A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Redes Banda Larga1

Pré-visualização | Página 2 de 5

desta tecnologia desnecessário.
	
	Profissionais de TI devem se capacitar em SNA, já que a adoção desta arquitetura é crescente entre as organizações.
	
	Não é necessário capacitar profissionais em SNA, já que as organizações que usam esta tecnologia podem facilmente migrar para TCP/IP.
		
	
	
	 4a Questão (Ref.: 200802127900)
	
	A arquitetura SNA foi padrão por aproximadamente 20 anos. Estima-se que tenham sido gastos em torno de US$ 20 trilhões no desenvolvimento de aplicações para essa arquitetura. Embora o TCP/IP seja o padrão atual, muitas organizações ainda utilizam a arquitetura SNA. Assinale a assertiva que contém uma explicação do motivo pelo qual essas organizações ainda fazerem uso do SNA:
		
	 
	Migrar aplicações de rede para TCP/IP significa ter que reprogramar todas as APIs, o que é técnica e financeiramente inviável.
	 
	A arquitetura SNA garante taxas de transferência melhores do que o TCP/IP.
	
	O fato do SNA ser uma arquitetura aberta dá mais segurança para algumas organizações, como as instituições bancárias.
	
	Amplo suporte por parte dos fabricantes comercializam os equipamentos de rede desta arquitetura a preços competitivos.
	
	Amplo suporte por parte dos desenvolvedores, que continuam a investir na criação de aplicações para esta arquitetura.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 200802101517)
	
	Organizações internacionais de padronização são responsáveis pela criação de padrões importantes para a área de redes de computadores. Já as organizações nacionais normalmente submetem propostas para as organizações internacionais. Assinale a assertiva que apresenta uma organização internacional de padronização:
		
	
	ANSI (American National Standards Institute)
	
	BSI (British Standards Institute)
	
	ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)
	 
	ISO (Internacional Organization for Standardization)
	
	ETSI (European Telecommunications Standards Institute)
		
	
	
	 6a Questão (Ref.: 200802127899)
	
	Na década de 1970 o processamento batch estava em alta. Nesta época a memória era escassa e rara, os dispositivos eram lentos e as linhas de comunicação eram lentas e não-confiáveis. Para endereçar as limitações deste cenário a IBM desenvolveu um conjunto de protocolos robustos. Marque a assertiva que contém o nome da arquitetura desenvolvida pela IBM:
		
	 
	X.25
	 
	SNA
	
	TCP/IP
	
	OSI
	
	ISDN
		
	 1a Questão (Ref.: 200802268655)
	
	Em uma rede convencional o roteamento é baseado nos endereços IP de destino. Neste protocolo temos significante ganho na eficiência no encaminhamento de pacotes já que estes são rotulados ao entrar na rede.
Este aspecto oferece maior rapidez no processamento de pacotes e permite incorporar informações de QoS para estabelecer prioridade de rótulos.
Esta descrição se refere ao protocolo:
		
	
	DSL
	 
	MPLS
	
	Frame Relay
	
	ATM
	 
	X-25
		
	
	
	 2a Questão (Ref.: 200802127906)
	
	No fim da década de 1980 e início da década de 1990 aumenta-se a demanda por transmissão de dados em velocidades mais elevadas. Neste cenário foi projetado o Frame Relay, um serviço de telecomunicação para a transmissão de dados de baixo custo-benefício para tráfego do tipo rajada (bursty) nas aplicações de dados entre redes locais (LAN) e entre end-points de uma WAN. Em relação ao Frame Relay, marque a assertiva correta:
		
	
	O Frame Relay apresenta baixas taxas de transmissão de dados.
	
	A tecnologia X.25 tornou o Frame Relay obsoleto.
	
	Em áreas rurais o Frame Relay tem sido substituído por cable modem e DSL.
	 
	O Frame Relay apresenta a desvantagem de não usar o cabeamento local existente.
	 
	O advento do VPN e outras tecnologias aceleram a tendência de substituição do Frame Relay.
		
	
	
	 3a Questão (Ref.: 200802283072)
	
	Sobre o Protocolo TCP podemos afirmar:
		
	
	Ao receber um segmento com defeito solicita o reenvio de toda a mensagem
	 
	É o responsável por encapsular pacotes IP.
	 
	Não possui mecanismos de controle de erro
	
	É o único protocolo da camada de transporte
	
	Utiliza os endereços IP como referência de controle na camada de transporte
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 200802283089)
	
	Qualidade do Serviço (QoS - Quality of Service) é uma tecnologia que:
		
	
	Amplifica a potência de saída reduzindo a interferência
	 
	Corrige as falhas ocorridas na camada física
	
	Modula a portadora para que o sinal possa ser multiplexado em frequência (FDM)
	
	Melhora o alcance das transmissões
	 
	Permite administrar o fluxo de dados, priorizando aquele com maior criticidade.
		
	
	
	 5a Questão (Ref.: 200802127905)
	
	O padrão ITU X.25 foi popular na década de 1980, principalmente entre as empresas de telecomunicações e instituições financeiras. Em relação a esse padrão é correto afirmar que:
		
	 
	Ainda é utilizado em nichos.
	
	Foi mais popular nos Estados Unidos do que na Europa.
	
	Foi criado para interligar PC´s.
	
	Permite altas taxas de transmissão.
	
	O hardware para este padrão é barato.
	 1a Questão (Ref.: 200802283075)
	
	O ATM provê qualidade de serviço e um tratamento apurado no trânsito das células enquanto na rede, possibilitando assim ser utilizado por aplicações sensíveis. Uma questão relacionada a isso é o gerenciamento de congestionamento, que deve otimizar e resolver rapidamente qualquer impasse que possa gerar gargalos na transmissão dos dados. Para tanto, são estratégias utilizadas pelo ATM:
		
	
	Protocolo de Controle de Transmissão, CAC (connection admission control) e UPC (usage parameter control).
	 
	Alocação de Recursos, Protocolo de Controle de Transmissão e UPC (usage parameter control)
	
	Negociação de Conexão, Alocação de recursos e UPC (usage parameter control).
	
	Negociação de Conexão, CAC (connection admission control) e UPC (usage parameter control)
	 
	Alocação de recursos, CAC (connection admission control), UPC (usage parameter control).
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 200802283073)
	
	Sobre a Tecnologia ATM temos:
		
	
	ATM emprega comutação de circuitos
	
	ATM provê um meio de comunicações síncrono
	 
	ATM possui células que são comutadas com base nos endereços IP dos pacotes
	 
	ATM emprega comutação de pacotes
	
	ATM divide os dados em blocos de tamanho variável chamados de células
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 200802283074)
	
	Quando comparada a outras tecnologias os enlaces ATM tem diversas características, exceto:
		
	
	Faz o gerenciamento estático de banda.
	
	Não garante a alocação de banda e recursos para cada serviço;
	
	O custo de processamento das suas células de tamanho variável é baixo;
	 
	Não atende a aplicações sensíveis ou não a atraso e perda de pacotes;
	 
	Emprega a multiplexação estatística, que otimiza o uso de banda.
		 Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 200802268657)
	
	Ele provê um meio para envio de informações em modo assíncrono através de uma rede de dados, com a propriedade de dividir as informações em pacotes de tamanho fixo, chamados células.
Este protocolo é orientado à conexão. A rede estabelece uma conexão através de um procedimento de sinalização (algo parecido com o three-way handshake), ou seja, um pedido de estabelecimento de conexão é enviado pela origem até o destinatário, através da rede. 
Esta definição se refere ao protocolo:
		
	 
	ATM
	 
	DSL
	
	X-25
	
	MPLS
	
	Frame Relay

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.