RESUMO GERAL PARA AV
45 pág.

RESUMO GERAL PARA AV


DisciplinaTópicos em Libras Surdez e Inclusão3.552 materiais87.976 seguidores
Pré-visualização16 páginas
é uma área que estuda a língua em seu uso real, levando em consideração as relações entre a estrutura e os aspectos sociais e culturais da produção linguística, com base nesse conceito.
R: a libras como língua natural é uma instituição social, e portanto não pode ser estudada como uma estrutura autônoma, independente de contexto situacional da cultura e da história das pessoas que a utilizam como meio de comunicação.
Para Saussure, linguagem é uma faculdade humana, uma capacidade que os homens tem para produzir desenvolver, compreender a língua e outras manifestações simbólicas semelhantes. Desse modo marque a opção que se associa aos estudos de Saussure.
R: línguas dependem do cérebro humano, não do ouvido humano (EillianStokoe).
Com relação ao bilinguismo, pode-se afirmar que
R: é a melhor opção educacional para a criança surda. 
A comunidade surda tem características próprias e a língua de sinais, como as outras línguas tem a marca dessa cultura. As pessoas com surdez atuantes na comunidade surda participam então de duas culturas, a surda e a ouvinte isto é conhecido como.
R: bilinguismo e biculturismo
O artigo 4º da lei de diretrizes e bases da educação nacional (LDB) explica o dever do estado para com a efetivação da educação escolar publica indicando a oferta de atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com necessidades educacionais especiais, preferencialmente na rede regular de ensino. O artigo 59 ira explicar por sua vez o papel dos sistemas de ensino para que a permanência do aluno da educação especial ocorra num processo de igualdade com os demais alunos, desta forma pode-se afirmar que os procedimentos que devem estar presentes nas formulações das políticas educacionais são:
Currículos métodos, técnicas, recursos educativos, e organização específicos para atender as suas necessidades.
Terminalidade especifica para aqueles que não puderem atingir o nível exigido para a conclusão do ensino fundamental em virtude de suas deficiências, e aceleração para concluir em menor tempo o programa escolar para os superdotados.
Professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a integração
Várias perspectivas podem descrever a língua que privilegiam seus aspectos, suas formas de manifestação, etc. podemos por exemplo pensar na língua como um meio de comunicação, como uma estrutura, como um valor social, segundo a afirmativa supracitada tem-se que:
R: a libras é a língua de sinais usada pelos surdos brasileiros, quanto aos seus aspectos, é importante salientar que há variações em todos os níveis sociais, pois seu valor social difere a cada grupo, dentre os aspectos variações, se destacam o regionalismo e a faixa etária do surdo.
Marque a alternativa que mais corretamente descreve o sinal para a palavra SURDO.
R: uma das mãos assume a mesma configuração da letra d e toca a orelha e logo depois a boca.
Para as autoras Pizzo e Quadro as comunidades surdas por todo o mundo protagonizam fatos que podemos classificar como sociolinguísticos por natureza, marque a única opção INCORRETA.
R: A LIBRAS e as outras línguas de sinais ficam não alcançam os objetivos e abordagens das perspectivas sociolinguísticas.
A linguagem participa da constituição do pensamento e resulta sobre as funções mentais. A fala precisa se desenvolver como recurso necessário e interessante para a vida da criança. Segundo Vygostsky, o método oral.
R: é caracterizado como mecânico, artificial e treinamento árduo de articulação de sons.
Ensina a criança surda a pronunciar palavras e não a falar.
Em comparando a língua portuguesa, temos no sistema pronominal da libras a seguinte assertiva.
R: formado por três pessoas do discurso.
As deficiências são manifestações inseridas no contexto da Diversidade Humana. Assinale a opção INCORRETA.
R: a concepção de diversidade humana não legitima a crença de que todas as pessoas tem o direito de participar ativamente da sociedade.
Sobre a formação de sentenças em libras NÃO é correto afirmar que 
R: as sentenças svo não são muito comuns em libras e exemplos que usam esta ordem são considerados sempre gramaticais.
Sobre os adjetivos da libras é correto afirmar que.
R: apresentam fundamentos para formação de classificadores descritivos.
Com relação a identidade surda, é correto afirmar.
R: ser surdo é pertencer a um mundo de experiência visual.
Segundo a deliberação no 68/2007, do conselho estadual de educação de são Paulo os alunos que não puderem ser incluídos em classes comuns em decorrência de severa deficiência mental ou grave deficiência múltipla ou mesmo apresentarem comprometimento de aproveitamento escolar em razão de transtorno invasivo do desenvolvimento poderão contar, na escola regular em caráter excepcionalidade e transitoriedade com o atendimento em classe regida por professor especializado, observando o disposto no parágrafo único do art.4º desta deliberação. Esta situação segundo a deliberação deve ocorrer em caráter de excepcionalidade considerando-se que.
R: os recursos pedagógicos necessários para a manutenção do aluno em classe regular foram esgotados.
Cecilia Goes aponta o relato de gesueli (1988) sobre a alfabetização e as características dos textos elaborados por crianças surdas. Entre outras peculiaridades suas construções apresentam uma sequência de palavras que tende a desrespeitar a ordem convencional da língua portuguesa.
R: e os enunciados são compostos com predomínio de nomes que por vezes, substituem verbos.
Geralmente as pessoas estão acostumadas a associar língua ao uso de voz, assim quando se referem a língua de sinais, que exige uma associação entre a língua e os sinais, normalmente as pessoas apresentam concepções inadequadas a associação língua/sinais. Marque a opção que dismestifica tais concepções.
R: as línguas de sinais apresentam-se numa modalidade diferente das línguas orais ou seja são línguas que a produção e percepção discursiva não é estabelecida através do canal oral-auditivo, mas sim visual-espacial.
Em informação linguística (IL) tem-se que as frases em libras, muitas vezez omitem algumas palavras que são usadas na língua portuguesa em outras palavras são construções sineticas, econômicas, quer um exemplo: em português dizemos qual o seu nome, em linbras basta sinalizar;
R: seu nome
Politicas linguísticas e educacionais quando assumidas sem um entendimento mais aprofundado dos contextos socieconomicos e culturais dos quais emergem, corre o risco de elas mesmas transformarem-se em:
R: estratégia de manutenção do preconceito.
A lei de libras também conhecida como:
R: lei 10.436
O sinal pessoal de apresentação pode ser entendido, segundo descrito na IC (informação cultural) como:
R: como um batismo
No que diz respeito a linguística das línguas de sinais, assinale a alternativa INCORRETA.
R: as línguas de sinais são sistemas linguísticos que derivam das línguas orais e que fluíram de uma necessidade natural de comunicação entre as pessoas surdas.
Para identificar uma pessoa surda que não usa a língua de sinais e faz leitura labial é adequado utilizar como.
R: surdo oralizado.
A respeito dos sujeitos que dominam e usam a libras, são:
R: sinalizantes
Surdo é aquela pessoa que, com surdez congênita ou adquirida na infância, assuma uma identidade surda, num processo de endoculturaçãolinguagem e aos elementos culturais de uma determinada comunidade surda. Para ele:
R: a língua de sinais é sua língua natural e deve ser aprendida como sua primeira língua 
Assim, durante quase um século (1880 -1960) o discurso sobre a surdez centrou-se no abafar, no inferiorizar, no descaracterizar as diferenças [...]determinando o desenvolvimento de abordagens clínicas e práticas pedagógicas que buscavam o apagamento da surdez [...]" (LODI, 2005, p.416). Esse trecho refere-se a um comportamento social:
 R: Excludente, pois a "colonização" social,