NUTRIÇÃO ANIMAL - Exigências Nutricionais para Engorda de Bovinos em Confinamento

NUTRIÇÃO ANIMAL - Exigências Nutricionais para Engorda de Bovinos em Confinamento


DisciplinaNutrição Animal1.600 materiais31.022 seguidores
Pré-visualização2 páginas
volumoso que fica disponível à vontade no cocho.
Sendo o concentrado fornecido em quantidade controlada nos horários de refeição. 
Diariamente os cochos devem ser limpos, antes da primeira refeição do dia, para evitar que resíduos fermentados ou apodrecidos sejam consumidos pelos animais. 
4.2.1 Adaptação do Animal à Dieta
É muito importante que os animais sejam adaptados gradativamente à dieta do confinamento, especialmente aqueles mantidos anteriormente exclusivamente em pastagens. 
A não adaptação à dieta tem sido responsável por distúrbios como acidose e timpanismo nos confinamentos. Os alimentos novos da dieta devem ser incluídos à ração em proporções crescentes até atingirem a proporção final da ração 
balanceada a ser usada. 
4.2.2 Adaptação do Animal à Dieta
Em caso de necessidade de mudança de algum dos componentes da ração, esta deverá ser feita também de forma gradual, de maneira a permitir que a população microbiana do rúmen se adapte à nova dieta. É de grande importância ainda que a água fornecida aos animais seja de boa qualidade e esteja sempre disponível. 
Recomendação
Dependendo da dieta, são necessários de 15 a 30 dias para que o animal se adapte à dieta e o consumo de alimentos se estabilize. Não é desejável que durante a engorda em confinamento seja alterada a composição da ração. 
Considerações Finais
Conclui-se que, apesar de todo um procedimento a ser seguido em relação ao confinamento, a rentabilidade ao se implantar o mesmo é bastante significativa, porém seguindo todas as especificações de implantação, manutenção e dieta dos animais. Tendo assim um ganho em peso e um posterior mercado consumidor que cada vez mais está exigente quando se fala em produção de carnes.
OBRIGADO