A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Defeitos de interface - Resumo

Pré-visualização|Página 1 de 3

1
Ciência dos Materiais - Resumo
IMPERFEIÇÕES NOS SÓLIDOS:
DEFEITOS DE INTERFACE
Defeitos de interface
Os defeitos de interface são defeitos bidimensionais que ocorrem nos materiais
e que separam regiões de diferentes orientações cristalográficas ou estrutura cristalina
diferentes no material. Estes defeitos são divididos em contornos de grão, contornos
de fase e maclas.
Contornos de grãos
Os contornos de grãos são regiões em que um cristal que c resceu do processo
de solidificação aleatoriamente se encontrou com outro cristal que também cresceu do
processo de solidificação aleatoriamente. Estes cristais po ssuirão orientações
cristalográficas diferentes, que pode ser pequena esta diferença, gerando os contornos
de baixo ângulo, ou grande, gerando os contornos de alto ângulo . A figura 1 mostra
uma micrografia com os contornos de grão presentes:
Figura 1: Aço 1026 com aumento de 200x.
Fonte: Autor, 2018.

2
Contornos de fase
Os contornos de fase são contornos que ocorre entre as fases diferentes do
material, e separam diferentes fases (compostos qu ímicos diferentes). Estas fases
podem se dispor no formado de grãos vizinhos, como uma das fases pode aparecer em
volta do grão na região do contorno. A figura 2 mostra um material c om uma fase
secundária ao longo do contorno de grão, e o contorno de f ase é a região entre a fase
secundária e o grão do material.
Figura 2: Aço-cobre com aumento de 200x.
Fonte: Autor, 2018.
Contornos de macla
Os contornos de macla aparecem no material devido à deformação excessiva
e/ou mu ito rápida impo sta ao material. Isto pode ocorrer devido à processos de
conformação mecânica, assim como tratamentos térmicos impostos que envolvem a
transformação de células unitárias (polimorfismo). É gerado uma região dentro do
grão, que pode ou não atravessar vários grãos, gerando uma região de plano espelho
em um espaço delimitado. Isto ocorre para acomodar as tensões geradas rapidamente
no material e é mais observado em materiais com estrutura cristalina do tipo CFC. A
figura 3 mostra um material com uma macla de deformação mecânica:

3
Figura 3: Al-Cu deformada com redução de 54 % em área por forjamento. Macla de deformação aparente
Fonte: Autor, 2018.