INSTRUMENTALIDADE NO SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTAL TÉCNICO OPERATIVO APOSTILA
40 pág.

INSTRUMENTALIDADE NO SERVIÇO SOCIAL E INSTRUMENTAL TÉCNICO OPERATIVO APOSTILA

Pré-visualização9 páginas
INSTRUMENTALIDADE NO 
SERVIÇO SOCIAL
E
INSTRUMENTAL TÉCNICO OPERATIVO DO 
SERVIÇO SOCIAL
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
Carta ao Leitor
Concurseiros de serviço social elaboramos esse material sobre
Instrumentalidade no Serviço Social e Instrumentos Técnicos Operativo do
Serviço Social. Esse conteúdo é sempre cobrado nos concursos de serviço social,
dessa forma esse material auxiliará em sua aprovação.
Concurseiros pedimos que não compartilhe esse material, nem com FINS
LUCRATIVOS e nem SEM FINS LUCRATIVOS, esse material é protegido pela lei
de direitos autorais, dessa forma a reprodução dele a terceiros sem a devida
autorização do grupo concurseiros de serviço social, constitui-se crime e quem o
pratica está sujeito as penalidades legais.
Esperamos que esse material te ajude em sua aprovação. Conheça também
os nossos outros materiais, temos certeza que vários deles poderão te ajudar.
Concurseiro caso necessite tirar alguma dúvida, ou fazer alguma
reclamação, sugestão etc, entre em contato conosco e termos prazer em auxiliá-lo.
Contato dos concurseiros de serviço social
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
FanPage no Facebook:
 https://www.facebook.com/concurseirosdeservicosocial/?fref=ts
Blogger: http://concurseirosdeservicosocial.blogspot.com/
Istagram: @concurseirosdeservicosocial
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
Sumário
1. Instrumentalidade No Serviço Social segundo Yolanda Guerra;
2. Dimensões de Serviço Social;
3. Diferença entre Instrumentalidade, Instrumental e Instrumentos
4. Instrumental Técnicos Operativo do Serviço Social
5. Instrumentos Diretos e Indiretos
6. Instrumentos de Trabalho do Assistente Social
\u2022 Estudo Social;
\u2022 Perícia Social;
\u2022 Laudo Social;
\u2022 Parecer Social;
\u2022 Relatório Social;
\u2022 Entrevista Individual e Coletiva;
\u2022 Visita Domiciliar;
\u2022 Visita Institucional;
\u2022 Dinâmica de Grupo
\u2022 Reunião;
\u2022 Ata de Reunião;
\u2022 Observação Participante;
\u2022 Mobilização de Comunidade;
\u2022 Diário de Campo;
\u2022 Livro de Registro;
\u2022 Questões sobre Instrumentalidade, Instrumental e Instrumentos;
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
Instrumentalidade no Serviço Social
Yolanda Guerra (2007) é uma das autoras de grande renome que aborda o tema
Instrumentalidade no Serviço, segundo ela, em um primeiro momento, costuma-se
associar instrumentalidade com o uso de instrumentos e técnicas, entretanto, o
aprofundamento do tema mostra que instrumentalidade é uma determinada capacidade ou
propriedade constitutiva da profissão, construída e reconstruída no processo sócio-
histórico. 
Dessa forma a instrumentalidade é \u201cuma propriedade e/ou capacidade que a
profissão vai adquirindo na medida em que concretiza objetivos. Ela possibilita que os
profissionais objetivem sua intencionalidade em respostas profissionais. É por meio
desta capacidade, adquirida no exercício profissional, que os assistentes sociais
modificam, transformam, alteram as condições objetivas e subjetivas e as relações
interpessoais e sociais existentes num determinado nível da realidade social: no nível
do cotidiano\u201d (GUERRA, 2007, p.2).
 A instrumentalidade é condição do conhecimento social da profissão. Existe
também uma relação entre a instrumentalidade e a postura teleológica, essa postura
teleológica é a capacidade humana de projetar finalidade às ações, finalidades que
contêm uma intenção ideal e um conjunto de valores direcionados ao que se julga melhor
em relação ao presente . Segundo Guerra (2007), foi no estágio do capitalismo
monopolista que o Estado passou a intervir na questão social. Nesse período, \u201cinstaura-se
um espaço determinado na divisão social e técnica do trabalho para o Serviço Social
(GUERRA, 2007, p. 6).
A instrumentalidade se constitui como uma possibilidade de atendimento das
demandas e alcance de objetivos tanto sociais como profissionais, sendo, também, uma
condição concreta de reconhecimento social da profissão. Dessa forma, a
instrumentalidades é uma propriedade ou um determinado modo de ser que a profissão
adquire junto às relações sociais, no confronto entre as condições objetivas e subjetivas
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
do exercício profissional. Guerra (2007) afirma, também, que a instrumentalidade
permite que os sujeitos, face a sua intencionalidade, invistam na criação e articulação dos
meios e instrumentos necessário para a consecução dos objetivos profissionais.
A autora menciona dois tipos de razão: a Instrumental e a Dialética, ambas
serão explicitadas no quadro a seguir.
Razão Instrumental e Razão Dialética Segundo Yolanda Guerra (2007)
Razão Instrumental 
(Racionalidade Instrumental)
Razão Dialética 
(Racionalidade Dialética)
\u2022 Limitadas a práticas
manipuladoras e instrumentais,
fragmentada, descontextualizada e
segmentada;
\u2022 A razão instrumental é funcional á
reprodução da ordem burguesa.
\u2022 É o mais alto nível da razão;
\u2022 A razão humana é crítica e
dialética;
A instrumentalidade é mencionada também por Guerra (2007) como mediação,
onde existe a passagem das ações que estão no campo meramente instrumentais para o
exercício profissional crítico e competente. Dessa forma ao se reconhecer a
instrumentalidade como mediação, significa tomar o serviço social com uma totalidade
construída de múltiplas dimensões, que são: Técnico Operativa (Técnico-Instrumental),
Ético Política, Teórico Metodológico (Teórico- Intelectual) e dimensão Formativa. As
dimensões se articulam entre si, se constituem uma relação de unidade na diversidade,
não existe sobreposição de uma sobre a outra, entretanto, a dimensão técnico operativo é
a forma de aparecer da profissão, é a dimensão pela qual o serviço social é conhecido e
reconhecido como profissão. As dimensões que se articulam no fazer profissional
segundo Guerra (2007) estão esquematizada no quadro a baixo.
Dimensões do Serviço Social Segundo Yolanda Guerra (2007)
Técnico Operativa
Técnico
Teórico
Metodológico
Ético Política Formativa
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
Instrumental (Teórico
Intelectual)
\u2022 É a forma de
aparecer da
profissão.
\u2022 A imagem
social da
profissão
emana dessa
dimensão;
\u2022 Está carregada 
de 
representações 
sociais e da 
cultura 
profissional;
\u2022 Dá visibilidade
social a
profissão.
\u2022 Cria
estratégias
táticas de
intervenção.
\u2022 Forma de
chegar ao real
por meio de
várias
estratégias que
sejam
construídas de
acordo com as
circunstâncias
para
ultrapassar o
imediato.
\u2022 O instrumento
dessa
dimensão é a
analise do real,
onde ocorre a
intervenção
profissional.
\u2022 Está ligada ao
compromisso
social do
serviço social
com o projeto
ético político;
\u2022 Essa
dimensão não
se restringe
ao
compromisso
social
genérico;
\u2022 Revela a
capacidade do
assistente
social realizar
as mediações
necessárias
para
implementar
ações.
\u2022 Está
relacionado
a educação
permanente
É importante que nos concursos você não confunda Instrumentalidade, com
Instrumental e com Instrumentos, para deixar claro as características de cada um, fique
E-mail: concurseirosdeservicosocial@gmail.com
WhatsApp: 86998028617
atento na explicação a seguir:
\u2022 Instrumentalidade é: uma propriedade e/ou capacidade que a profissão vai
adquirindo na medida em que concretiza objetivos. Ela possibilita
Sara
Sara fez um comentário
Ótimo
1 aprovações
Carregar mais