A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
apol 20000

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Estudo das Relações Étnico-raciais Afro-brasileira, Africana e Indígena
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“Aos 72 anos de idade, o Marechal Lima da Silva via realizado seu desejo [...]: ingressava nos círculos mais próximos ao rei. Sabia, porém, que sua tarefa não estava encerrada. Para sedimentar sua nova posição, era preciso também reposicionar socialmente a família”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SOUZA, Adriana Barreto de. A metamorfose de um militar em nobre: trajetória, estratégia e ascensão social no Rio de Janeiro joanino. Tempo. v. 12, n. 24, p. 54-73, 2008. p. 71-72.
O fragmento de texto trata de um movimento de ascensão social facilitada pela proximidade de alguém com status político e de poder, no caso, o rei.  Levando em consideração os conteúdos do livro-base Desigualdades de gênero, raça e etnia, como é denominada a mudança que ocorre de um estrato social para outro? Assinale a alternativa correta.
	
	A
	Estratificação social.
	
	B
	Mobilidade social.
	
	C
	Luta de classes.
	
	D
	Ascenção social.
	
	E
	Sistema de castas.
Questão 2/5 - Estudo das Relações Étnico-raciais Afro-brasileira, Africana e Indígena
Leia o trecho de texto a seguir: 
“Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos e outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: VELOSO, Caetano; GIL, Gilberto. Haiti. Tropicália 2. WEA, 1993 <https://www.vagalume.com.br/caetano-veloso/haiti.html>. Acesso em 21 de out. 2016.
O trecho da letra acima foi retirado da música Haiti, de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Esta música trata da desigualdade racial, que é um tipo de desigualdade social. Sobre as características básicas das desigualdades sociais e, tendo em vista os conteúdos do livro-base Desigualdades de gênero, raça e etnia, relacione os termos a seguir às suas características: 
Desigualdade como fenômeno social.
Desigualdade como fenômeno onipresente.
Desigualdade como fenômeno de diferentes configurações.
Desigualdade como fenômeno que influencia condições de vida. 
(  ) Potencializa conflitos entre pessoas e coletividades.
(  ) Está presente em todas as sociedades humanas.
(  ) Não tem origem em condições biológicas e naturais.
(  ) Muda de forma e conteúdo no espaço e no tempo.
Agora, selecione a sequência correta:
	
	A
	2 – 4 – 3 – 1
	
	B
	3 – 2 – 4 – 1
	
	C
	4 – 2 - 3 - 1
	
	D
	1 – 3 – 2 - 4
	
	E
	4 – 2 – 1 – 3
Questão 3/5 - Estudo das Relações Étnico-raciais Afro-brasileira, Africana e Indígena
Leia o seguinte fragmento de texto: 
“Desde o fim do século XVIII, a natureza feminina era associada gradativamente aos órgãos reprodutivos. Essa associação referendava o discurso médico e de autoridades acerca das limitações dos papéis das mulheres”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: COSTA, Tonia et al. Naturalização e medicalização do corpo feminino: o controle social por meio da reprodução. Interface: Comunicação, Saúde, Educação. v. 10, n. 20, p. 363-380, 2006. p. 368.
A mulher sempre teve seu lugar no mundo marcado pela maternidade e pela reprodução. As mudanças nessa área significaram também uma mudança no lugar da mulher na sociedade. Considerando a citação acima e o livro-base Desigualdades de gênero, raça e etnia sobre relação entre o avanço tecnológico no campo da reprodução e contracepção e a questão de gênero, é correto afirmar que:
	
	A
	as tecnologias de contracepção tiraram o poder da mulher de comandar seu próprio corpo.
	
	B
	as tecnologias de reprodução contribuíram para a submissão das mulheres aos homens.
	
	C
	mesmo com as tecnologias, a atividade sexual ainda é insubstituível, ao menos para a reprodução.
	
	D
	as técnicas contraceptivas deram à mulher a opção da gravidez, ao passo que as técnicas reprodutivas possibilitaram a gravidez sem o intercurso sexual.
	
	E
	as técnicas para evitar e para ter filhos diminuíram o papel da mulher na sociedade.
Questão 4/5 - Estudo das Relações Étnico-raciais Afro-brasileira, Africana e Indígena
Leia a citação a seguir: 
“Quando desempenho meus deveres de irmão, de esposo ou de cidadão, quando me desincumbo de encargos que contraí, pratico deveres que estão definidos fora de mim e de meus atos, no direito e nos costumes, mesmo estando de acordo com sentimentos que me são próprios, sentindo-lhes interiormente a realidade, esta não deixa de ser objetiva, pois não fui eu quem os criou, mas recebi-os através da educação”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DURKHEIM, Émile. A ciência social e a ação. São Paulo: Difel, 1975. p.114.
Nessa citação, Durkheim discorre sobre a transmissão das regras sociais. De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Desigualdades de gênero, raça e etnia sobre a transmissão das regras sociais, é correto afirmar que:
	
	A
	as regras sociais são transmitidas naturalmente.
	
	B
	entre outras instituições, a família e a escola são responsáveis pela transmissão das regras sociais.
	
	C
	existe um sistema de coerção que nos desobriga do cumprimento das regras sociais.
	
	D
	as regras sociais são imutáveis, por isso independem das instituições sociais para existir.
	
	E
	socialização é o nome dado ao descumprimento das normas sociais.
Questão 5/5 - Estudo das Relações Étnico-raciais Afro-brasileira, Africana e Indígena
Considere o seguinte fragmento de texto: 
“No afã de libertar a sociedade francesa de todos os preconceitos e discriminações vigentes no Antigo Regime, os filósofos iluministas idealizaram uma nova sociedade fundamentada na trilogia: liberdade, igualdade e fraternidade. A partir desse ideário, os revolucionários edificaram na França o Estado Democrático de Direito, onde o respeito às liberdades e aos direitos individuais constitui um dos pontos basilares da nova organização estatal”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em:  DE SOUZA, Itamar. A mulher e a revolução francesa: participação e frustração. Revista do UNI-RN. v. 2, n. 2,  2008. p. 111.
Tendo em vista o fragmento de texto acima e os conteúdos do livro-base Desigualdades de gênero, raça e etnia, sobre a relação entre o surgimento do feminismo no final do século XVIII e a crítica ao liberalismo, é correto afirmar que:
	
	A
	foi a Revolução Francesa o movimento que consagrou, pela primeira vez, os direitos das mulheres.
	
	B
	as revoluções liberais do final do século XVIII retiraram direitos das mulheres, conquistados um século antes, motivo pelo qual foram criticadas.
	
	C
	de ideologia liberal, a declaração dos direitos universais da Revolução Francesa não incluiu direitos para as mulheres, razão pela qual foi criticada.
A dec lara ção dos d ire itos universa is da Re vo lução F ra nce sa, marcad a pe la ideo lo gia libera l, não inc luiu dire itos para as mulh er es, mot ivo pe lo q ua l fo i 
contestad a. 
	
	D
	o feminismo surgiu como um movimento antiliberal e de apoio à proclamação dos direitos universais na Revolução Francesa.
	
	E
	as revoluções liberais do século XVIII retardaram o surgimento do feminismo, que só viria ter força na segunda metade do século XX.
Questão 1/5 - Meio Ambiente e Sustentabilidade
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A visão biocêntrica origina-se concomitantemente com a própria ecologia, que nasce como ciência na segunda metade do século XIX, mais precisamente em 1866. Ernst Haeckel cunhou o termo, que etimologicamente resulta da junção dos radicais gregos ‘oikos’ (casa) e ‘logos’