A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Relatório de Microbiologia - Coloração de Gram

Pré-visualização | Página 1 de 2

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
CURSO DE AGRONOMIA
HENRIQUE MATHEUS DA SILVA LIMA
ÍTALO KAEL OLIVEIRA DIAS
MAINÃ MEDEIROS OLIVEIRA
IARA LIANDRA SANTANA SILVA
CARLA MASCARENHAS DOS SANTOS
MARCOS ROGÉRIO ARAÚJO JUNIOR
RELATÓRIO DE MICROBIOLOGIA
PRÁTICA 04
FEIRA DE SANTANA – BA
2014
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................1
2 OBJETIVO..................................................................................................................1
3 METODOLOGIA.........................................................................................................1
3.1 MATERIAIS E REAGENTES..............................................................................1
3.2 PROCEDIMENTO...............................................................................................2
3.2.1 Cultivo de microorganismos........................................................................2
3.2.2 Teste de Coloração de Gram.......................................................................2
4 RESULTADOS E DISCUSSÃO..................................................................................3
5 CONCLUSÃO.............................................................................................................3
6 QUESTÕES................................................................................................................4
6.1 QUAL A IMPORTÂNCIA DE SE CULTIVAR MICRORGANISMOS EM 
LABORATÓRIO?.......................................................................................................4
6.2 QUAL A FINALIDADE PRÁTICA DE SE CONHECER OS 
MICRORGANISMOS DO AMBIENTE? E DO LABORATÓRIO DE 
MICROBIOLOGIA?...................................................................................................4
6.3 QUAIS AS PRECAUÇÕES QUE DEVEM SER TOMADAS PARA 
CONTROLAR OS CONTAMINANTES DO LABORATÓRIO?..................................4
6.4 QUAL É O ASPECTO DE UMA COLÔNIA DE BACTÉRIA? E DE UMA 
COLÔNIA DE FUNGO FILAMENTOSO?.................................................................4
6.5 RELACIONE OS PROCEDIMENTOS DESTA AULA PRÁTICA COM A 
HIGIENE DE UM AMBIENTE HOSPITALAR............................................................5
6.6 APÓS REALIZADO O PROCEDIMENTO DESCRITO ACIMA E OBSERVADO 
ATRAVÉS DO MICROSCÓPIO ÓPTICO, SEU GRUPO CHEGOU A CONCLUSÃO
DE QUE A BACTÉRIA ESTUDADA É GRAM + OU GRAM -?.................................5
6.7 EXPLICAR PORQUE A BACTÉRIA FICA COM COLORAÇÃO AZUL OU 
VERMELHA...............................................................................................................5
7 REFERÊNCIAS..........................................................................................................6
1
1 INTRODUÇÃO
No grupo dos microorganismos são incluídos as bactérias, fungos (leveduras
e fungos filamentosos), protozoários, algas microscópicas e vírus, sendo que estes
últimos são entidades acelulares algumas vezes consideradas a fronteira entre seres
vivos e não vivos.
Os micro-organismos podem ser responsáveis por doenças e deterioração de
alimentos como também na manutenção do equilíbrio dos organismos vivos e dos
elementos químicos do ambiente. 
A Coloração de Gram foi desenvolvida por Hans Christian Gram em 1884, é
um procedimento que classifica as bactérias como gram positivas e gram negativas.
O corante purpura e o iodo se combinam no citoplasma da bactéria corando-a de
púrpura ou violeta escuro, as bactérias que retém esta cor após as tentativas de
descolori-las com álcool são chamadas de gram positivas e as que perdem a cor
violeta escuro ou púrpura são chamadas de gram negativas. (TORTORA; FUNKE;
CASE, 2012).
Meios de cultura são fundamentais para cultivar microorganismos em
laboratório, eles podem ser sólidos, semissólidos ou líquidos. O meio de cultura
pode ser enriquecedor, seletivo, diferenciador, animado ou inanimado ou de
manutenção. (PROLAB, 2014). Um meio de cultura muito utilizado é o ágar nutriente
é um meio relativamente simples, barato e de fácil preparo. (BIOMEDICINA BRASIL,
2014).
2 OBJETIVO
Verificar a existência de microrganismos em diferentes ambientes e
superfícies e diferenciar micro-organismos em gram positiva e gram negativa.
3 METODOLOGIA
3.1 MATERIAIS E REAGENTES
Placas de Petri contendo meio NA (nutriente ágar);
Caneta de retroprojetor;
2
Álcool 70%;
SWAB (cotonete estéril);
Tubos contendo 10 mL de água destilada estéril.
Lâminas de microscopia
Alça de inoculação
Corantes (cristal violeta, safranina ou fucsina)
Fixador (lugol)
Álcool 96GL
Cultura de bactérias
Bico de Bunsen ou lamparina
Microscópio
3.2 PROCEDIMENTO
Dois experimentos foram feitos, um envolvendo o cultivo de microorganismos
e outros para o teste de coloração de Gram.
3.2.1 Cultivo de microorganismos 
Foram preparadas 4 placas de Petri com meio de cultura nas quais foram
inseridos micro-organismos de formas diferentes: passou-se a língua, tocou-se a
superfície com o dedo indicador, com o mesmo dedo, mas higienizado com álcool
70%, tocou-se a superfície e embebeu-se o SWAB com água destilada estéril, o
passou na superfície da bancada e depois o passou no meio de cultura. As placas
foram incubadas durante uma semana a 37 ºC.
3.2.2 Teste de Coloração de Gram
O professor disponibilizou dois meios de cultura com microorganismos para a
determinação das bactérias como gram positiva ou gram negativa. Primeiramente
alça de inoculação foi esterilizada pelo bico de busen, então foi feita a limpeza de
uma lâmina, foi feito um esfregaço da cultura e colocou os micro-organismos na
lâmina, a amostra foi coberta com cristal violeta durante 1 minuto, o excesso do
corante foi retirado com água, a amostra foi coberta com com solução de lugou por 1
3
minuto, a amostra foi lavada com álcool até que o corante não fosse mais arrastado,
a amostra foi novamente lavada com água, a amostra foi coberta com safranina
durante 30 segundos e fez-se a última lavagem com água, a etapa final foi a análise
no microscópio.
4 RESULTADOS E DISCUSSÃO
Em todas as placas de Petri, com exceção da qual se passou a língua,
apareceram poucas colônias pequenas, sendo a maioria de cor branca e umas
poucas amarelas; as colônias apareceram nos locais onde foram passados os
objetos. Na placa de Petri onde se passou a língua estava uma massa mais
desenvolvida e cobria fielmente o local onde tocou a língua.
Nos experimentos do outro grupo no qual usaram um fio de cabelo, as
colônias apareceram apenas nos locais onde houve o contato do cabelo com o meio
de cultura porque somente com o contato que houve a contaminação.
Sobre os dois meios de cultura com microorganismos disponibilizados pelo
professor, após os procedimentos do teste da coloração de Gram um cultivo
manteve apenas a coloração rosada, sendo este gram negativo, enquanto o outro
também teve a coloração rosada, mas com muitas pequenas manchas de cor violeta
escuro. A bactéria gram positiva mantém a cor porque sua camada mais externa,
uma parede celular formada de peptídeoglicano, absorve a tinta; a gram positiva fica
rósea porque sua parede celular fica abaixo da membrana externa, evitando assim a
absorção.
5 CONCLUSÃO
As duas experiências ocorreram como esperado, como previsto os
microorganismos se desenvolveram onde houve o contato com os objetos
envolvidos no teste.
No teste de coloração de Gram os resultados foram satisfatórios, embora os
microorganismos gram positivos não tivessem tido uma coloração violeta escuro
expressiva, ainda assim era visível que eles mantiveram