A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Atividade de pauta jornalistica

Pré-visualização | Página 1 de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
Campus Universitário do Araguaia
Curso de Comunicação Social - Hab. em Jornalismo
Discente: Gabriel Green Fusari
Docente: Prof. Dr. Jorge Arlan.
Disciplina de Produção de Texto Jornalístico.
Data: 11 de Julho de 2018
Aula Prática: Produção individual de Pauta Jornalística
Guia de produção : 
Elabore uma pauta, definindo assunto com relevância pública.
Justifique a relevância atribuída.
Apresente ao seu repórter as informações pertinentes.
Estabeleça quais são as fontes de informação e explique por que elas são importantes.
Sugira questões/ ângulos de abordagem ao repórter.
Observações/recomendações (espaço para orientar sobre aspectos diversos que contribuam para a boa realização da matéria. )
Obs: Produzir focado na região de Barra do Garças em temas relevantes para tal.
RESPOSTAS E DESENVOLVIMENTO:
A ideia de pauta que foi elaborada seria da temática “Casos de DSTs em Barra do Garças (MT): a descoberta, a cura e prevenção e casos desconhecidos” 
A relevância do assunto vem de um grande percentual de pessoas que não tem conhecimento de como são adquiridos, os sintomas e o que fazer quando se contrair Doenças sexualmente Transmissíveis.
Deve entender-se que em Barra do Garças, por ser uma cidade pólo, caminho entre estradas e ainda universitária, pode haver grandes aumentos das probabilidades de DSTs, muito ainda possível entre os jovens estudantes que estão na cidade. 
As fontes pesquisadas serão funcionários da Secretaria de Saúde e Centros de Atendimentos, tal qual especialistas da área como, se possível, pessoas que já adquiriram ou que têm a doença. 
O repórter deve pesquisar com funcionários da rede pública de saúde sobre quais são as diferenças entre doenças, e como são adquiridas e como preveni-las ou curá-las se possível.
Separar as perguntas para cada tipo de fonte, ser extremamente delicado na forma de abordagem de pessoas com resultado positivo de doenças, verificar também o IBGE sobre dados e pesquisar as informações cedidas em enciclopédias e livros de ciências.