questesparafixaodalein8112-140411120235-phpapp01
34 pág.

questesparafixaodalein8112-140411120235-phpapp01


DisciplinaDireito Administrativo I55.888 materiais1.018.289 seguidores
Pré-visualização20 páginas
25, § 1°.
ERRADO - Encontrando-se provido o cargo, o servidor exercerá suas atribuições como excedente até a ocorrência de vaga. Ver artigo 25 § 3° da Lei 8.112/90.
CERTO - A afirmativa está correia. Lembrado que se o cargo estiver provido, o seu eventual ocupante será reconduzido ao cargo de origem, se estável em outro cargo; se estável no mesmo cargo, será aproveitado ou posto em disponibilidade; e se não for estável, será exonerado. Ver artigo 28 da Lei 8.112/90 e artigo 41 § 2° da CF/88.
ERRADO - Extinto o cargo, o servidor ficará em disponibilidade. Ver artigos 28 § 1°;
30 e 31 da Lei 8.112/90 e artigo 41 § 3° da CF/88.
ERRADO - A reintegração é a reínvestidura do servidor estável no cargo anteriormente ocupado. Encontrando-se provido o cargo, o seu eventual ocupante será reconduzido ao cargo de origem, sem direito à indenização, ou aproveitado em outro cargo, ou, ainda, posto em disponibilidade.
CERTO - A recondução é o retorno do servido estável ao cargo anteriormente ocupado e decorrerá de inabilitação em estágio probatório relativo a outro cargo ou reintegração do anterior ocupante.
CERTO - Disposto pelo art. 29, parágrafo único. Ver comentários do item anterior.
CERTO - A Lei 8.112/90, no artigo 30, expressa o conceito de aproveitamento dessa forma.
ERRADO - O fato disposto caracteriza a recondução. Remoção é o deslocamento do servidor no âmbito do próprio órgão ou entidade.
CERTO - É o que estabelece o artigo 32 da Lei 8.112/90.
ERRADO-Transferência e ascensão foram revogadas pelaLeí 9.527 de ÍO de novembro de 1997. As formas de vacância estão expressas no artigo 33 da Lei 8.112/90.
CERTO - Posse inacumulável em outro cargo constitui uma das formas de vacância expressa na Lei 8.112/90.
CERTO - Readaptação constitui forma de vacância e, também, de provimento.
ERRADO - Exoneração não tem caráter punitivo, mas, sim, a demissão.
ERRADO - Redistribuição é o deslocamento, de ofício, do cargo de um órgão para outro. Geralmente, ocorre quando o órgão é extinto. A redistribuição ocorrerá ex officio para ajustamento de lotação e da força de trabalhos às necessidades dos serviços, inclusive nos casos de reorganização, extinção ou criação de órgão ou entidade.
CERTO - Disposto pelo art. 37 da Lei 8.112/90. Ver comentários do item anterior.
CERTO-Asformas de vacância estão expressas no art. 33 da Lei 8.112/90.
ERRADO - A exoneração de cargo efetivo dar-se-á de ofício ou a pedido do servidor. Ver artigo 34 da Lei 8.112/90.
ERRADO - A exoneração de cargo em comissão poderá ocorrer ajuízo da autoridade competente ou a pedido do servidor. Ver artigo 35 da Lei 8.112/90.
CERTO - A dispensa de função de confiança e, também, a exoneração de cargo em comissão dar-se-á ajuízo da autoridade competente ou a pedido do servidor.
ERRADO - Cargos em comissão e função de confiança são de livre nomeação e exoneração, portanto não há o quê se falar em estágio probatório. A exoneração de cargo em comissão e a dispensa de função de confiança ocorrerão ajuízo da autoridade competente ou a pedido do próprio servidor.
ERRADO - O art. 36 dispõe que a remoção é o deslocamento do servidor, a pedido ou de ofício, no âmbito do mesmo quadro, com ou sem mudança de sede.
CERTO - Essa definição está expressa no art. 36, parágrafo único, inciso III, alínea 'a'.
ERRADO - A remoção pode ocorrer das seguintes formas: 
de ofício, no interesse da Administração;
a pedido, a critério da Administração; e
a pedido, para outra localidade, independente do interesse da Administração, nos casos previstos em lei.
CERTO - Ver comentários do item anterior.
CERTO - Disposto pelo artigo 37 § 1° da Lei n°. 8.112/90.
ERRADO - O art. 38 estabelece que os servidores investidos em cargo ou função de direção ou chefia e os ocupantes de cargo de natureza especial terão substituto indicados no regimento interno ou, no caso de omissão, previamente designados pelo dirigente máximo do órgão ou entidade.
CERTO - A lei dispõe que o substituto assumirá automática e cumulativamente o exercício do cargo ou função de direçào ou chefia e os de natureza especial nos afastamentos, impedimentos legais ou regulamentares do titular e na vacância do cargo, hipótese em que deverá optar pela remuneração de um deles durante o respectivo período.
ERRADO - Disposto no caput do art. 40 da Lei n°. 8.112/90, vencimento é a retribuição pecuniária pelo exercício do cargo público, com valor fixado em lei.
CERTO - Conceito dado pelo artigo 41 da Lei n°. 8.112/90.
ERRADO - Nenhum servidor receberá remuneração inferior ao salário mínimo. Ver art. 41 § 5° da Lei n. 8.112/90 - incluído pela Lei n. 11.784/2008.
ERRADO - O art.44, inciso I dispõe que o servidor perderá a remuneração do dia em que faltar ao serviço, sem motivo justificado.
ERRADO - O servidor perderá a parcela de remuneração diária, proporcional aos atrasos, ausências justificadas e saídas antecipadas, ressalvadas as concessões previstas em lei e na hipótese de compensação de horário a ser estabelecida pela chefia imediata. Ver artigo 44, inciso II e artigo 97 da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - É o que estabelece o art. 44, parágrafo único.
ERRADO - O art. 45 estabelece que nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou provento, salvo por imposição legal ou mandato judicial.
ERRADO - Poderá haver consignação em folha a favor de terceiros, mediante autorização do servidor, a critério da administração e com reposição de custo, na forma definida em regulamento. Ver artigo 45, parágrafo único da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - Está expresso no art. 46 da Lei n°. 8.112/90.
ERRADO -A Lei n°. 8.112/90 estabelece que o valor de cada parcela indenizatória nãopoderá ser inferior a 10% da remuneração, provento ou pensão;
CERTO - Disposto no art. 46 § 1° da Lei n°. 8.112/90.
ERRADO -O art. 46 § 2° dispõe que a reposição será feita imediatamente, em uma única parcela, quando verificado pagamento indevido no mês anterior ao do processamento da folha.
ERRADO - O servidor em débito com o erário, que for demitido ou exonerado ou que tiver sua aposentadoria ou disponibilidade cassada, terá o prazo de sessenta dias para quitar o débito.
ERRADO - A não quitação do débito com o erário, no prazo previsto em lei, implicará sua inscrição em dívida ativa, de acordo com o artigo 47 § T da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - Ver artigo 47 da Lei n°. 8.112/90 e comentários do item anterior.
ERRADO - O art. 47 § 2° dispõe que os valores recebidos pelo servidor, em razão de decisão liminar, de qualquer medida de caráter antecipatório ou de sentença, posteriormente cassada ou revista, deverão ser repostos no prazo de trinta dias, contados da notificação para fazê-Io, sob pena de inscrição em dívida ativa.
ERRADO - Em razão de caráter alimentício, o vencimento, a remuneração e o provento não serão objetos de arresto, sequestro ou penhora, exceto nos casos de prestação de alimentos resultante de decisão judicial. Ver artigo 48 da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - Expresso no art. 49 da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - Para todos os efeitos, as indenizações não se incorporam ao vencimento ou provento.
ERRADO - Nos casos e condições previstos em lei, as gratificações e os adicionais incorporam-se ao vencimento ou provento.
CERTO - Disposto no art. 50 da Lei n°. 8.112/90.
CERTO - O art. 51 dispõe sobre as indenizações devidas ao servidor.
CERTO - O auxílio-moradia foi incluído pela Lei n°. 11.355 de 19 de outubro de 2006.
ERRADO - O art. 53 da Lei n°. 8.112/90 define que a ajuda de custo destina-se a compensar as despesas de instalação do servidor que, no interesse do serviço, passar a ter nova sede, com mudança de domicílio em caráter permanente.
ERRADO - A Lei deixa claro que é vedado o duplo pagamento, a qualquer tempo, no caso de o cônjuge ou companheiro que detenha também a condição de servidor, vier a ter exercício na mesma sede.
ERRADO - Expresso no art. 53 § 1° que todas as despesas de transporte do servidor e de sua família,