A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
16 pág.
GESTÃO DOS RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO:  ESTUDO DE CASO EM CAMPO GRANDE 2017

Pré-visualização | Página 4 de 5

denominado RB8, o qual é biodegradável, retarda o tempo de pega inicial e tem a capacidade de homogeneização de partículas. Geralmente, utiliza-se um litro do líquido para cada m³ de massa, sendo esta composta por cimento e resíduos de construção e demolição (RCD) triturados. Um diferencial da empresa é a não-separação entre material cimentício e cerâmico, os quais são britados juntos até obter-se a granulometria desejada.
A mistura composta por cimento, agregados de RCC, aglutinante RB8 e água passa pelo processo de prensagem. O produto moldado não passa pelo processo de queima, comum nas fabricações tradicionais, ou seja, os componentes são enrijecidos e ganham resistência in natura. Tal procedimento elimina a emissão de gases poluentes gerados pela queima.
A última etapa consiste na cura úmida, na qual ocorre aspersão constante e regular de água nos primeiros dias de cura. O controle de resistência do produto final é realizado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e enquadra-se dentro dos parâmetros de norma vigente para comercialização.
Exemplos de produtos com resíduos da construção e demolição
Figura 1. Bloco canaleta 
Fonte: Autores, 2017. 
Figura 2. Meio bloco 
Fonte: Autores, 2017. 
Figura 3. Parede constituída por blocos com RCD
Fonte: Autores, 2017.
RESULTADOS E DISCUSSÕES
Os benefícios do emprego de desenvolvimento sustentável refletem na esfera ambiental, econômica e social. No estudo de caso em análise, há redução de 20 a 30% no custo final da obra utilizando a tecnologia da Progemix, em relação à convencional. 
A economia financeira ocorre devido à redução da quantidade de cimento na produção do concreto, uma vez que o tijolo normal utiliza cerca de 32,5% de cimento, enquanto com RB8 o consumo de cimento declina para 8 a 15%. Outro fator de influência diz respeito à maior leveza do produto final, pois a massa específica do concreto fabricado é de 1600 a 1700kg/m³.
A massa específica dos concretos de densidade normal varia entre 2200 kg/m³ e 2600 kg/m³, enquanto a do concreto estrutural leve está entre 1350 kg/m³ e 1850 kg/m³. Com o emprego do concreto estrutural leve nas edificações, é possível reduzir em até 15% o peso total de uma estrutura. Sendo assim, ainda que o custo do concreto de densidade normal seja cerca de 10 a 15% mais barato em relação ao concreto estrutural leve, a redução do peso próprio da estrutura resulta em menor gasto com fundações, fator que pode gerar economia no custo final da estrutura (SILVA, 2003).
No âmbito social, a empresa gera oportunidades de trabalho remunerado e reinserção social para detentos do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira (CPAIG). Em parceria com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (AGEPEN), a Progemix Resilix utiliza mão de obra prisional na separação e manufatura de materiais descartados. Os 30 internos que trabalham para a recicladora recebem redução de um dia na pena para cada três de serviço, além de um salário mínimo mensal.
Em relação ao impacto ambiental, evita-se a emissão de poluentes gasosos devido à queima; a coleta de RCD é um processo menos agressivo que a extração de recursos naturais para agregados graúdos e miúdos (areia e brita); a incorporação de cimento através de resíduo de reboco ou concreto aumenta a pozolanicidade à matéria-prima do pré-moldado com menor consumo de cimento para estabilização, reduzindo emissão de gases poluentes e consumo de energia elétrica no processo de fabricação do cimento; redução de água devido processo de cura úmida automático. 
CONSIDERAÇÕES FINAIS
A quantidade de resíduos sólidos gerados é cada vez maior, devido à elevação da qualidade de vida, crescimento demográfico e desenvolvimento tecnológico. Conforme observado, é de suma importância a necessidade de uma destinação correta dos RCD, além do estudo de formas para se reutilizar e reaproveitar estes materiais.
Como exemplo disso, a unidade de reciclagem visitada encontra-se devidamente licenciada e inclui novamente o entulho na cadeia produtiva, reduzindo o desperdício de matéria-prima, o que resulta em ganhos financeiros e é ambientalmente vantajoso por minimizar o volume de resíduos, além de proporcionar novas oportunidades de emprego e renda. 
É válido salientar que pequenos ou grandes geradores de RCC, devem ser estimulados a segregar os resíduos da construção civil, facilitando o procedimento realizado pela empresa que coleta os resíduos. É essencial que a população tome conhecimento de empresas neste segmento que atendem as normas estabelecidas, para que não só se reutilize o resíduo gerado, como também seja popularizado o uso de elementos construtivos reciclados nas mais diversas obras no município.
Portanto, conclui-se que a aplicação de métodos para reutilização e reciclagem do RCD é possível e quando aplicada a médio e longo prazo deve proporcionar benefícios de ordem social, ambiental e econômica. A empresa estudada pode ser utilizada como referência para a destinação de resíduos sólidos da construção civil e demolição.
REFERÊNCIAS 
ABRECON. Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição. O que é entulho? Disponível em:< https://abrecon.org.br/o-que-e-entulho/>. Acesso em: 12 mai. 2017.
ABRELPE − Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Relatório do Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil. 2015. P 64-65.
ALMEIDA, Daiana L. Gestão de resíduos sólidos da construção civil de um empreendimento residencial vertical no município de Campo Grande - MS. 2015. Trabalho de conclusão de curso de Graduação em Engenharia Civil. Universidade Católica Dom Bosco. Campo Grande.
BASTOS, Luísa Welter. Análise de custos dos desperdícios na construção civil. 2015. Trabalho de conclusão de curso de Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria.
BRASIL. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15.114: Resíduos sólidos da construção civil – Áreas de reciclagem – Diretrizes para projeto, implantação e operação. Rio de Janeiro: 2004.
BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente. RESOLUÇÃO CONAMA nº 1, de 23 de janeiro de 1986. Dispõe sobre critérios básicos e diretrizes gerais para a avaliação de impacto ambiental. Publicada no DOU de 17 de fevereiro de 1986, Seção 1, páginas 2548-2549.
______. RESOLUÇÃO CONAMA nº 307, de 5 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Publicada no DOU n° 136, de 17 de julho de 2002, Seção 1, páginas 95-96.
BRASIL. Lei 12.305 de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS. Altera a Lei no 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder executivo, Brasília, DF.
CABRAL A. E. B.; MOREIRA K. M.; Manual sobre os Resíduos Sólidos da Construção Civil. SindusCon-CE − Sindicato da indústria da construção civil no estado do ceará. Fortaleza, agosto de 2011.
CAMPO GRANDE. Lei 4.864 de julho de 2010. Dispõe sobre a gestão dos resíduos da construção civil e institui o plano integrado de gerenciamento de resíduos da construção civil de acordo com o previsto na resolução Conama n° 307/2002, no âmbito do município de Campo Grande-MS. Publicado no Diário Oficial de Campo Grande-MS em 9 de julho de 2010.
CBIC. Câmara Brasileira da Indústria da Construção. PIB Brasil e Construção Civil. Disponível em:<http://www.cbicdados.com.br/menu/pib-e-investimento/pib-brasil-e-construcao-civil>. Acesso em: 12 mai. 2017.
______. Guia CBIC de boas práticas em sustentabilidade na indústria da Construção. 2012. P 28. Disponível em: < http://www.cbic.org.br/arquivos/Guia_de_Boas_Praticas_em_Sustentabilidade_CBIC_FDC.pdf>. Acesso em: 9 mai. 2017. 
CHAGAS, L. S. V. B.; PADILHA Jr, M. A.; TEIXEIRA, E. C. Gestão da tecnologia: uso do sistema BIM para a compatibilização de projetos. In: XXXV ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2015, Fortaleza. Disponível em:
<http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STP_213_262_28176.pdf>.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.