AV - Leg. Trab. e Prev. 2014.3
3 pág.

AV - Leg. Trab. e Prev. 2014.3


DisciplinaLegislação Trabalhista e Previdenciária5.287 materiais26.076 seguidores
Pré-visualização1 página
Avaliação: GST0571_AV_0000000000 » LEGISLAÇÃO TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA 
Tipo de Avaliação: AV 
Aluno: 0000000000 \u2013 FULANO BELTRANO 
Professor: CELIA REGINA TEIXEIRA Turma: 0000/AB 
Nota da Prova: 8,0 Nota de Partic.: 2 Data: 12/11/2014 10:18:33 
 
 
 1a Questão (Ref.: 201301772359) Pontos: 1,5 / 1,5 
Uma pessoa contratou costureira para trabalhar para uma confecção. A costureira busca as peças que serão 
produzidas em uma semana leva para sua casa e na outra semana leva toda a produção. Ficou pactuado um 
valor por peça produzida. A trabalhadora presta seus serviços com subordinação, habitualidade, pessoalidade e 
onerosidade. Todavia, os serviços são prestados no domicílio da trabalhadora e por esta razão o dono da 
confecção não quer assinar a CTPS. Pergunta-se: É possível obter vínculo de emprego trabalhando em 
domicílio? 
 
 
 
Resposta: Sim, pois todos os aspectos que caracterizam o vínculo empregatício (subordinação, habitualidade, 
onerosidade e pessoalidade) estão contidos na relação entre empregador e empregado do exemplo citado. O 
fato de a empregada prestar seus serviços em seu próprio domicílio não descaracteriza a relação de trabalho, 
uma vez que ela cumpre a missão para qual foi contratada, dentro das condições acordadas por ela e seu 
empregador. 
 
 
Gabarito: Sim. Artigo 6, CLT. Princípio primazia da Realidade 
 
 
 
 2a Questão (Ref.: 201301767728) Pontos: 1,5 / 1,5 
Maria, foi contratada inicialmente através de um contrato de experiência. No 89o dia do contrato, a empresa 
rescinde o contrato de Maria. Ocorre, todavia, que Maria esta grávida de um mês e procura um advogada para 
orientá-la em relação ao procedimento da empresa e em relação a estabilidade no emprego. Analise o caso 
acima, abordando sobre a questão da estabilidade no emprego, se Maria faz jus ao benefício ou não e indicando 
o prazo de estabilidade. 
 
 
 
Resposta: Maria deverá ser reintegrada à empresa, uma vez que esta não pode demiti-la, lhe sendo garantida a 
estabilidade até o quinto mês após o parto, consequentemente o contrato de experiência ultrapassará seu prazo 
legal (90 dias) e converter-se-á em contrato de trabalho com prazo indeterminado. Quanto ao benefício, a 
resposta é sim, Maria fará jus ao benefício. 
 
 
Gabarito: A empresa não poderia demitir Maria pois nos contratos por prazo determinado, as empregadas 
possuem o direito a estabilidade, que começa a contar a partir da data que a empregada descobre que está 
grávida e dura até 5 meses após o parto (s. 244, III, TST). 
 
 
 
 3a Questão (Ref.: 201301761996) Pontos: 0,5 / 0,5 
A aplicação da condição mais benéfica é garantia para a proteção do trabalhador que por sua vez decorre 
 
 
 
do princípio da razoabilidade 
 
do princípio da continuidade da relação empregatícia 
 do princípio da norma mais favorável 
 
do princípio da irrenunciabilidade de direitos 
 
do princípio da primazia da realidade 
 
 
 
 4a Questão (Ref.: 201301771807) Pontos: 0,5 / 0,5 
Acerca do contrato de trabalho marque a opção correta: 
 
 
 
O contrato individual de trabalho somente poderá ser acordado taciamente tor prazo indeterminado. 
 
O contrato individual de trabalho somente poderá ser acordado tacitamente. 
 Contrato individual de trabalho é o acordo tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego 
 
O contrato individual de trabalho somente poderá ser acordado expressamente e por prazo determinado. 
 
Somente é válido o contrato de trabalho firmado a partir dos 21 (vinte e um) anos e por prazo 
determinado de 3 (três) anos. 
 
 
 
 5a Questão (Ref.: 201301580962) Pontos: 0,5 / 0,5 
O aviso prévio é devido ao trabalhador que: 
 
 
 For demitido sem justa causa; 
 
Nenhuma das respostas estão corretas 
 
No término do contrato de trabalho por aposentadoria. 
 
For demitido por justa causa; 
 
No término do contrato por prazo determinado; 
 
 
 
 6a Questão (Ref.: 201301542305) Pontos: 0,5 / 0,5 
Dona Joana da Silva foi contratada, por seu Emanuel Guerreiro, para fazer limpeza em seu apartamento esporadicamente e 
recebendo por dia, FALTA PARA A CARACTERIZAÇÃO do contrato de trabalho: 
 
 
 
Pessoalidade 
 
Onerosidade. 
 Habitualidade 
 
Subordinação 
 
Caráter personalíssimo. 
 
 
 
 7a Questão (Ref.: 201301772404) Pontos: 0,5 / 0,5 
O artigo 8o da Consolidação das Leis do Trabalho dispõe: As autoridades administrativas e a Justiça do 
Trabalho, na falta de disposições legais ou contratuais, decidirão, conforme o caso, pela jurisprudência, por 
analogia, por eqüidade e outros princípios e normas gerais do direito, principalmente de direito do trabalho, e, 
ainda, de acordo com os usos e costumes, o direito comparado, mas sempre de maneira que nenhum interesse 
de classe ou particular prevaleça sobre o interesse público. De acordo com o texto: 
 
 
 
a analogia e a eqüidade prevalecem sobre as fontes formais. 
 
os princípios do direito do trabalho podem ser utilizados como meio de evitar e retificar os efeitos 
indesejáveis da lei trabalhista. 
 
os enunciados do TST têm força vinculante. 
 
os usos e costumes, por serem práticas reiteradas, podem ser contrários à lei. 
 os princípios gerais do direito do trabalho têm uma função integrativa do direito positivo, além de serem 
aplicáveis nos casos de lacuna da legislação. 
 
 
 
 8a Questão (Ref.: 201301780367) Pontos: 0,5 / 0,5 
Com fundamento nas disposições da CLT, em relação ao contrato de trabalho por prazo determinado, o mesmo 
 
 
 
pode ser prorrogado, tácita ou expressamente, por no máximo sete vezes. 
 
pode ser prorrogado, tácita ou expressamente, por no máximo nove vezes. 
 
não é admitido pelo ordenamento jurídico brasileiro. 
 
será considerado por prazo indeterminado se suceder, dentro de um ano, a outro contrato por prazo 
determinado. 
 não poderá ser estipulado por mais de 2 anos, ou, no caso de contrato de experiência, não poderá ser 
estipulado por mais de 90 dias. 
 
 
 
 9a Questão (Ref.: 201301767804) Pontos: 1,0 / 1,0 
Define a Constituição Federal de 1988 que a Ordem social tem como objetivo: 
 
 
 
Tem por base o trabalho e como objetivo inserir o objetivo educativo, instituindo assim o Estado do Bem- 
Estar Social. 
 
Tem por base o trabalho e como objetivo discriminar o bem-estar e a justiça administrativa, instituindo 
assim o Estado do Bem ¿ Estar Social; 
 
Tem por base o trabalho e como objetivo inserir o objetivo politico, instituindo o Estado do Bem-Estar 
Social. 
 Tem por base o trabalho e como objetivo o bem-estar e a justiça sociais, instituindo assim o Estado do 
Bem- Estar social; 
 
Tem por base o trabalho e como objetivo avaliar o bem- estar e a justiça ética, instituindo assim o 
Estado do Bem Estar Social. 
 
 
 
 10a Questão (Ref.: 201301706301) Pontos: 1,0 / 1,0 
Comprovada a má-fé do agente da inspeção quanto à omissão ou lançamento de qualquer elemento no livro, 
responderá ele por falta grave no cumprimento do dever, ficando passível, desde logo, da pena de suspensão 
até 30 dias, instaurando-se, obrigatoriamente, em caso de reincidência: 
 
 
 
Norma administrativa 
 
Autuação administrativa 
 
Suspensão administrativa 
 Inquérito administrativo 
 
Processo administrativo