Exercícios Resolvidos - Resistores e Capacitores
17 pág.

Exercícios Resolvidos - Resistores e Capacitores


DisciplinaEletricidade Aplicada6.997 materiais64.865 seguidores
Pré-visualização1 página
LISTA DE EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE 2 
 
1. Considere a rede resistiva ao lado e determine: 
a. Resistência equivalente. 
b. Corrente total fornecida pela fonte de alimentação ao circuito. 
Resp. (a) Req= 75 \u2126 (b) I= 0,33 mA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2. Determine a resistência equivalente vista pelos pontos A e B: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
3. Calcule a corrente e a tensão na carga entre os pontos A e B do circuito ao 
lado, aplicando: 
a. Método de Thévenin. 
b. Método de Norton. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4. Para a Ponte de Wheaststone, entre os pontos A e B, calcule o equivalente de: 
a. Thévenin. 
b. Norton. 
 
 
 
 
 
 
 
120 V 10\u2126
20\u2126
20\u2126 30\u2126
A
B 
24\u2126 12\u2126
30\u2126 60\u2126
90 V 
A
B
 
10\u2126
5\u2126
5\u2126
7\u2126
3\u2126
1\u2126
33\u2126
15\u2126 21\u2126
A
B
 
R1 R2
R3
R4
R5 E
 
 
 
 
 
5. Calcule o equivalente de Thévenin e Norton para os circuitos abaixo: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
6. Aplicando Maxwell, determine VL. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7. Considere o circuito ao lado e determine a tensão e a corrente em Rx: 
a. Pelo método de Thévenin. 
b. Pelo método de Norton. 
Dados: I1= 500 mA; E2= 20 V; R1= R3= 100 \u2126; R2= Rx= 200 \u2126. 
Resp. (a) Ix= 116,66 mA \u2013 para baixo; Vx= 23,33 V. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8. No circuito ao lado, determine a potência dissipada pelo resistor R5, utilizando o 
Método de Norton. 
Dados: E= 42 V; R1= R3= R4= R5= 100 \u2126; R2= 150 \u2126. 
 
 
 
 
 
 
3 A 
4 A 
4\u2126
2\u2126
6\u2126
 
V
I1I1I1I1 R1R1R1R1
R2R2R2R2
R3R3R3R3
RxRxRxRx
E2E2E2E2
 
R1R1R1R1 R3R3R3R3
R4R4R4R4R2R2R2R2EEEE
I1
R5R5R5R5
I3
I2
I5
I4
 
12 V 2\u2126
3\u2126
A
B
12 V 2\u2126
3\u2126
A
B
5\u2126
12 V 2\u2126
3\u2126
A
B
5\u2126
2\u2126
 
9. No circuito ao lado, determine as correntes da malha I e II. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
10. Determine as correntes e as tensões em todos os bipolos do circuito ao lado pelo 
método de Maxwell. 
Dados: E1= E3= 20 V; E2= E4= 10 V; R1= R2= 22 \u2126; R3= R4= 47 \u2126. 
Resp. I1= 276,10 mA; I2= 232,96 mA; I3= 509,06 mA; V1= 6,07 V; V2= 5,13 V; V3= 10,95 
V; V4= 23,93 V. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
11. Um capacitor de placas paralelas possui placas circulares de raio 8.2 cm e 
separação de 1.3 mm. 
a. Calcule a capacitância. 
b. Que carga aparecerá sobre as placas se a diferença de potencial aplicada 
for de 120 V? 
Resp. (a) 140 pF (b) 17 Nc 
 
 
 
12. Dispomos de vários capacitores de 2 µF, capazes de suportar 200 V sem ruptura. 
Como poderíamos agrupar esses capacitores, de modo a obter um capacitor 
equivalente de: 
a. 0.4 µF, capazes de suportar 1000 V. 
b. 1.2 µF, capazes de suportar 1000 V. 
Resp. (a) Cinco em serie (b) 3 arranjos item a em paralelo (por exemplo) 
 
 
 
13. Dois capacitores, de capacitancias 2 µF e 4 µF, são ligados em paralelo através 
de uma diferença potencial de 300 V. Calcular a energia total armazenada nos 
capacitores. 
Resp. 0.27 J 
 
E1
E2
E3
E4
R1
R2
R3
R4
 
12 V 
24 V 
2\u2126
5\u2126
48 V 
4\u2126
12 V 5\u2126
2\u2126
 
I1 I2 
14. Considerando o circuito mostrado na figura ao lado, com C1 = 10 µF, C2 = 5 µF, 
C3 = 4 µF e E= 100 V, determine: 
a. A carga. 
b. A diferença de potencial. 
c. A energia armazenada para cada capacitor. 
Resp. (a) q1 = q2 = 0.33 mC, q3 = 0.4 mC; (b) V1 = 33 V, V2 = 67 V, V3 = 100 V, 
(c) U1 = 5.4 mJ, U2 = 11 mJ, U3 = 20 mJ. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
15. Considere o circuito ao lado e determine: na figura ao lado, com, determine: 
a. A capacitância equivalente. 
b. A carga total fornecida pelo circuito. 
c. A carga armazenada em cada capacitor. 
Dados: C1= C2= C3= 2 µF; E = 6 V 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
16. Determine a capacitância equivalente entre os pontos A e B: 
 
 
 
 
 
 
 
17. Qual a indutância equivalente entre os pontos A e B e entre os pontos C e D: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
C1 C2
C3
E 
C1 C2
C3
E
 
500µH500µH500µH500µH 5mH5mH5mH5mH
1mH1mH1mH1mH
3mH3mH3mH3mH
1.5mH1.5mH1.5mH1.5mH
8mH8mH8mH8mH
A
B
C
D 
2µF2µF2µF2µF 3µF3µF3µF3µF 4µF4µF4µF4µF
A
B
 
 
18. Determine a curva da corrente total, lida no instrumento, sendo que a chave S 
estava fechada e no t= 0 foi aberta: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
19. Para o circuito ao lado tem-se a dissipação máxima no resistor de 4 \u2126 de 256 W. 
Calcule quanto tempo o resistor leva para se danificar, supondo o capacitor, 
inicialmente, totalmente descarregado. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1µF1µF1µF1µF
3k\u21263k\u21263k\u21263k\u2126 2k\u21262k\u21262k\u21262k\u2126
4k\u21264k\u21264k\u21264k\u2126 1k\u21261k\u21261k\u21261k\u2126
Key = S Key = S Key = S Key = S 
100 V 100 V 100 V 100 V 
 
100µF100µF100µF100µF
8\u21268\u21268\u21268\u2126
4\u21264\u21264\u21264\u2126120 V 120 V 120 V 120 V 
 
RESPOSTAS
Vanessa
Vanessa fez um comentário
Na questão 7 como é que a corrente está em Ohm se é em Amperes? Eu não entendi.
0 aprovações
Carregar mais