GERENCIAMENTO DE RISCOS
8 pág.

GERENCIAMENTO DE RISCOS


DisciplinaGerenciamento de Riscos Ambientais1.672 materiais10.109 seguidores
Pré-visualização2 páginas
GERENCIAMENTO DE RISCOS
	
	O Instrumento norteador dos procedimentos para as atividades que gerem risco a sociedade e ao ambiente, é também chamado de:
		Quest.: 1
	
	
	
	
	Análise dos Riscos Especiais;
	
	
	Análise dos Riscos Tecnológicos
	
	
	Estudo dos Riscos Físicos .
	
	
	Análise dos Riscos Naturais
	
	 
	Estudo de Análise de Riscos;
	
	
	
		2.
		Quanto a ambiente, podemos dizer que é correto afirmar:
		Quest.: 2
	
	
	
	
	Ambiente não inclui o meio sócio-cultural do homem e muito menos a relação com os modelos de desenvolvimento adotados pelo mesmo.
	
	 
	Ambiente é tudo o que cerca o ser vivo, que o influencia e que é indispensável à sua sustentação.
	
	
	Ambiente é a vizinhança que cerca nossa residência, relacionada a áreas verdes.
	
	
	Ambiente está relacionado a exploração de recursos minerais pelo homem
	
	
	Ambiente é tudo o que cerca a Terra: planetas, estrelas e asteróides, somente.
	
	
	
		3.
		Marque a alternativa verdadeira sobre um Plano de Contingência:
		Quest.: 3
	
	
	
	
	O Plano de Contingência tem natureza unilateral, ou seja, ações específicas empresariais sem considerar processos com órgãos municipais
	
	 
	Para que um plano de contingência atinja seus objetivos é fundamental a Identificação de suas necessidades em fase preliminar
	
	
	O processo de desenvolvimento de estratégias de recuperação é desnecessário para um Plano de Contingência
	
	
	Um Plano de Contingência poderá ser desconsiderado se durante cinco anos ininterruptos não houver nenhum acidente de grande magnitude
	
	
	Um Plano de Contingência deverá priorizar custos e não considerar investimentos
	
	
	
		4.
		ENTENDE-SE POR PLANO DE CONTINGÊNCIA O DOCUMENTO QUE REGISTRA O PLANEJAMENTO ELABORADO A PARTIR DO ESTUDO DE UM OU MAIS CENÁRIOS DE RISCO DE DESASTRE E ESTABELECE OS PROCEDIMENTOS PARA AÇÕES DE ALERTA E ALARME, RESPOSTA AO EVENTO ADVERSO, SOCORRO E AUXÍLIO ÀS PESSOAS, REABILITAÇÃO DOS CENÁRIOS E REDUÇÃO DOS DANOS E PREJUÍZOS. PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO DE CONTINGÊNCIA DEVE-SE CONTEMPLAR AS SEGUINTES AÇÕES: I - IDENTIFICAÇÃO DA RESPONSABILIDADE DE ORGANIZAÇÕES E INDIVÍDUOS QUE DESENVOLVEM AÇÕES ESPECÍFICAS EM EMERGÊNCIAS; II - DESCRIÇÃO DAS LINHAS DE AUTORIDADE E RELACIONAMENTO ENTRE OS ÓRGÃOS ENVOLVIDOS, MOSTRANDO COMO AS AÇÕES SERÃO COORDENADAS; III - DESCRIÇÃO DE COMO AS PESSOAS, O MEIO AMBIENTE E AS PROPRIEDADES SERÃO PROTEGIDAS DURANTE A RESPOSTA AO DESASTRE; IV - IDENTIFICAÇÃO DO PESSOAL, EQUIPAMENTO, INSTALAÇÕES, SUPRIMENTOS E OUTROS RECURSOS DISPONÍVEIS PARA A RESPOSTA AO DESASTRE, E COMO SERÃO MOBILIZADOS; V - IDENTIFICAÇÃO DAS AÇÕES QUE DEVEM SER IMPLEMENTADAS ANTES, DURANTE E APÓS A RESPOSTA AO DESASTRE. DE ACORDO COM O APRESENTADO ACIMA, QUAIS AFIRMATIVAS SÃO VERDADEIRAS?
		Quest.: 4
	
	
	
	 
	SOMENTE AS IV E V SÃO AS AFIRMATIVAS VERDADEIRAS
	
	 
	TODAS AS AFIRMATIVAS SÃO VERDADEIRAS
	
	
	APENAS AS AFIRMATIVAS I E II SÃO AS VERDADEIRAS
	
	
	SOMENTE AS AFIRMATIVAS I, II, III E V SÃO AS VERDADEIRAS
	
	
	APENAS AS AFIRMATIVAS II E IV SÃO AS VERDADEIRAS
	
	
	
		5.
		O que é um Plano de Contingência?
		Quest.: 5
	
	
	
	
	É um documento aplicável apenas para o setor industrial para que seja utilizado sempre que ocorrer um determinado evento.
	
	
	Um Plano de Contingência deverá ser elaborado somente quando ficar evidenciado riscos catastróficos para uma organização.
	
	 
	Um Plano de Contingência é um documento institucional com a finalidade de fornecer orientações procedimentais quando da necessidade de mitigação de danos à imagem da organização.
	
	
	Plano de Contingência é o próprio Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA.
	
	
	É um documento que tem a finalizada de garantir as certificações de uma organização.
	
	
	
		6.
		Quanto a gerenciamento de riscos, é correto afirmar que:
		Quest.: 6
	
	
	
	 
	Tem a finalidade de prevenir, controlar ou reduzir os riscos existentes, de modo a torná-los toleráveis
	
	 
	Tem a finalidade de desenvolver tecnologia para cada impacto ocorrido no meio ambiente
	
	
	Tem a finalidade de controlar ações feitas através de uma análise de riscos
	
	
	Tem a finalidade única de se fazer cumprir a legislação ambiental
	
	
	Tem a finalidade de demonstrar que não ocorrerá riscos so houver um bom planejamento
		qual das opções abaixo NÃO é uma metodologia para análise de risco?
		Quest.: 1
	
	
	
	
	Análise de modos e efeitos de falhas (FMEA).
	
	
	Análise de perigos e operabilidade (HazOp).
	
	
	Listas de verificação (Checklists).
	
	 
	Licenciamento Ambiental.
	
	
	Análise Preliminar de Perigos (APP).
	
	
	
		2.
		- PARA AÇÕES ESPECÍFICAS ANTES DE DESASTRE AMBIENTAL (EVENTO CORRESPONDENTE A PERDAS) , ENTENDEMOS QUE DEVEREMOS UTILIZAR UMA METODOLOGIA QUE ENGLOBE AS ATIVIDADES QUE CORRESPONDAM AS ETAPAS DE PREVENÇÃO, MITIGAÇÃO, PREPARO E ALERTA. VEJA AS AFIRMATIVAS ABAIXO E MARQUE A OPÇÃO CORRETA: I - PREVENIR PARA EVITAR QUE OCORRAM DANOS MAIORES NO IMPACTO DO DESASTRES, II - MITIGAR PARA DIMINUIR O IMPACTO DO MESMO, JÁ QUE ALGUMAS VEZES NÃO É POSSÍVEL EVITAR SUA OCORRÊNCIA, COMO NO CASO DAS ERUPÇÕES VULCÂNICAS, TERREMOTOS, INUNDAÇÕES OU SECAS, III - PREPARAR PARA ORGANIZAR E PLANIFICAR AS AÇÕES DE RESPOSTA E, IV -ALERTAR PARA NOTIFICAR FORMALMENTE A PRESENÇA IMINENTE DE UM PERIGO.
		Quest.: 2
	
	
	
	
	NENHUMA AFIRMATIVA CORRETA
	
	
	APENAS UMA AFIRMATIVA CORRETA
	
	
	TRÊS AFIRMATIVAS ESTÃO CORRETAS
	
	 
	TODAS AS AFIRMATIVAS ESTÃO CORRETAS
	
	
	DUAS AFIRMATIVAS ESTÃO CORRETAS
	
	
	
		3.
		Qual a metodologia que procura focalizar situações em que haja possibilidade de ocorrência de falhas na instalação estudada, por causa de perigos a que seja exposta.?
		Quest.: 3
	
	
	
	
	FMEA;
	
	 
	APP;
	
	 
	HazOp
	
	
	Arvore de Falhas
	
	
	PPRA
	
	
	
		4.
		Na APP, podemos classificar a frequência dos cenários em categorias:
		Quest.: 4
	
	
	
	
	Verde, Azul, Amarelo, Laranja e Vermelho
	
	 
	1, 2, 3, 4, 5
	
	
	I, II, III, IV, V
	
	
	Muito bom, bom, regular, ruim, muito ruim
	
	 
	A, B, C, D, E
	
	
	
		5.
		Fazer a análise dos riscos mais críticos, com o intuito de identificar os eventos primários e intermediários, que levam à ocorrência do evento de topo é uma ferramenta de avaliação de riscos, chamada:
		Quest.: 5
	
	
	
	
	Análise de Perigos e Operabilidade - HazOp;
	
	 
	Análise por Arvore de Falhas;
	
	
	Análise de Modos e Efeitos de Falhas - FMEA
	
	 
	Análise Preliminar de Perigos
	
	
	Gestão de Riscos;
	
	
	
		6.
		A metodologia de Análise do Tipo e Efeito de Falha, é uma ferramenta que busca, em princípio, evitar, por meio da análise das falhas potenciais e propostas de ações de melhoria, que ocorram falhas no projeto do produto ou do processo. Como é conhecida esta metodologia para o gerenciamento de riscos com vistas a confiabilidade do processo?
		Quest.: 6
	
	
	
	
	APPR
	
	
	AFMC
	
	 
	FMEA
	
	
	CAT
	
	 
	HAZOP
	
		1.
		Qual dos especialistas abaixo NÃO integra uma equipe de Análise Preliminar de Perigos (APP)?
		Quest.: 1
	
	
	
	
	Especialista em Análise de Riscos
	
	 
	Secretaria
	
	
	Engenheiro ou técnico ligado à produção
	
	
	Médico do Trabalho
	
	 
	Técnico envolvido nas rotinas operacionais