QUESTÕES PENAL FIXAÇÃO
39 pág.

QUESTÕES PENAL FIXAÇÃO


DisciplinaDireito Penal III8.428 materiais67.563 seguidores
Pré-visualização7 páginas
1- Considerando os crimes contra a vida, assinale a alternativa INCORRETA.
a) A vida é tratada nesse tópico tanto na forma intra (biológica) quanto extra-uterina, protegendo-se, desse modo, o produto da concepção (esperança de homem) e a pessoa humana vivente.
b) O dolo do homicídio pode ser direto (o agente quer o resultado) ou eventual (o agente assume o risco de produzi-lo).
c) A Lei nº 13.104/2015 inseriu o inciso VI no art. 121 do Código Penal: o feminicídio, entendido como a morte de mulher em razão da condição do sexo feminino (leia-se, violência de gênero quanto ao sexo).
d) Infanticídio, segundo dispõe o Diploma Penal Brasileiro, é matar o próprio filho independentemente da condição fisiopsicológica do sujeito ativo.
2- No que se refere aos crimes contra a pessoa, assinale a opção correta.
a) Ocorre o feminicídio quando o homicídio é praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino, como quando o crime envolve a violência doméstica e familiar ou o menosprezo ou a discriminação à condição de mulher.
b) A pena pela prática do homicídio doloso simples será aumentada de um terço se o agente deixar de prestar imediato socorro à vítima, não procurar diminuir as consequências do seu ato ou fugir para evitar a prisão em flagrante.
c) Em se tratando de homicídio doloso simples, o juiz poderá deixar de aplicar a pena caso as consequências da infração atinjam o próprio agente de forma tão grave que a sanção penal se torne desnecessária.
d) A pena do feminicídio poderá ser aumentada se o crime for praticado durante a gestação ou nos seis meses posteriores ao parto. 
3- Mariana, menor de 13 anos, grávida de 2 meses, pretende realizar aborto por não desejar a criança, uma vez que não sabe quem é o pai do bebê concebido. Maridete, parteira conhecida da família de Mariana, realiza o aborto com autorização da menor. A conduta de Maridete, ao provocar o aborto, é passível de pena de 
a) detenção de um a quatro anos. 
 
b) detenção de três a dez anos. 
 
c) reclusão de três a dez anos. 
 
d) reclusão de um a três anos. 
 
e) reclusão de quinze a vinte anos. 
4- João decide agredir fisicamente Pedro, seu desafeto, provocando-lhe vários ferimentos. Porém, durante a luta corporal, João resolve matar Pedro, realizando um disparo de arma de fogo contra a vítima, sem contudo, conseguir atingi-lo. A polícia é acionada, separando os contendores. Diante do caso hipotético, João responderá 
 
a) apenas por lesões corporais. 
 
b) apenas por tentativa de homicídio. 
 
c) por rixa e disparo de arma de fogo. 
 
d) por lesões corporais consumadas e disparo de arma de fogo. 
 
e) por lesões corporais consumadas e homicídio tentado. 
5- Mário e Mauro combinam a prática de um crime de furto a uma residência. Contudo, sem que Mário saiba, Mauro arma-se de um revólver devidamente municiado. Ambos, então, ingressam na residência escolhida para subtrair os bens ali existentes. Enquanto Mário separava os objetos para subtração, Mauro é surpreendido com a presença de um dos moradores que, ao reagir a ação criminosa, acaba sendo morto por Mauro. Nesta hipótese 
 
a) Mário e Mauro responderão pela prática de latrocínio. 
b) Mário e Mauro responderão pela prática de furto. 
c) Mário responderá pela prática de furto simples e Mauro responderá pela prática de furto qualificado. 
d) Mário responderá apenas pelo furto e Mauro responderá pela prática dos crimes de porte ilegal de arma de fogo, furto e homicídio. 
e) Mário responderá pela prática de furto e Mauro pelo crime de latrocínio. 
6- Acerca do crime de homicídio, assinale a alternativa correta. 
a) Diante da relação de parentesco existente entre vítima e réu, alguém que mate o próprio pai após grave discussão praticará o crime de homicídio qualificado. 
b) De acordo com a doutrina majoritária, incidirá a qualificadora relativa ao emprego de veneno quando a vítima ingerir a substância forçadamente ou sem saber que o está ingerindo. 
c) O homicídio praticado por motivo insignificante é qualificado pelo motivo torpe.
d)O agente que praticar o crime de homicídio sob o domínio da violenta emoção logo após a injusta provocação da vítima poderá ter a sua pena reduzida de 1/6 (um sexto) a 1/3 (um terço) ou ser isento de pena em virtude da concessão do perdão judicial.
e) No crime de homicídio doloso, é predominante o entendimento que admite a coexistência das circunstâncias privilegiadoras com as qualificadoras de natureza objetiva.
7- "A" dispara dois tiros contra "B" que acabara de agredir violentamente seu marido. Entretanto, diante da imperícia de "A" no manuseio da arma de fogo, o tiro atinge "C", uma senhora de 80 anos, que vem a falecer. A esse respeito, é correto afirmar que "A" 
a) praticou o homicídio sob o abrigo da legítima defesa putativa de terceiro, excludente da ilicitude.
b) responderá por tentativa de homicídio privilegiado. 
c) responderá por homicídio privilegiado consumado.
d) responderá por tentativa de homicídio privilegiado contra "B" e homicídio culposo contra "C".
e) responderá por homicídio privilegiado consumado contra "B", qualificado por ser a vítima maior de 60 anos. 
8- No que tange aos crimes dolosos contra a vida, assinale a alternativa CORRETA. 
a) A qualificadora do feminicídio incide em todos os casos em que a vítima for mulher. 
b) O homicídio qualificado-privilegiado é crime hediondo.
c) A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal admite a antecipação terapêutica do parto de fetos como microcefalia.
d) O emprego de tortura pode qualificar o crime de homicídio ou caracterizar crime autônomo, dependendo do dolo do agente e das circunstâncias do caso concreto.
e) A prática da \u201croleta russa\u201d caracteriza o crime de instigação ao suicídio.
9- Horácio, traficante de drogas, é integrante de uma facção criminosa instalada em certa comunidade carente. Lucinda, ao seu turno, mora em comunidade dominada porfacção criminosa rival. Devido ao preço do aluguel, Lucinda se muda para a mesma comunidade de Horácio, que, ao descobrir a origem de Lucinda, decide matá-la. Assim, usando uma arma de fogo adquirida exclusivamente para aquela finalidade, Horácio vai à casa de Lucinda e derruba a porta. Após percorrer alguns cômodos, Horácio descobre o quarto de seu alvo, encontrando Lucinda sentada em uma cadeira de rodas. Só então descobre que a mulher é tetraplégica. Não obstante, Horácio coloca em prática sua intenção criminosa e mata a vítima com um tiro na testa. Considerando apenas as informações contidas no enunciado, pode-se dizer que Horácio praticou crime de: 
 
a) feminicídio majorado 
b) homicídio qualificado pelos motivos determinantes e pelo modo de execução. 
c) homicídio qualificado pelos motivos determinantes. 
d) homicídio qualificado pelo modo de execução. 
e) feminicídio 
10- Abigail, depois de iniciado parto caseiro, mas antes de completá-lo, sob influência do estado puerperal, mata o próprio filho. Abigail praticou crime de: 
a) homicidio qualificado.
b) consentimento para o aborto 
c) homicídio.
d) autoaborto.
e) infanticídio.
11- Márcia e Plínio se encontraram em um quarto de hotel e, após discutirem o relacionamento por várias horas, acabaram por se ofender reciprocamente. Márcia, então, querendo dar fim à
vida de ambos, ingressa no banheiro do quarto e liga o gás, aproveitando-se do fato de que Plínio estava dormindo. Em razão do forte cheiro exalado, quando ambos já estavam desmaiados, os seguranças do hotel invadem o quarto e resgatam o casal, que foi levado para o hospital. Tanto Plínio quanto Márcia acabaram sofrendo lesões corporais graves. Registrado o fato na delegacia, Plínio, revoltado com o comportamento de Márcia, procura seu advogado e pergunta se a conduta dela configuraria crime. Considerando as informações narradas, o advogado de Plínio deverá esclarecer que a conduta de Márcia configura crime de
A) lesão corporal grave, apenas.
B) tentativa de homicídio qualificado