Estudos 2014
30 pág.

Estudos 2014


DisciplinaEducação Profissional: Teoria e Prática826 materiais6.123 seguidores
Pré-visualização13 páginas
a preparação dos indivíduos para o ingresso no mercado de trabalho
	
	a acumulação de capital humano
	 
	o processo de formação do cidadão
	
	a formação profissional em detrimento da educação geral
	
	as habilidades e competências para a empregabilidade
	
	Nas sociedades de classe da Antiguidade, as elites eram educadas na escola. O povo:
I) se educava no próprio processo de trabalho.
II) aprendia agindo sobre a matéria, transformando-a.
III) tinha escolas específicas, preparatórias para o trabalho.
IV) aprendia lidando com a realidade, observando e fazendo. Assinale a opção correta:
	
	apenas as alternativas I, II e III são verdadeiras
	
	apenas as alternativas I e IV são verdadeiras
	 
	apenas as alternativas I, II e IV são verdadeiras
	 
	apenas as alternativas II e IV são verdadeiras
	
	apenas as alternativas III e IV são verdadeiras
		
	Num contexto em que as formas de organização do trabalho eram pautadas em premissas tayloristas, os currículos de formação profissional apresentavam propostas características. Assinale a alternativa que caracteriza essas propostas:
	
	Métodos alternativos e diversificados;
	
	Planejamento participativo
	
	Planejamento cooperativo e métodos alternativos;
	 
	Métodos repetitivos e mecanizados;
	
	Métodos construtivos e individualizados
		
	
	O impacto nas políticas públicas de Educação profissional, reforçou a dualidade de perfis profissionais. Políticas educacionais profissionais evidenciam o empobrecimento no compromisso político com segmentos sociais. Uma nova política educacional profissional precisa focar a questão levando em conta:
I- A adoção de uma postura crítica que desatrele educação e interesses do mundo produtivo;
II- A adoção de uma política que suprima o aprendizado do processo;
III- A formação integral do aluno para que seja o artífice de seu próprio caminhar e construtor de seu destino;
IV -A imersão do aluno em contextos ligados ao fazer profissional, buscando acabar com a alienação.
Um dos elementos não faz parte de uma política emancipatória. Marque a opção que não contém esse elemento:
	 II e IV
	
	 II, III IV
	
	  I, III e IV 
	
	 I e II 
	
	  I, II e IV
	
	O paradigma flexível pode ser compreendido como um paradigma produtivo fundado em:
I sistemas eletromecânicos -  mecanização II sistemas eletrônicos -  automação III controle e padronização da produção
IV produção variada Em relação ao paradigma flexível as afirmativas corretas são apenas as de número:
	 
	II e IV
	
	I e IV
	 
	I e III
	
	I e II
	
	II e III
		
	A contradição entre as classes marca a questão educacional e o papel da escola. A sociedade capitalista tende a generalizar a escola e sobre esta generalização da educação escolar básica, a sociedade burguesa reconstitui as diferenças sociais. Essa diferenciação se expressa em:
I) escolas para a elite destinadas à formação intelectual
II) escolas para as massas limitadas às habilitações profissionais
III) escolas para as classes populares voltadas para a sua real ascensão social
IV) escolas para o povo destinadas ao exercício das funções instrumentais Marque a resposta correta:
	
	apenas as alternativas I e IV são verdadeiras
	
	apenas as alternativas II e IV são verdadeiras
	
	 apenas as alternativas I, III  e IV são verdadeiras
	 
	apenas as alternativas  I,  II e IV são verdadeiras 
	
	 apenas as alternativas III e IV são verdadeiras
	A  alternativa que explicita  o  processo de planejamento e elaboração de materiais no modelo tayloristas é:
		
	
	  O material instrucional  era  elaborado por empresas especializadas que organizavam o conteúdo com foco no planejamento e a avaliação e buscando integrar   o saber.
	
	As instituições elaboravam material instrucional buscando métodos alternativos e atendendo às diferenças individuais  e numa concepção de avaliação processual;
	
	Os materiais eram elaborados por uma equipe específica que tinha como foco a avaliação processual buscando  integrar  o  planejamento e avaliação.
	
	Os materiais eram preparados por equipes especializadas de forma a fazer uma contextualização do conteúdo
	 
	As próprias instituições separavam suas equipes em planejamento, desenvolvimento de materiais instrucionais e avaliação, fragmentando o saber em fases distintas
		
	No Japão, o toyotismo revelou-se o modelo que operou uma revolução técnica mais radical diante das necessidades de reestruturação produtiva e que tem causado mais impacto, em escala mundial, mesclando-se ou mesmo substituindo o padrão fordista dominante.
Abaixo são listadas algumas características da produção
I. produção em larga escala
II. trabalho em equipe
III. polivalência do trabalhador
IV. produção despadronizada
V. estoque mínimo
A única opção que NÃO indica uma característica do toyotismo é:
	 I
O novo profissional da produção flexível deve:
I) ser mais generalista que especialista
II) ter uma sólida base de educação geral
III) construir competências de longo prazo
IV) receber uma educação profissional instrumental Assinale a opção correta:
	 
	apenas as alternativas  I,  II e III são verdadeiras 
	
	
A globalização e o processo de reestruturação produtiva colocam em questão o conceito de qualificação do trabalhador para desenvolver tarefas para o posto de trabalho. Agora trata-se de adotar o conceito de qualificação real do trabalhador, compreendida como um conjunto de competências e habilidades oriundas de várias instâncias. Entre elas estão presentes as competências provenientes:
I) da formação geral (conhecimento científico)
II) da formação profissional (conhecimento técnico)
III) da experiência de trabalho e social (qualificações tácitas)
Assinale a opção correta:
	
	
	 
	Todas as afirmativas são verdadeiras
	
	
Assinale V (verdadeiro) ou F (falso) em relação à tese da polarização das qualificações dos trabalhadores.
	(   ) O avanço científico e tecnológico introduz mudanças no processo de trabalho que se traduzem no peso crescente da dimensão mais qualificada do trabalho, pela intelectualização do trabalho social.
(   ) Ao lado da intelectualização de uma parcela da classe trabalhadora vinculada à indústria automatizada, percebe-se a presença de inúmeros setores operários desqualificados.
(  ) A tese da polarização acaba configurando um processo contraditório de superqualificação em alguns ramos produtivos e de desqualificação de outros.
Marque a alternativa que corresponde à ordem correta das suas respostas:
	
	
		
	
	
	
	
	V, F, V
	
	
	F, V, F
	
	 
	V, V, V
	
	
	F, V, V
	
	
	F, F, V
	
	No artesanato, as dimensões intelectuais do trabalho manual humano estavam preservadas. O artesão dominava seu processo de trabalho. A partir da Primeira Revolução Industrial, com a maquinaria, os ofícios são simplificados, as máquinas generalizam as funções intelectuais do processo produtivo e os trabalhadores são alienados do saber inerente ao processo de trabalho. Assim, é possível afirma que, na maquinaria:
I) ocorre a conversão da ciência em potência material e as funções intelectuais do trabalho manual são transferidas para as máquinas
II) os operários passam a desenvolver a compreensão dos mecanismos de produção e do processo de gestão
III) os trabalhadores não realizam atividades intelectuais e perdem o controle do processo produtivo
IV) o trabalho intelectual fica ligado às tarefas de supervisão realizadas pela gerência
Assinale a opção correta:
	
	 
	    apenas as alternativas  I,  III e IV são verdadeiras 
	
	
	
		A introdução da maquinaria impôs um patamar mínimo de qualificação geral, que foi equacionado no currículo da escola. O acesso à escola dava aos trabalhadores as condições