Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
RADIOFREQUÊNCIA 2018

Pré-visualização | Página 1 de 1

RADIOFREQUÊNCIA 
APLICADA A ESTÉTICA 
PROF. MAYCON AYRES 
FISIOTERAPEUTA 
Especialista em dermatofuncionl - inspirar 
DEFINIÇÃO DA RADIOFREQUÊNCIA 
• Junção de um campo elétrico e calor (polo 
positivo e um polo negativo). 
• Quando a corrente entra na pele, agira os 
íons elétricos, gerando calor em quanto esta 
ativado. 
Sistema de radiofrequência: 
INDUTIVA-CAPACITIVA 
Eletrodo metálico 
recoberto por: 
 
isolante dielétrico tinta, 
teflón, plástico, etc. 
Eletrodo ativo 
Eletrodo dispersivo 
Eletrodo com 
superfície pintada: 
 
Aquece mais lento. 
Sistema de radiofrequência: 
RESISTIVA 
• Eletrodo com superfície de metal: 
– Aquece mais rápido. 
Eletrodo metálico : 
 
SEM pintura, direto na 
pele. 
Eletrodo ativo 
Sistema de radiofrequência: 
ALTA GAMA 
• Sistema de resfriamento 
devido ao 
aquecimento 
extremamente rápido. 
• Trabalha com um sistema microprocessado 
diferente dos demais apresentados. 
Equipamentos bem mais interessante para corporal e mais difíceis de aplicação na face 
Eletrodo com superfície 
plástica: Radiofrequência alta 
gama 
Aquece muito rápido. 
PARAMETROS A SEREM CONSIDERADOS 
NA RADIOFREQUÊNCIA 
1.TEMPERATURA 
 
2.TEMPO DE APLICAÇÃO 
 
3.NUMERO DE SESSÕES ( FREQUÊNCIA DE 
APLICAÇÃO) 
 
4.FREQUÊNCIA E SUBFREQUÊNCIA 
PARAMETROS DE APLICAÇÃO: 
CORPORAL E FACIAL 
• Manter 2 a 5 minutos cada 2 áreas 
de cabeçote depois de alcançar a 
temperatura desejada. 
 
• Areas mais jovens e hidratada 2 a 3 minutos 
de 
aplicação 
 
• Areas mais velhae menos hidratada
 3 a 5 
minutos de aplicação. 
Fernandes et al, 2009 
TRATAMENTO DE FIBROSE 
• Desnaturalização parcial colágeno. 
• Liberação de heat shock (hsp 46) 
• Temperatura ideal: 37 a 38 graus 
• Aplicação: mínimo 2x na semana até 5x na semana. 
Doble et al, cin plastie surg 39 (2012) 399-408 
TRATAMENTO DE FLACIDEZ 
• Liberação de proteínas de shock Térmico HSP 47. 
• A proteína de shock Térmico47 (HSP 47) é uma 
molécula presente em células que sintetizam 
colágeno e está envolvida mais precisamente na 
biossíntese de colágeno tipo I 
 
 
• Sua liberação acontece como resposta imediata a agressão 
causada por altas temperaturas (mínimo 40 graus) 
tendo como fim capturar o procolágeno. 
 
• Aplicação: 1x na semana ideal. 
 
Doble et al, cin plastie surg 39 (2012) 399-408 
EFEITO DO COLAGENO HIDROLISADO 
ASSOCIADO A RADIOFREQUENCIA NA 
FLACIDEZ FACIAL 
 
•5G DE CLOÁGENO HIDROLISADO 
 
•1G DE VITAMINA C 
INDICAÇÕES 
• Flacidez de pele facial e corporal (inclusive 
pescoço); 
• Rugas 
• FEG 
• Aderências cicatriciais 
• Cicatriz Hipertróficas e quelóide? 
• Sequelas de acne? 
• Estrias ? 
CONTRAINDICAÇÕES ABSOLUTAS 
• MARCAPASSOS 
• Câncer 
• Gravidez – principalmente o profissional 
• Diabetes descompensada 
• Infecções 
• Artrites 
• Peeling Químicos abrasivos ou CO2 
• Peeling de retinóico 
CONTRA INDICAÇÕES RELATIVAS 
• Sobre áreas com: 
– Flebites 
– Varizes 
– Tromboflebites 
– Transtorno ou déficit desensibilidade 
– Osteossíntese 
– Endopróteses 
– Infecções locais 
– Paciente que fazem uso de vasodilatadores.