para a ação, isto é pensar estrategicamente. 
III. A informação não serve de insumo para o planejamento. 
IV. O plano não serve para o detalhamento deste processo, isto é, não serve como detalhamento entre a situação 
atual e a desejada. 
Estão CORRETAS as assertivas: R: I e II. 
 
11. O planejamento em saúde é um instrumento de gestão que permite aperfeiçoar o desenvolvimento Institucional, ou 
seja, melhora o desempenho, aperfeiçoa a produção e consequentemente eleva a eficácia e eficiência dos sistemas. 
Dentre as afirmativas abaixo, assinale a que está INCORRETA em relação ao planejamento em saúde: 
R: Planejamento normativo ou de políticas => é responsabilidade do nível local do sistema; no caso do setor da 
saúde, de competência do diretor da Unidade de Saúde. 
 
12. A Organização Mundial da Saúde define Sistema de Informação em Saúde - SIS como um mecanismo de coleta, 
processamento, análise e transmissão da informação necessária para se planejar, organizar, operar e avaliar os 
serviços de saúde. É necessário existir mais de um sistema de informação para podermos registrar os diversos tipos 
de dados obtidos. É necessário o conhecimento de todos os passos de cada etapa de um sistema de informações 
para assegurar a fidedignidade das bases de dados e a sua utilização total. Com base nessas informações, identifique 
quais sistemas de informação apresentados a seguir estão classificados CORRETAMENTE: 
I. SIM - Sistema de Informação sobre Mortalidade. 
II. SINASC - Sistema de informação sobre Nascidos Vivos. 
III. SINAN - Sistema de Informação sobre Agravos de Notificação. 
IV. SIA - Sistema de Informações Ambientais. 
V. SIAB - Sistema de Informação da Atenção Básica. 
R: I, II, III e V. 
 
Subjetivas: 
 
1. A Constituição de 1988 aprovou os mais importantes princípios da Reforma Sanitária. Criou o SUS. Cite e conceitue os princípios 
doutrinários do SUS. 
Resposta: universalidade, Equidade e Integralidade. 
Universalidade: é a garantia de acesso ao serviço de saúde e o sistema tem que oferecer a todo e qualquer cidadão, independente 
de raça, renda, emprego, moradia, etc. 
Equidade: o sistema tem que atender o cidadão no que ele necessitar, more onde morar e observar as necessidades de cada um, 
porque uns precisa de cuidados diferente. 
Integralidade: o cidadão tem que ser assistido em toda sua necessidade, tem que ser visto como um todo. 
 
2. A Organização Mundial da Saúde define Sistema de Informação em Saúde - SIS como um mecanismo de coleta, processamento, 
análise e transmissão da informação necessária para se planejar, organizar, operar e avaliar os serviços de saúde. Os dados 
obtidos em saúde servem de material para a produção de informação. A vigilância epidemiológica trabalha com a coleta, análise e 
disseminação de informações relevantes para a prevenção e o controle de um problema de saúde pública. Assim sendo, ela 
depende que os dados cheguem para dar a continuidade ao processo de trabalho. O Sistema de Informação de Agravos de 
Notificação - SINAN é de fundamental importância para a Epidemiologia, esse sistema é alimentado com os dados provenientes de 
onde? 
Resposta: O Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN, é alimentado principalmente, pela notificação e 
investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista nacional de doenças de notificação compulsória. (Portaria Nº 104 
de 25 de janeiro de 2011). 
 
3. O modelo de atenção à saúde no Brasil tem sido historicamente marcado pela predominância da assistência médica curativa e 
individual e pelo entendimento de saúde como ausência de doença. Com a criação do Programa de Saúde da Família, o modelo 
assistencial de saúde adotado para atender a nova lógica da assistência primária no Brasil é? 
Resposta: Vigilância em saúde. 
 
4. Na segunda metade da década de 70 iniciou-se a reorganização de sindicatos, partidos políticos e associações de moradores e na 
saúde surgindo um movimento chamado à época de Movimento Sanitário. Profissionais universitários e do CEBES, principalmente, 
discutiram e elaboraram as bases teóricas do projeto de transformação, a partir de experiências positivas de outros países. A 
proposta elaborada pelo Movimento Sanitário foi? 
Resposta: Sistema público descentralizado; Universalização do direito à saúde; Integração de ações preventivas e curativas; 
Democrática participação da população.
Cida
Cida fez um comentário
Obrigada
0 aprovações
Thiago
Thiago fez um comentário
Top
0 aprovações
Lari
Lari fez um comentário
Queria ver
0 aprovações
Gabriela
Gabriela fez um comentário
Tem como mandar pelo whatsapp?
0 aprovações
lucas
lucas fez um comentário
parabéns, muito boa essa postagem.
3 aprovações
Carregar mais