Simulado 1
4 pág.

Simulado 1


DisciplinaEducação Especial12.968 materiais329.863 seguidores
Pré-visualização2 páginas
2/10/2014 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_ead_ens_preview.asp?cript_hist=260882200 1/4
 EDUCAÇÃO ESPECIAL
Simulado: CEL0249_SM_201407310496 V.1 Fechar
Aluno(a): VITOR DOS SANTOS RIBEIRO Matrícula: 201407310496
Desempenho: 7,0 de 8,0 Data: 02/10/2014 17:57:52 (Finalizada)
 1a Questão (Ref.: 201407383390) Pontos: 1,0 / 1,0
Patrícia é mãe de Fernanda, uma menina de 5 anos de idade que sofreu de Paralisia Cerebral e apresenta um
comprometimento motor acompanhado de deficiências sensoriais na audição e na visão. Na última reunião de
colégio ela foi convidada a retirar sua filha, pois a escola alegava não ter profissionais adequados para o trabalho
com crianças portadoras de necessidades especiais. Qual das providenciais abaixo deveria ter sido tomada pela
escola para assegurar uma boa inclusão de Fernanda.
Fernanda deve continuar na escola e ter adaptações em sua mesa onde escreve, pois é cadeirante. Além
disso, qualquer investimento na aprendizagem se torna desnecessária, pois a escolarização para ele é
simplesmente para a socialização.
Fernanda deveria ter sido colocada numa turma especial, dadas as suas dificuldades sensoriais e nesta
turma, deveria ser alfabetizada, pois essa será a principal conquista da menina.
Ao matricular Fernanda, a escola inicialmente deve exigir da família que faça uma escolarização
complementar da menina em escola para crianças com deficiências visuais e auditivas, pois ela precisa
aprender a se comunicar e se orientar no espaço com profissionais especializados.
As atividades educativas de Fernanda precisam ser apenas atendimentos na sala de recursos pois as suas
deficiências são tão grande que ela pouco pode se apropriar do que está sendo estudado em sala de aula
com os demais colegas.
 Matricular Fernanda na turma de educação infantil da rede regular e oferecer um atendimento em turno
oposto para ela aprender a ter independência nas atividades da vida diária, como a se comunicar e
estabelecer um vínculo de confiança com os professores.
 Gabarito Comentado.
 2a Questão (Ref.: 201407382901) Pontos: 1,0 / 1,0
Marque (V) informações verdadeiras e (F) para informações falsas no que se refere às estratégias educativas para a
pessoa cega.
( ) Para iniciar o cálculo matemático utilizamos o sorobã.
( ) A matemática deve ser aprendida de maneira abstrata através da oralidade.
( ) Os cálculos matemáticos que podem ser feitos pelo sorobã são: operações fundamentais, potenciação e
radiação.
A sequência correta é:
F F V
 V F V
V V V
F V F
V V F
 Gabarito Comentado.
 3a Questão (Ref.: 201407383503) Pontos: 1,0 / 1,0
2/10/2014 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_ead_ens_preview.asp?cript_hist=260882200 2/4
O caráter transversal da Educação Especial na perspectiva da educação inclusiva define que os suportes e apoios
necessários ao processo de escolarização do educando devem ser oferecidos:
 em todas as etapas, níveis e modalidades de ensino.
da creche ao ensino médio e na modalidade de ensino especializado.
no ensino fundamental e médio e na modalidade de ensino especializado.
na educação infantil, ensino fundamental e médio.
apenas nos níveis de escolaridade mais elementares.
 4a Questão (Ref.: 201407383492) Pontos: 1,0 / 1,0
O estudo sobre as transformações ocorridas no contexto educacional brasileiro, no campo da Educação Especial,
revela que diferentes paradigmas orientaram o trabalho desenvolvido junto às pessoas com necessidades
educacionais especiais. Seguindo a evolução histórica, podemos afirmar que as transformações ocorridas ao longo
do tempo foram orientadas pelos paradigmas:
Paradigma de suporte, de serviços e assistencialista.
Paradigma assistencialista, de suporte e de serviços.
Paradigma de serviços, de suporte e assistencialista.
Paradigma de suporte, de assistencialista e de serviços.
 Paradigma assistencialista, de serviços e de suporte.
 Gabarito Comentado.
 5a Questão (Ref.: 201407382873) Pontos: 1,0 / 1,0
Qual foi o primeiro documento no mundo que pensou na inclusão de pessoas com necessidades especiais e
estabeleceu seus direitos?
Estatuto da Criança e do Adolescente (1994)
Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996)
 Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948)
I Conferência Brasileira de Educação (1980)
Declaração de Salamanca (1994)
 Gabarito Comentado.
 6a Questão (Ref.: 201407383490) Pontos: 1,0 / 1,0
No contexto educacional brasileiro, a partir da década de 90, aumenta o movimento de inclusão de estudantes com
deficiência física, intelectual ou sensorial. Isso representa um avanço histórico em relação ao trabalho pedagógico
que era oferecido anteriormente. A partir dos pressupostos da educação inclusiva, o aluno com necessidades
educacionais especiais deverá ser matriculado:
 em classe comum de escola regular.
em classe especial de escola especial.
em escola especial.
em classe hospitalar.
em classe especial de escola regular.
 Gabarito Comentado.
2/10/2014 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_ead_ens_preview.asp?cript_hist=260882200 3/4
 7a Questão (Ref.: 201407383345) Pontos: 0,0 / 1,0
Em relação à educação Especial no sistema de ensino brasileiro, complete as lacunas: A Educação Especial é
________________ e _______________________ , deve ser oferecida em todas as etapas, níveis e modalidades
educacionais. As palavras que podem completar a frase corretamente são:
disciplinar/democrática
para maioria/privada
 complementar/transversal
para deficientes/ seus familiares
 para deficientes/incapazes
 8a Questão (Ref.: 201407382900) Pontos: 1,0 / 1,0
Em se tratando de pessoas cegas ou com baixa visão, assinale qual dos equipamentos abaixo NÃO pode ser
utilizado por eles, por se tratar de uma incompatibilidade perceptiva.
Programa DOSVOX
Reglete para Braille
Sorobã
Bengala
 Libras
 Gabarito Comentado.
 9a Questão (Ref.: 201407383838)
Ana é professora do Ensino Médio de uma escola particular e está se sentindo insegura por ter recebido este ano
em sua turma Stephanie, uma adolescente de 18 anos de idade que é cega. Ana ainda não tinha trabalhado com
cegos e não sabia qual seria a postura correta em relação à metodologia, currículo e avaliação. Como Pedagogo
desta escola, qual indicação você daria para Ana ser bem sucedida neste episódio e fazer a inclusão de Stephanie?
Sua Resposta: Deve-se primeiro classificar o grau de deficiência da aluna para adotar medidas cabíveis de acordo
com a sua necessidade. Depois de ter feito isso, a professora de usar exercícios adaptados para que a aluna
desenvolva e trabalhe os outros sentidos como: audição, olfato e tato. Deve-se também trabalhar atividades
relacionadas ao convívio familiar e social.
Compare com a sua resposta:
Conhecer alguns materiais que serão importantes como: o sistema braille, o sorobã, (equipamento semelhante ao
ábaco). Precisará reconhecer a importância dos recursos eletrônicos e recursos de auxílio auditivo. Adaptar alguns
conceitos ensinados (a deficiência visual não permite que o aluno visualize situações, objetos). Desenvolver ações
relacionadas às atividades de vida diária. Trabalhar com o concreto, utilizando outros sentidos, especialmente o
tato e desenvolver a autonomia e independência da aluna.
 10a Questão (Ref.: 201407383842)
O senso comum diz que a pior cegueira é a da alma. Certamente ele se refere às pessoas que não querem ou não
2/10/2014 BDQ Prova
http://simulado.estacio.br/bdq_simulados_ead_ens_preview.asp?cript_hist=260882200 4/4
podem enxergar algum conteúdo por este ser ameaçador. Situação diferente ocorre com o cego que procura
enxergar com os elementos que têm a sua disposição. Liste e explique 3 elementos que ajudam o cego a perceber
e se orientar no mundo em que vive.
Sua Resposta: Mecanismos como: a bengala, o Braille, o sorobã, a lupa, bolas com guizo, livros