Consumo de gua
12 pág.

Consumo de gua


DisciplinaSaneamento1.632 materiais6.555 seguidores
Pré-visualização1 página
06/10/2014
1
CONSUMO DE ÁGUA
Disciplina: Saneamento
Prof. Pedro Heller
Demandas em uma instalação 
para abastecimento de água
\u2022 doméstico, aquele necessário para as demandas no 
interior e no peridomicílio das unidades residenciais, de 
caráter prioritário;
\u2022 comercial, referente aos estabelecimentos comerciais 
distribuídos na área urbana; 
\u2022 público, referente ao abastecimento dos prédios 
públicos e das demandas urbanas como praças e 
jardins; 
\u2022 industrial, atendendo tanto as pequenas e médias 
indústrias localizadas junto às áreas urbanas, quanto 
aos grandes consumidores industriais. 
\u2022 perdas.
06/10/2014
2
Consumo de Água
\u2022\u2022 Tamanho da cidadeTamanho da cidade
\u2022\u2022 Características da cidadeCaracterísticas da cidade
\u2022\u2022 Tipos de indústriasTipos de indústrias
\u2022\u2022 Nível de vida da populaçãoNível de vida da população
\u2022\u2022 ClimaClima
\u2022\u2022 Existência ou não de hidrômetrosExistência ou não de hidrômetros
\u2022\u2022 Pressão e qualidade da redePressão e qualidade da rede
\u2022\u2022 Existência ou não de rede de esgotosExistência ou não de rede de esgotos
Fatores que interferem no consumo de uma comunidadeFatores que interferem no consumo de uma comunidade
Capacidade das unidades
400.86
)./()(
)/(
diahabLqpchabP
sLQ
×
=
06/10/2014
3
Parâmetros - quadro
\u2022 P \u2013 população
\u2022 qpc \u2013 consumo per capita (L/hab.dia)
\u2022 t- período de funcionamento da produção (h)
\u2022 qETA- consumo de água na ETA (%)
\u2022 K1 \u2013 coeficiente do dia de maior consumo (-)
\u2022 K2- coeficiente da hora de maior consumo(-)
\u2022 Qs \u2013 vazão singular do grande consumidor (L/s)
Previsão de População
\u2022\u2022 População FlutuantePopulação Flutuante: : afluxo maciço de afluxo maciço de 
pessoas nas férias, feriados, etc. A pessoas nas férias, feriados, etc. A 
previsão da população futura flutuante é previsão da população futura flutuante é 
feita pelos mesmos processos. Levantamfeita pelos mesmos processos. Levantam--
se dados estatísticos sobre ocorrências se dados estatísticos sobre ocorrências 
anteriores e pressupõeanteriores e pressupõe--se o crescimento se o crescimento 
futuro.futuro.
\u2013\u2013 Fins de semana (Águas de São PedroFins de semana (Águas de São Pedro--SP)SP)
\u2013\u2013 Verão (GuarujáVerão (Guarujá--SP)SP)
06/10/2014
4
População flutuante
Alcance de projeto
\u2022 alcances muito pequenos trazem como vantagem 
menores investimentos iniciais, mas como 
desvantagem a ocorrência de um menor período de 
tempo para arrecadação de tarifas e necessidade de 
novos investimentos em curto prazo;
\u2022 alcances muito longos implicam as desvantagens de 
investimentos muito elevados em uma primeira etapa, 
podendo ser incompatíveis com a disponibilidade 
financeira, e em grande ociosidade das unidades nos 
primeiros anos; e como vantagem o maior período de 
tempo para a arrecadação de tarifas.
06/10/2014
5
Consumo per capitaConsumo per capita
Tabela 3.11 - Descrição dos componentes das perdas que ocorrem nos sistemas de abastecimento de água, para efeito de composição do consumo per capita
Perdas físicas ou reais Perdas não físicas ou aparentes
Vazamentos nas tubulações de distribuição e das 
ligações prediais.
Extravasamento de reservatórios.
Operações de descargas nas redes de distribuição e 
limpeza de reservatórios.
Ligações clandestinas
By-pass irregular no ramal das ligações (\u201cgato\u201d).
Problemas de micromedição (hidrômetros inoperantes 
ou com submedição, fraudes, erros de leitura, 
problemas na calibração dos hidrômetros, entre 
outros).
p
mp
V
VV
IP
\u2212
=
(eq. 3.1)
em que:
IP = índice de perdas (%);
Vm = volume de água micromedido ou faturado;
Vp = volume de água macromedido, produzido ou disponibilizado para distribuição.
Usos da água 
\ufffd Consumo doméstico;
\ufffd consumo público;
\ufffd consumo industrial;
\ufffd consumo comercial;
\ufffd perdas de água.
10
\ufffd abundância ou escassez de 
mananciais;
\ufffd temperatura média local;
\ufffd escolaridade e renda da população;
\ufffd hábitos e costumes (cultura local);
\ufffd existência de micromedição e 
sistema de tarifas;
\ufffd intermitência ou regularidade de 
abastecimento;
\ufffd instalações hidráulico-sanitário dos 
imóveis (descargas sanitárias \u2013 12 
a 25 l \ufffd VDR: 7-9 l);
\ufffd pressões na rede.
06/10/2014
6
Consumo doméstico
11
\u2022Refere-se à ingestão, atividades higiênicas e de 
limpeza e preparo de alimentos
\u2022Escassez de água x doenças de transmissão hídrica
\u2022Aumento da disponibilidade e qualidade da água \u2013
redução de até 25% de doenças diarréicas
Consumo doméstico
12
Demanda domésticas:
\u2022Características físicas (temperatura e umidade do ar, precipitações)
\u2022Condições de renda domiciliar;
\u2022Características da habitação (área do terreno, área construída)
\u2022Características do abastecimento de água (pressão na rede, qualidade 
da água...)
\u2022Forma de gerenciamento (micromedição, tarifas...)
\u2022Características culturais da comunidade.
06/10/2014
7
Consumos de origem doméstica
Consumo comercial
\u2022 Reino Unido
06/10/2014
8
Consumo comercial
\u2022 Brasil
Consumo público
\u2022 Manutenção de parques e jardins, monumentos, aeroportos, terminais
rodoviários, limpeza de vias, prevenção de incêndios, além do
abastecimento de prédios públicos.
06/10/2014
9
Consumo industrial
Perdas de água
Físicas
(volumes não 
consumidos)
- Vazamentos
- Extravazamento
- Operações de 
descarga
Não-físicas
(volumes 
consumidos e não 
contabilizados)
Ligações 
clandestinas
Hidrometação
deficiente
18
\u2022IP- Índice de perdas
\u2022Vp \u2013 Volume produzido (macromedido)
\u2022Vm \u2013 Volume micromedido
IP = VP - Vm
VP
Perdas
06/10/2014
10
Valores típicos do consumo per capita de água
06/10/2014
11
Valores típicos do consumo per capita de água
119 124
103
120
76
114
266
210
149
173
136 134 128
206
123
112123113
73
128
109
99
18
157
139
0
50
100
150
200
250
300
R
R
A
P
A
M P
A
A
C
T
O P
I
M
A
R
N
C
E
P
B
A
L
P
E
S
E
B
A
R
J
E
S
M
G
S
P
S
C
R
S
P
R
D
F
G
O
M
S
Norte Nordeste Sudeste Sul Centro-Oeste
C
o
n
s
u
m
o
 p
e
r 
c
a
p
it
a
 d
e
 á
g
u
a
 
(L
/h
a
b
.d
ia
)
 
Figura 3.9 \u2013 Variações de consumo per capita de água para estados brasileiros. 
Valores típicos do consumo per capita de água
06/10/2014
12
Valores típicos do consumo per capita de água