A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Princípio da indelegabilidade - Resumo

Pré-visualização|Página 1 de 1

1
Processo Civil - Resumo
PRINCÍPIOS DA JURISDIÇÃO:
INDELEGAB ILIDADE
Assim como não é admi tido a prorr ogação ou r edução de com petência pel o
julgador, s alvo nos cas os previstos em lei, ta mbém é ve dado ao juiz ou tribunal a
delegação d e suas funç ões para ou tra pessoa ou órgão juri sdicional.
O princípi o veda a d elegação i nterna (par a órgãos d o Poder Ju diciário ou
dentro do m esmo Tribunal) e externa (ou tros Poderes) .
A indelegab ilidade, assi m como ou tros princíp ios, não é absoluta e possui
algumas exceções previst as expressamente na legislação. Seguem alguns exempl os:
os tribunais podem delegar a e xecução das s uas decisões para os juíz es de primeiro
grau; os trib unais com m ais de 25 membros podem criar órgão especial pa ra exercer
as funções do Plenário por delegação; a carta de ordem pode del egar a funç ão
probatória a outro juíz o, entre out ros.