Formação em Psi Escolar
260 pág.

Formação em Psi Escolar

Disciplina:Psicologia Educação165 materiais212 seguidores
Pré-visualização50 páginas
FORMAÇÃO EM

PSICOLOGIA ESCOLAR

Realidades e perspectivas

H e r c u l a n o R . C a m p o s
o r g a n i z a d o r

Wi lon Ma zal la Jr.
COORDENAÇÃO EDITORIAL

Wil li an F. Migh ton
COORDENAÇÃO DE REVISÃO

He le na Moy sés
REVISÃO DE TEXTOS
Li li an Mo re i ra Mendes

EDITORAÇÃO ELETRÔNICA
Fa bio Di e go da Silva

CAPA
Ivan Grilo

Da dos Inter na ci o na is de Ca ta lo ga ção na Pu bli ca ção (CIP)
(Câ ma ra Bra si le i ra do Li vro, SP, Bra sil)

For ma ção em psi co lo gia es co lar: Re a li da des
e pers pec ti vas / Her cu la no Ri car do Cam pos,

or ga ni za dor. - - Cam pi nas, SP:
Edi to ra Alí nea. 2007.

Bi bli o gra fia.

1. Psi co lo gia es co lar 2. Psi có lo gos es co la res -
For ma ção pro fis si o nal I. Cam pos, Her cu la no

Ri car do.

07-1418 CDD - 371.713

Índi ces para ca tá lo go sis te má ti co:

1. Psi có lo gos es co lar: For ma ção: Edu ca ção
371.713

ISBN 978-85-7516-195-1

To dos os di re i tos re ser va dos à

Edi to ra Alí nea
Rua Ti ra den tes, 1053 Gu a na ba ra Cam pi nas-SP

CEP 13023-191 PABX: (0xx19) 3232.9340 e 3232.2319
www.ato mo e a li nea.com.br

Impres so no Bra sil

Alínea
E D I T O R A

AA A A

A

SUMÁRIO

Apresentação ................................................................................................5

Sobre os autores............................................................................................9

Parte I
Desafios e alternativas para a formação do psicólogo escolar.....................15

Capítulo 1.
A psicologia escolar nas diretrizes curriculares:
espaços criados, desafios instalados .................................................................17
Claisy Maria Marinho-Araujo

Capítulo 2.
Formação inicial em psicologia escolar:
questões apontadas por alunos de graduação....................................................49
Marisa Maria Brito da Justa Neves

Capítulo 3.
Psicologia escolar: perspectivas e compromissos na formação continuada ......69
Claisy Maria Marinho-Araujo
Marisa Maria Brito da Justa Neves

Capítulo 4.
A educação e a educação do psicólogo:
idéias e práticas de pesquisa-ação-formação.....................................................89
Sônia Maria Rocha Sampaio

Parte 2
Atuação e formação em psicologia escolar: uma articulação desejada.....107

Capítulo 5.
O psicólogo escolar e os processos
de implantação de políticas públicas: atuação e formação .............................109
Albertina Mitjáns Martinez

Capítulo 6.
A formação do psicólogo escolar e a atuação
em instituições infantis: da história às práticas atuais .....................................135
Celia Vectore
Eulália H. Maimoni

Capítulo 7.
Reflexões a respeito da atuação do psicólogo
no campo da psicologia escolar/educacional em uma perspectiva crítica .......149
Marilene Proença Rebello de Souza

Capítulo 8.
Psicólogos recém-formados:
oportunidades de trabalho e atuação na área educacional ...............................163
Alacir Villa Valle Cruces
Maria Regina Maluf

Parte 3
Psicologia escolar e educação inclusiva:
novas demandas teórico-práticas ..............................................................211

Capítulo 9.
A pessoa com deficiência mental entre os muros da educação.......................213
Alexandra Ayach Anache

Capítulo 10.
Como estranhos no ninho:
o diferente jeito de viver das pessoas com a Síndrome de Asperger ...............245
Eliana Rodrigues Araújo
Herculano R. Campos

APRESENTAÇÃO

A denominação de um dos mais antigos e atuantes grupos de
trabalho da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em
Psicologia – ANPEPP –, traduz o processo de reflexão que tem
caracterizado toda a Psicologia no Brasil, mas muito particularmente
os avanços que se observam no contexto particular da área de
Psicologia Escolar. Inicialmente denominado GT de Psicologia
Escolar: pesquisa, formação e prática, foi a abrangência da atuação dos
psicólogos nesse campo, associada com as questões emergentes dos
trabalhos realizados na fronteira com a Educação, que requereram a
atualização do nome para GT de Psicologia Escolar e Educacional.

Atualmente constituído por dez professores doutores, todos
membros de Programas de Pós-graduação de diferentes
universidades de diferentes regiões brasileiras, o GT caracteriza-se
pela abordagem de importantes questões teóricas e práticas
pertinentes à interface da Psicologia com a Educação, como a
formação do psicólogo para o trabalho em contextos educativos,
sua atuação na diversidade desses espaços – notadamente na escola
–, à formação do psicólogo para o trabalho em contextos
educativos, bem como pela pesquisa e produção de conhecimento
científico neste campo.

As discussões vêm sendo alimentadas pelos estudos
desenvolvidos por cada um dos docentes que compõem o GT, de
modo que suas investigações conformam um sensível instrumento de
detecção da realidade na área, suas tendências, seus desafios. Em

decorrência, no mesmo movimento em que identifica e discute essas
questões, caracteriza-se o Grupo por buscar dar direção a elas,
notadamente por sua produção teórica, mas também pelo do conteúdo
da participação dos seus membros em diversos fóruns de discussão.

Um dos resultados mais palpáveis dos debates efetuados
durante a X Reunião da ANPEPP, em 2004, foi o livro Psicologia
Escolar e Compromisso Social. Naquela oportunidade, as atenções
do GT se voltaram mais especificamente para o sentido que estava
sendo emprestado às práticas então desenvolvidas pelo psicólogo
escolar/educacional, cotejando-as com as propostas de uma
intervenção socialmente comprometida. Avaliou-se que os discursos
se mostravam mais avançados que as práticas efetivadas, suscitando
uma interrogação a respeito do papel que cabia à formação
acadêmica – inicial e continuada – nesse quadro, notadamente
quando crescia o movimento de adaptação dos currículos às novas
diretrizes, e quando se sabia da dificuldade para contemplar nos
novos currículos, nas novas ênfases, os conteúdos pertinentes à área
da Escolar/Educacional.

A publicação que no momento disponibiliza-se aos
interessados por essa área de intersecção é decorrência, portanto,
das discussões abrigadas sob o tema da Formação em Psicologia
Escolar: realidades e perspectivas. Ela reflete as respostas do GT
aos seguintes objetivos de trabalho, desenvolvidos durante o XI
Simpósio da Associação:

a. Discutir, a partir da experiência e reflexão dos participantes,
apresentadas na forma de produção científica, aspectos da
realidade da formação do psicólogo escolar no Brasil;

b. Ana li sar as ten dên ci as de tais ex pe riên ci as, con si de ran -
do-as em re la ção às es pe ci fi ci da des dos con tex tos edu ca -
ti vos e da re a li da de social brasileira;

c. Identificar os desafios que se apresentam para uma
formação que conduza à análise crítica do contexto
socioeconômico do país, notadamente aqueles concernentes
à dimensão pessoal da formação;

d. Apontar alternativas de formação que possam resultar em
um exercício profissional mais comprometido com a
maioria da população brasileira e em temas de
investigação que venham subsidiar tais ações;

e. Analisar a possibilidade de articular ações conjuntas de
pesquisa e de formação profissional que potencializem os
resultados do trabalho do GT, visando incrementar sua
contribuição ao desenvolvimento da Psicologia