Poder Constituinte -
20 pág.

Poder Constituinte -


DisciplinaControle e Constitucionalidade344 materiais1.901 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Assim deriva do poder originário que o cria, e prescreve limitações que podem estar expressas, como por exemplo as cláusulas pétreas (art. 60 § 4º.) ou implícitas e é passível de controle de constitucionalidade.
5.2 \u2013 Características do Poder Constituinte derivado
Derivado: Como o próprio nome diz, deriva da Constituição Federal.
Não é inicial ( secundário) pois não inaugura nada. A ordem jurídica já foi iniciada pela Constituição.
Condicionado e Limitado: Não pode ser alterado como o legislador bem entender, sendo limitado pela própria Constituição Federal.
5.3 \u2013 Espécies de Poder Constituinte derivado
5.3.1 \u2013 Reformador 
5.3.2 \u2013 Decorrente
5.3.3 \u2013 Revisor
5.3 1 \u2013 Poder Constituinte derivado Reformador
5.3.1.1 - Conceito :
Denominado por parte da doutrina de competência reformadora, consiste na possibilidade de alterar-se o texto constitucional respeitando-se a regulamentação especial prevista na própria Constituição Federal e será exercitado por determinados órgãos com caráter representativo. No Brasil, pelo Congresso Nacional, estando presente apenas nas Constituição rígidas.
Em resumo, é o poder de emendar, alterar, modificar uma Constituição.É criado e instituído pelo originário.
Neste caso, não se criará uma nova Constituição e sim, será feito modificações na Constituição já existente.
O único instrumento para exercer-se o poder derivado reformador da Constituição é a Emenda Constitucional.
No Brasil, a aprovação de emendas não está condicionada a nenhum marco temporal, a competência reformadora é um poder latente, passível de se manifestara qualquer momento, desde que observados os limites materiais, processuais e circunstanciais.
5.3.1.2 \u2013 Limites Constitucionais ao poder Constituinte derivado Reformador
Os limites para alteração Constitucional são de ordem:
- Material: Diz respeito à matéria, ao assunto, aos temas que não poderão ser objetos de Emenda à Constituição.
Trata-se do Núcleo Irreformável da Constituição, conhecida como \u201cCláusulas Pétreas\u201d que não poderão ser objeto de alteração.
Estão tratados no artigo 60, § 4º da Constituição Federal que proíbe a alterações tendente a abolir a forma federativa do estado, o voto direto, secreto, universal e periódico, a separação dos poderes e os direitos e garantias individuais.
	Artigo 60
§ 4º - Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir:
I - a forma federativa de Estado;
II - o voto direto, secreto, universal e periódico;
III - a separação dos Poderes;
IV - os direitos e garantias individuais.
Como se percebe da proibição, não se trata de apenas abolir essas normas, mas qualquer tentativa tendente a abolir essas cláusulas são proibidas. Exemplo: A pena de morte é tendente a abolir o direito a vida que é um dos direitos e garantias individuais e, portanto, é uma cláusula pétrea, não sendo possível proposta nesse sentido. 
Observação: A proposta alteração das cláusulas pétreas é possível, desde que, tenha por escopo fortalecer as mesmas ou, que não seja tendente a aboli-las.
2.- Limites Formais/Processuais
Neste caso, não importa o conteúdo da Emenda Constitucional, mas sim, a forma: iniciativa, aprovação e promulgação.
(Iniciativa: Quem tem competência para propor uma Emenda à Constituição, de acordo com o artigo 60, I, II e III da CF/88:
	Art. 60 - A Constituição poderá ser emendada mediante proposta:
I - de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal;
II - do Presidente da República;
III - de mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros. 
A maior parte (praticamente todas) as Emendas Constitucionais foram propostas pelos incisos I e II do artigo 60, uma vez que os requisitos impostos pelo inciso III, tornam impossível o exercício de proposta nestas condições.
É muito difícil, porque os interesses dos estados são, em princípio, conflitantes e, além disso, o quorum de maioria relativa ou maioria simples é impraticável.
(Aprovação:
Para aprovação de uma Emenda Constitucional é necessário quorum qualificado, ou seja, 3/5 do total de membros da casa, e é realizada em quatro votações, sendo dois turnos na Câmara e dois turnos no Senado Federal.
	Art. 60 - A Constituição poderá ser emendada mediante proposta:
§ 2º - A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros.
Inicia-se pela Câmara dos Deputados, se a proposta partiu de um dos Deputado;
Inicia-se no Senado, se a proposta partiu de um dos Senadores;
Inicia-se pela Câmara dos Deputados, se a proposta partiu do Presidente da República.
Se a proposta de Emenda Constitucional for rejeitada, somente poderá ser novamente proposta na próxima sessão legislativa. Artigo 60, § 5º
	§ 5º - A matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa.
Sessão Legislativa: É o período anual de duração dos trabalhos legislativos.(art.57)
 Art. 57. O Congresso Nacional reunir-se-á, anualmente, na Capital Federal, de 02 de fevereiro a 17 de julho e de 1º de agosto a 22 de dezembro. 
Aprovada a Emenda Constitucional em quatro votações, a mesma estará aprovada no Congresso Nacional e para gerar efeitos, vai para fase de promulgação, nos termos do artigo 60, § § 2º.e 3º
 § 2º A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros. 
	§ 3º - A emenda à Constituição será promulgada pelas Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com o respectivo número de ordem.
Mesa é o órgão de uma casa legislativa responsável pela condução, pela elaboração de todos os seus trabalhos, como por Exemplo, organizar toda a pauta de votações, promulgar emendas constitucionais, etc.
3.- Circunstanciais
São as circunstâncias ou aqueles momentos em que uma emenda não poderá ser aprovada, promulgada, Exemplo: artigo 60, § 1º da Constituição Federal
	§ 1º - A Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio.
São momentos de anormalidade institucional ou circunstâncias que indicam que alguma coisa de errado está acontecendo no país.
3.1 - Intervenção Federal:
É o processo através do qual a União quebra, excepcional e temporariamente a autonomia dos estados e do Distrito Federal por descumprimento das regras localizadas no artigo 34 da Constituição Federal. (ver artigo 212 da CF)
	Art. 34 - A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para:
I \u2013 manter a integridade nacional;
II \u2013 repelir invasão estrangeira ou de uma unidade da Federação em outra;
III - pôr termo a grave comprometimento da ordem pública;
IV - garantir o livre exercício de qualquer dos Poderes nas unidades da Federação;
V \u2013 reorganizar as finanças da unidade da Federação que:
a) suspender o pagamento da dívida fundada por mais de dois anos consecutivos, salvo motivo de força maior;
b) deixar de entregar aos Municípios receitas tributárias fixadas nesta Constituição, dentro dos prazos estabelecidos em lei;
VI - prover a execução de lei federal, ordem ou decisão judicial;
VII - assegurar a observância dos seguintes princípios constitucionais:
a) forma republicana, sistema representativo e regime democrático;
b) direitos da pessoa humana;
c) autonomia municipal;
d) prestação de contas da administração pública, direta e indireta;
e) aplicação do mínimo exigido da receita resultante de impostos estaduais, compreendida a proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino e nas ações e serviços
Ana Cristina
Ana Cristina fez um comentário
valeu mesmo. ajudou muito!
1 aprovações
Yara
Yara fez um comentário
Muito bom material, irá me ajudar muito na prova da próxima semana! Grata ;)
2 aprovações
Amanda
Amanda fez um comentário
Alguem tem direito administrativo descomplicado?
1 aprovações
Carregar mais