A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
32 pág.
CURSO Lei de Diretrizes Orçamentárias para Município ENAP

Pré-visualização | Página 1 de 6

CURSO: LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTARIAS PARA MUNICÍPIOS – ENAP
Aula 20.06
Módulo I Conhecendo o Sistema Orçamentário
O que é LDO? Define prioridades; traz uma série de regras para elaborar, organizar e executar o orçamento. Ainda indica, por exemplo, qual será o reajusto do salário mínimo, e quanto o governo terá que poupar para pagar suas dívidas. A LDO também aponta as mudanças recentes na cobrança de tributos e as regras temporárias para o caso do orçamento não ser aprovado até o final do ano. Define ainda, as políticas oficias das oficinas de fomento como o BNDES, BASA e o BNB – que utilizam recursos públicos para financiar projetos que promovam o desenvolvimento do país, dentre outros assuntos. 
Governo trabalha com planejamento de médio prazo – Planejamento Plurianual – definidas as grandes prioridades nacionais e regionais, para um período de 4 anos. 
Antes de fazer esse planejamento o governo encaminha para o CN uma outra lei, a LOA – Lei de Diretrizes Orçamentarias – que diz como será feito o planejamento anual e como será o gasto para aquele período. Ajustado de acordo com as necessidades e prioridades do governo.
PPA LDO LOA.
É a LDO que faz a ligação entre o plano estratégico de médio prazo estabelecido no PPA, com o plano operacional de curto prazo representado pelo orçamento anual (LOA)
LDO é um instrumento inovador trazido pela Constituição Federal de 1988 e tem como um dos objetivos ampliar a transparência do processo de elaboração do orçamento.
O projeto de LDO é um texto elaborado pelo Poder Executivo com um conjunto de normas que após aprovado pelo Legislativo e sancionado pelo Chefe do Poder Executivo é denominado de LDO.
O foco da LOA é a programação detalhada da autorização orçamentária de receitas e despesas, não oferecendo uma visão síntese, e por consequência, obscurecendo o conhecimento da real situação das finanças do ente da federação (GIACOMONI, 2007).
A LDO deve ser elaborada com observância dos aspectos legais (Constituição Federal,
Constituição Estadual, LRF e Lei Orgânica do Município) e, sendo parte do sistema orçamentário, essa lei deve ter seu conteúdo compatível com o PPA, ou seja, o conteúdo da LDO deve contemplar o que foi estabelecido pelo PPA.
Prazo de remessa da LDO: o prazo de remessa ao Poder Legislativo. Este prazo normalmente é definido na Lei Orgânica do Município.
De acordo com Vaineret al. (2001), o projeto de LDO a ser encaminhado à Câmara Municipal pode ser dividido em três partes:
Mensagem ao Projeto de LDO: É uma mensagem do Chefe do Poder Executivo apresentando em linhas gerais a proposta do projeto de LDO ao Poder Legislativo. A mensagem é um encaminhamento do projeto de lei explicitando, de forma resumida, o conteúdo que os parlamentares encontrarão no projeto de LDO, além de uma breve exposição dos objetivos do 
governo com o projeto de LDO.
2) O projeto de LDO propriamente dito: É o conteúdo da lei: disposições preliminares; metas e prioridades; estrutura e organização do orçamento; diretrizes para elaboração e execução do orçamento; disposições sobre a política de pessoal; alterações na legislação tributária, disposições finais.
3) Anexos: Anexo de Metas Fiscais e Anexo de Riscos Fiscais. Embora o Governo Federal elabore também o anexo de Metas e Prioridades, a construção de um anexo específico para Metas e Prioridades não é uma exigência legal.
O Sistema Orçamentário Brasileiro
O sistema orçamentário brasileiro começa pelo Plano Plurianual (PPA), que define estratégias, diretrizes e metas da Administração Pública para um período de 4 anos.
Temos também duas leis anuais:
LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias: que traz as regras para elaborar e executar o orçamento do ano seguinte, definindo também as prioridades e metas do governo;
LOA – Lei Orçamentária Anual: estima as receitas e programa as receitas de acordo com as prioridades do PPA e as regras estabelecidas pela LDO. 
Nenhuma despesa pública pode ser executada sem estar prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA).
MODULO INTRODUTÓRIO
	Iniciado em
	quarta, 20 jun 2018, 21:13
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	quarta, 20 jun 2018, 21:43
	Tempo empregado
	29 minutos 39 segundos
	Avaliar
	14,00 de um máximo de 14,00(100%)
Parte superior do formulário
Questão 1
Texto da questão
Correlacione a primeira coluna de acordo com a segunda em relação às fases do Ciclo Orçamentário:
	É dirigida à execução do orçamento. Compreende a verificação da legalidade dos atos de arrecadação de receita e realização de despesa, cumprimento do programa de trabalho, fidelidade funcional daqueles responsáveis por bens e valores públicos.
	Resposta 1
	Nessa fase, as decisões e escolhas expressas na lei orçamentária, assumem natureza financeira, ou seja, as receitas são arrecadadas e as despesas realizadas.
	Resposta 2
	Essa fase envolve um conjunto de atividades que compreende o diagnóstico de problemas, a formulação de alternativas, a tomada de decisões, a fixação de metas e a definição de custos a serem apresentadas ao Poder Legislativo.
	Resposta 3
	Corresponde o momento em que o projeto de lei chega ao Poder Legislativo para apreciação, discussão e votação.
	Resposta 4
Feedback
Você acertou.
Questão 2
Texto da questão
O Ciclo Orçamentário corresponde às etapas típicas do orçamento público, desde sua elaboração até a sua avaliação final. Quanto ao Ciclo Orçamentário, é incorreto afirmar que:
 
a. O Ciclo orçamentário se renova periodicamente tendo como únicas etapas: elaboração, execução e controle do orçamento 
b. A fase de elaboração no Ciclo Orçamentário é a fase em que o Poder Executivo confecciona os projetos de PPA, LDO e LOA.
c. A fase de aprovação do Ciclo Orçamentário corresponde ao momento em que o projeto de lei (projeto de PPA, LDO e LOA) chega ao legislativo para apreciação, ou seja, discussão e votação.
d. O Ciclo Orçamentário tem início com a fase de elaboração das leis orçamentárias (todas essas leis são elaboradas pelo Poder Executivo) que as envia para o Poder Legislativo sob forma de projeto de lei.
Feedback
Você acertou.
Comentário:
a) O Ciclo orçamentário compreende as seguintes etapas: elaboração, discussão/aprovação, execução, controle/avaliação.
Questão 3
Texto da questão
Leia o texto e assinale a alternativa correta:
Suponhamos que você seja o mais novo prefeito da cidade fictícia de Sofianópolis e que, como chefe do Poder Executivo, terá de estabelecer por meio de uma lei, quais são as prioridades e metas da administração pública municipal para o próximo ano. Em qual dos instrumentos listados abaixo você deverá materializar as diretrizes?
 
a. Plano Plurianual (PPA)
b. Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 
c. Lei Orçamentária Anual (LOA)
d. Sistema Orçamentário
Feedback
Comentário:
b) É a LDO que compreende as metas e prioridades da administração pública federal para o ano seguinte.
Questão 4
Texto da questão
 Sobre a LDO assinale a única opção que preenche corretamente as lacunas abaixo:    
a) Pelas funções que exerce, a LDO tem uma vigência diferenciada. Pelo entendimento da maioria dos autores a vigência da LDO ultrapassa o exercício financeiro.
	Verdadeiro
	Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
 
b) Quem estabelece o conteúdo da LDO é unicamente a Constituição Federal.
	Verdadeiro
	Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
 
c) Entre alguma de suas competências estabelecidas pela Constituição Federal, cabe à LDO estabelecer metas e prioridades da administração pública, orientar a elaboração da LOA, dispor sobre as alterações na legislação tributária, etc.
	Verdadeiro
	Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
 
d) A LDO é integrada pelo anexo de Metas Fiscais. Embora comumente contenha outros anexos, estes não são exigidos legalmente.
	Verdadeiro
	Falso
Atingiu 1,00 de 1,00
  
                                                    
Feedback
 Comentário:
Está em dúvida por que a segunda e quarta afirmativas são falsas?
A Constituição Federal e a LRF estabelecem

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.