Fund das Ciencias Sociais-1 periodo- AV2
5 pág.

Fund das Ciencias Sociais-1 periodo- AV2


DisciplinaFundamentos das Ciências Sociais11.852 materiais137.339 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Fechar
	Avaliação: CCJ0100_AV2 » FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS
	Tipo de Avaliação: AV2 
	Aluno: 
	Professor:
	MARCIO DE BRITO SERAFIM
	Turma: 9006/AF
	Nota da Prova: 6,0 de 8,0        Nota do Trabalho:        Nota de Participação: 2        Data: 16/03/2013 09:33:21
	
	 1a Questão (Cód.: 103109)
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	ENADE 2009
O Brasil tem assistido a um debate que coloca, frente a frente, como polos opostos, o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental. Algumas iniciativas merecem considerações, porque podem agravar ou desencadear problemas ambientais de diferentes ordens de grandeza. Entre essas iniciativas e suas consequências, é INCORRETO afirmar que 
		
	
	a construção de grandes centrais hidrelétricas nas bacias do Sudeste e do Sul gera mais impactos ambientais do que nos grandes rios da Amazônia, nos quais o volume de água, o relevo e a baixa densidade demográfica reduzem os custos da obra e o passivo ambiental. 
	
	a construção de obras previstas pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) tem levado à redução dos prazos necessários aos estudos de impacto ambiental, o que pode interferir na sustentabilidade do projeto.
	
	a exploração do petróleo encontrado na plataforma submarina pelo Brasil terá, ao lado dos impactos positivos na economia e na política, consequências ambientais negativas, se persistir o modelo atual de consumo de combustíveis fósseis. 
	
	a preocupação mais voltada para a floresta e os povos amazônicos coloca em alerta os ambientalistas, ao deixar em segundo plano as ameaças aos demais biomas. 
	
	os incentivos ao consumo, sobretudo aquele relacionado ao mercado automobilístico, para que o Brasil pudesse se livrar com mais rapidez da crise econômica, agravarão a poluição do ar e o intenso fluxo de veículos nas grandes cidades.
	
	
	 2a Questão (Cód.: 13130)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Leia atentamente o texto abaixo:
"Trata-se de recurso metodológico para ensejar a orientação do cientista no interior da inesgotável variedade de fenômenos observáveis na vida social. Consiste em enfatizar determinados traços da realidade (...) até concebê-los na sua expressão mais pura e consequente, que jamais se apresenta assim nas situações efetivamente observáveis." Extraído de COHN, G. (org.); FERNANDES, F.(coord.). Max Weber: Sociologia. 7. ed. São Paulo: Ática, 2005.p. 8. 
Relativo ao pensamento de Max Weber, o trecho acima se refere: 
		
	
	ao fato social.
	
	ao método sociológico.
	
	ao método compreensivo.
	
	à ação social.
	
	ao tipo ideal.
	
	
	 3a Questão (Cód.: 8331)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	"A história de todas as sociedades existentes até hoje tem sido a história das lutas de classes. Homem livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo, (...) numa palavra, opressores e oprimidos têm permanecido em constante oposição uns aos outros, envolvidos numa guerra ininterrupta, ora disfarçada, ora aberta, que terminou sempre, ou por uma transformação revolucionária de toda a sociedade, ou pela destruição das duas classes em luta." Karl Marx Segundo Marx, a atual luta de classes, típica da sociedade capitalista se configura entre: 
		
	
	Proletariado e Nobreza
	
	Nobreza e Clero
	
	Nobreza e Plebe
	
	Burguesia e Proletariado
	
	Burguesia e Nobreza
	
	
	 4a Questão (Cód.: 75002)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Sobre a exploração do trabalho no capitalismo, segundo a teoria de Karl Marx (1818-1883), é correto afirmar:
		
	
	A mais-valia consiste nas horas extras trabalhadas após o expediente de trabalho contratual, que não são pagas ao trabalhador.
	
	A existência do trabalho adicional explica como os proprietários dos meios de produção se apropriam das horas não pagas ao trabalhador.
	
	As horas extras trabalhadas após o expediente constituem-se na apropriação das mercadorias pelo proprietário dos meios de produção.
	
	A mais-valia é a garantia de que o trabalhador receberá o valor real do que produziu durante a jornada de trabalho.
	
	A mais-valia explica como o proprietário dos meios de produção extrai e se apropria do excedente produzido pelo trabalhador, pagando-lhe apenas por uma parte das horas trabalhadas. 
	
	
	 5a Questão (Cód.: 75108)
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Antropologicamente podemos definir cultura como: 
		
	
	Manifestação tipicamente humana marcada pela multiplicidade de expressões;
	
	Museus e outras formas de retenção de memória dos grupos dominantes. 
	
	Aspecto homogeneizante das expressões de povos diferentes; 
	
	Aspecto que aproxima humanos de sua ancestralidade biológica; 
	
	Função de base eminentemente orgânica; 
	
	
	 6a Questão (Cód.: 8926)
	Pontos: 0,0  / 0,5 
	Com relação ao pensamento positivista, julgue os itens a seguir e escolha a única opção que NÃO CORRESPONDE às formulações propostas por Augusto Comte. (Questão adaptada do ENADE 2005) 
		
	
	O positivismo derivou seus princípios do cientificismo, que negava o poder da razão humana em conhecer a realidade.
	
	Por conceber a sociedade como um organismo constituído de partes integradas, coesas e funcionando harmonicamente, o positivismo foi também denominado organicismo.
	
	Apesar de reconhecer as diferentes origens dos princípios reguladores do mundo físico e do mundo social, Augusto Comte acreditava poder aproximá-los, em virtude de sua essência comum.
	
	A filosofia social positivista busca inspiração no método de investigação das ciências da natureza para compor seu próprio método de estudo.
	
	O positivismo foi a primeira corrente sistematizada de pensamento sociológico, definindo objeto de estudo, conceitos e metodologia de investigação.
	
	
	 7a Questão (Cód.: 42752)
	Pontos: 1,5  / 1,5 
	O que são, na perspectiva sociológica de Durkheim, sociedades simples e sociedades complexas. Caracterize cada uma delas, indicando o tipo de solidariedade social correspondente e apresentando um exemplo de cada uma delas.
		
	
Resposta: Sociedade simples seriam as sociedades que tem como base a solidariedade mecânica, aquele que se constituem de seus costumes, crenças e valores, como exemplo as tribos indigenas. Sociedade complexas seriam as sociedades que tem como base a solidariedade orgância, aquela que evidencia a divisão social, numa sociedade capitalista, como exemplo as sociedades capitalistas do século XXI.
	
Gabarito: Sociedades simples são as sociedades pré-industrializadas em que a força da consciência coletiva atual de forma coercitiva sobre os indivíduos. À forma de solidariedade social apresentada nesse tipo de sociedade é a solidariedade mecânica. Sociedades complexas são as sociedades industrializadas, em que a consciência coletiva se afrouxa e os indivíduos tornam-se mais autônomos.. À forma de solidariedade social apresentada nesse tipo de sociedade é a solidariedade orgânica. O aluno deverá apresentar exemplos coerentes com a argumentação.
	
	
	 8a Questão (Cód.: 17980)
	Pontos: 1,5  / 1,5 
	Crime ambiental em Capivari - A edição do jornal a Folha de S. Paulo, de 21 de novembro de 2007, traz no Caderno Cotidiano, p. 8, uma matéria sobre a Usina Termoelétrica Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo (SC), acusando-a de provocar dano ambiental. Um senhor entrevistado sobre as consequências em sua saúde manifesta-se dizendo: "Os homens chegam, destroem as matas, destroem os rios, acabam com a gente e com eles próprios, jogam poluição em tudo. Aí como é que faz para beber água? Como é que faz para comer? Como é que faz para viver neste mundo? Fazer o quê, eles são poucos, mas são poderosos, nós somo muitos, mas não podemos nada. Eles sabem as leis, mas não respeitam, nós não sabemos ler, mas sabemos o que é importante para viver. Fazer o quê, né, a vida de pobre é assim mesmo. Se bobear, eles