6 Insuficiencia Renal e Uremia
60 pág.

6 Insuficiencia Renal e Uremia


DisciplinaClínica de Pequenos Animais708 materiais4.187 seguidores
Pré-visualização3 páginas
de componentes
nitrogenados no sangue (aumento de
uréia e creatinina sérica).
\u2022 Uremia é a síndrome clínica da
insuficiência renal que cursa com
azotemia e sinais clínicos multissistêmicos
Azotemia X Uremia
\u2022 Azotemia é o excesso de componentes
nitrogenados no sangue (aumento de
uréia e creatinina sérica)
\u2022 Uremia é a síndrome clínica da
insuficiência renal que cursa com
azotemia e sinais clínicos multissistêmicos
Uremia
\u2022 A severidade e o espectro de sinais clínicos e
bioquímicos apresentados pelo paciente com falha
renal variam com a natureza, severidade, duração,
taxa de progressão da doença, presença de
doenças concomitantes, idade, espécie e
administração de agentes terapêuticos
Perda da 
função 
renal
Acúmulo de 
toxinas 
urêmicas
Uremia
Síndrome Urêmica
Alterações Metabólicas
Alterações Endócrinas
perda da homeostasia
perda da função de síntese
perda da função de excreção
desenvolvimento de mecanismos compensatórios
Sinais clínicos associados a 
uremia em cães e gatos
\u2022Poliúria / Polidpsia
\u2022Desidratação
\u2022Azotemia
\u2022Acidose metabólica (aguda >>> crônica)
\u2022Hiperfosfatemia
\u2022Hipercalemia ou hipocalemia
\u2022Hipercalcemia ou hipocalcemia
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
\u2022 Perda da capacidade do rim em concentrar a
urina
\u2022 A polidpsia é secundária a poliúria
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
Poliúria / Polidpsia
Frequência relativa - Cão Frequência relativa - Gato
Origem renal 80% Origem renal 50%
Origem hepática 4% Diabetes mellitus 33%
Hipercalcemia 4% Hipertireoidismo 10%
Polidipsia psicogênica 4% Hiperadrenocorticismo 3%
Hiperadrenocorticismo 2% Origem hepática 3%
Diabetes mellitus 2% Outras causas 1%
Diabetes insípida 2%
Piometra 1%
Outras causas 1% 
Hipertireoidismo
Hipoadrenocorticismo
Glicosúria renal
Poliúria / Polidpsia
\u2022 Redução na ingestão e/ou perda excessiva de
fluidos (vômito, diarreia, poliúria)
ocasionando desidratação, hipovolemia e
hipotensão (inicial)
\u2022 Desidratação e hipovolemia exacerba a
azotemia, agravando a uremia, além de
predispor os rins a lesão isquêmica adicional
e redução do fluxo urinário
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
Desidratação
\u2022 Resultado da diminuição da taxa de filtração
glomerular
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
Azotemia
Falha Renal 
(Azotemia)
75% ou mais dos néfrons
perdidos
\u2022 Limitada capacidade renal de excreção dos íons H e
de recuperação do bicarbonato pelos rins
\u2022 \u2193 pH e das concentrações séricas de bicarbonato
\u2022 Está associada com anorexia, letargia, náusea,
vômito, fraqueza muscular e miocardia
\u2022 Inibição da síntese protéica / aceleração da
proteólise / balanço negativo do nitrogênio / má
nutrição protéica / perda de peso
\u2022 Predisposição a desmineralização óssea
\u2022 Promove hipocalemia e diminuição de taurina em
gatos
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
Acidose
\u2022 \u2193 TFG - balanço plasmático normal +
aumento da excreção fracionada do potássio
\u2022 IRA \u2013 hipercalemia
\u2022 IRC gatos \u2013 hipocalemia + poliúria
\u2022 IRC cães \u2013 normocalemia ou leve hipercalemia
Alterações hidro eletrolíticas, ácido base e 
desequilíbrios bioquímicos
Balanço do potássio
Sinais clínicos associados a 
uremia em cães e gatos
\u2022 Anorexia
\u2022 Vômito (cão >> gato)
\u2022 Halitose
\u2022 Ulceração oral / Estomatite
\u2022 Gastrite
\u2022 Ulceração gástrica
\u2022 Sangramento gastrointestinal
\u2022 Diarreia
Distúrbios gastrointestinais 
\u2022 Causa:
uréia na saliva \u2192 urease \u2192 amônia \u2192 lesões
\u2022 Sinais:
\u27a2 hálito urêmico
\u27a2 estomatite
\u27a2 úlceras e erosões da mucosa bucal e da
língua
Distúrbios gastrointestinais 
Estomatite
Causas:
\u2022 \u2191 secreção de pepsina e de ácido clorídrico
\u2022 \u2191 dos níveis séricos de gastrina
\u2022 \u2191 permeabilidade da mucosa
\u2022 \u2193 enchimento gástrico
Sinais:
\u2022 gastrite
\u2022 ulcerações
\u2022 hemorragias
\u2022 anorexia, náuseas e vômitos (anormalidades
funcionais)
Distúrbios gastrointestinais 
Gastrite
Multifatorial
\u2022 Ação central mediada por toxinas urêmicas
\u2022 Ação local mediada pela gastrite urêmica
\u27a2 \u2191 secreção de pepsina e de ácido
clorídrico
\u27a2 \u2193 enchimento gástrico
\u27a2 \u2191 permeabilidade da mucosa
\u27a2 \u2191 níveis séricos de gastrina
Distúrbios gastrointestinais 
Vômito
Sinais clínicos associados a 
uremia em cães e gatos
\u2022 Anemia normocítica, normocrômica, não
regenerativa
\u2022 Linfocitopenia
\u2022 Neutrofilia com (hipersegmentação)
\u2022 Disfunção plaquetária
\u2022 Desordem hemostática
Distúrbios hematológicos 
\u2022 A anemia é comum, mas a gravidade é variável
\u2022 Tipo: normocítica, normocrômica, arregenerativa
\u2022 Causa: multifatorial
\u27a2 inadequada produção de eritropoietina
\u27a2 diminuição do tempo de vida das hemácias
\u27a2 fibrose da medula óssea (\u2191 PTH)
\u27a2 carência nutricional
Distúrbios hematológicos 
Anemia
\u2022 Predisposição a hemorragia, principalmente
sangramento gastrointestinal
\u2022 Causa: defeito qualitativo do funcionamento das
plaquetas (número de plaquetas normal)
Distúrbios hematológicos 
Hemorragias
Sinais clínicos associados a 
uremia em cães e gatos
\u2022 Balanço negativo do nitrogênio, com
catabolismo de proteína tecidual e perda de
peso
\u2022 Hiperparatireoidismo secundário renal
\u2022 Osteodistrofia
\u2022 Resistência periférica a insulina e intolerância a
glicose
\u2022 Elevação de triglicerídeos
\u2022 Redução do T3
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
\u2022 Relativamente frequente em cães e gatos
\u2022 Origem multifatorial:
\u27a2 hiperfosfatemia
\u27a2 hipocalcemia
\u27a2 deficiência do calcitriol
\u27a2 estímulo a síntese de PTH
Hiperparatireoidismo secundário renal
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
Calcitriol
\u2022 Síntese:
\u27a2 25(OH)D3\u2192 1\u3b1 hidroxilase \u2192 1,25(OH)2D
\u2022 Funções:
\u27a2 inibe a síntese de PTH
\u27a2 \u2191 reabsorção óssea, renal e intestinal de cálcio
\u27a2 \u2193 produção de calcitriol por inibição da
retroalimentação
\u27a2 \u2191 reabsorção de fósforo nos intestinos e rim
Hiperparatireoidismo secundário renal
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
Paratormônio
\u2022Funções
\u27a2 facilita a reabsorção de cálcio e fósforo nos ossos
\u27a2 facilita a absorção de cálcio e fósforo no intestino
\u27a2 \u2191 reabsorção de cálcio nos rins
\u27a2 \u2191 excreção de fósforo nos rins
\u27a2 \u2191 produção de calcitriol
Hiperparatireoidismo secundário renal
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
Calcitonina
\u2022 Desempenha função secundária
\u27a2 secreção estimulada na hipercalcemia
\u27a2 limita reabsorção osteoclástica
\u27a2 \u2191 excreção urinária de cálcio e fósforo
Hiperparatireoidismo secundário renal
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
\u2193 FUNÇÃO TUBULAR RENAL
DOENÇA RENAL CRÔNICA
\u2193 \u3b1 hidroxilase \u2193 da capacidade de 
excretar fósforo
\u2193 síntese calcitriol hiperfosfatemia
\u2193 cálcio sérico ionizado
alteração da relação Ca:P 
\u2193 relativa do cálcio
\u2191 CONCENTRAÇÃO DE PTH
Sinais clínicos do hiperparatireoidismo
renal secundário 
Sinais clínicos
\u2022 Calcificação de tecidos moles
\u2022 Doença óssea metabólica
\u2022 Anemia (fibrose da medula óssea)
\u2022 Doenças neuromusculares
\u2022 Decréscimo da reabsorção de aminoácidos
\u2022 Anorexia (resistência a insulina / hiperglicemia)
\u2022 Depressão imunológica
\u2022 Contribui para a progressão da doença renal
Hiperparatireoidismo secundário renal
Distúrbios endócrinos e metabólicos 
Sinais clínicos associados a 
uremia em cães e gatos
\u2022 Hipertensão arterial sistêmica
\u2022 Pneumonite urêmica
Distúrbios cardiovasculares e pulmonares
Multifatorial
\u2022 Falha na excreção de sais e fluídos
\u2022 Rigidez dos capilares venosos
\u2022 Alteração da atividade adrenérgica
\u2022 Ativação do sistema renina