AV 2014.3 - MORFOLOGIA PORTUGUESA
3 pág.

AV 2014.3 - MORFOLOGIA PORTUGUESA


DisciplinaMorfologia da Língua Portuguesa206 materiais3.536 seguidores
Pré-visualização1 página
1a Questão (Ref.: 201202344001)
	Pontos: 0,0  / 1,5
	Quando observamos o verbo ESTUDAR conjugado no pretérito imperfeito do indicativo, encontramos em sua desinência modo-temporal o que podemos classificar como alomorfe. Em que pessoa do discurso esse alomorfe está presente?
		
	
Resposta: Na 3º pessoa do plural.
	
Gabarito: Na segunda pessoa do plural (ESTUDÁVEIS).
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201202182737)
	Pontos: 1,0  / 1,5
	                                     A MEIA GORDINHA
Calma, meu anjo.  Não se trata de uma gordinha pela metade. Meia. Nem de meia (aquilo de colocar nos pés)  de uma gordinha, portanto, uma meia gordinha.
Trata-se de você mesma, navegante da Internet. Eu sei que você é meia gordinha e que existe um erro de português aqui. Mas meio gordinha não é o mesmo que meia gordina. Que me perdoem os amargos gramáticos, mas gordinha é meia. Meia gordinha. Meia gordinha soa melhor, sua menos.  Meia gordinha, como você está, no ponto.
(Mario Prata, O Estado de São Paulo: 20/12/2000).
Compare:  "você é meia gordinha"  com "meio gordinhanão é o mesmo que meia gordinha"
Que se pode dizer sobre a concordância da palavra "meio"  diante de "gordinha" ? Existe mesmo um "erro de português aqui" ?  
		
	
Resposta: Usa "meia gordinha" está errado e existe um erro gramatical. A liberdade poética permite que o autor use "meia gordinha".
	
Gabarito: O sintagma "meia gordinha" contém exemplo de concordância atrativa do advérbiocom o adjetivo - e este fato demonstra que, apesar de núcleo de uma termo substantivo, "gordinha" ão perdeu suas características de determinante - e isso independe do fato de integrar um termo qualificador como o predicativo. Ocorre aqui um caso em que o adjetivo se desloca para núcleo de um termo por apagamento do substantivo com o qual se refere habitualmente (o pressuposto é "mulher").
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201202271811)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Segundo Saussure, só se pode estudar uma língua dentro de uma determinada:
		
	
	nenhuma das alternativas
	 
	sincronia
	
	sinfonia
	
	diafonia
	
	diacronia
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201202271821)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	A MORFOLOGIA está para as palavras assim como
		
	 
	A FONOLOGIA está para os sons da língua
	
	nenhuma das alternativas
	
	A SINTAXE está para os sentidos linguísticos
	
	A MORFOSSINTAXE está para os morfemas
	
	A SEMÂNTICA está para a frase
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201202342413)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Sabemos que, como vimos nas aulas anteriores, a morfologia é a parte da gramática que estuda as partes que compõem uma palavra ou vocábulo. Quando olhamos uma palavra, independentemente da escolaridade, somos capazes de perceber que ela é composta por partes. Essas partes são chamadas de:
		
	
	Verbo
	 
	Morfema
	
	Fonema
	
	Palavra
	 
	Sílaba
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201202158579)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Em relação à palavra FALÁVAMOS, segmentada : FAL + A + VA + MOS, é certo afirmar:
		
	
	A palavra não pode ser segmentada dessa forma porque "A" é uma letra, somente.
	
	A segmentação correta é: FALAVA + MOS , pois a desinência que indica a pessoa precisa ser separada do resto da palavra.
	
	A palavra deve ser segmentada dessa forma porque é assim que as sílabdas são separadas.
	 
	A palavra precisa ser segmentada dessa forma porque cada pedaço representa uma unidade portadora de sentido, isto é, um morfema;
	
	A palavra não pode ser segmentada dessa forma porque "FAL" não possui significação;
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201202192793)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Leia o texto a seguir que está incompleto.
É praticamente impossível elaborar um conceito de palavra sob ___________________, pois a forma de __________ do brasileiro influencia bastante na distinção dos sons formadores de cada enunciado.
A alternativa que completa corretamente o trecho é
		
	 
	critério fonológico / falar
	
	critério conotativo / significar
	
	critério semântico /escrever
	 
	critério mórfico / falar
	
	critério padrão / escrever
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201202186226)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Considerando-se que a derivação parassintética envolve a formação de uma nova palavra com oacréscimo simultâneo de prefixo e sufixo (também chamado ¿circunfixo¿), assinale a única opção emque, pela teoria dos constituintes imediatos, a palavra dada é caso apenas de prefixação, emboracontenha prefixo e sufixo.
		
	 
	envelhecimento.
	 
	desengrandecer.
	
	desgostoso.
	
	avacalhação.
	
	redutibilidade.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201202186164)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	A partir da análise da estrutura mórfica das formas verbais FREIA, FREIAM e FREAMOS, FREAVAS, pode-se observar que a presença da vogal I ocorre nas formas que:
		
	 
	são paroxítonas derivadas de ¿freio¿.
	 
	têm a vogal tônica dentro do radical.
	
	possuem vogal temática alomórfica.
	
	indicam as pessoas do singular.
	
	apresentam pronúncia flutuante.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 201202342613)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Há diversos estrangeirismos em nossa língua, como SHOPPING, SHOW, etc. Uma das razões para que isso ocorra é:
		
	
	A escolha da ABL
	
	A aceitação do governo.
	 
	O contato entre as culturas
	
	A rejeição dos falantes
	
	A imposição do governo